67% das mortes de grávidas no Paraná foram causadas pela Covid em 2021, diz Sesa

Segundo a Sesa, das 79 grávidas que morreram neste ano, 53 delas foram vítimas da Covid-19. Em 2020, a doença causou a morte de 21% das gestantes do estado. Aumenta número de grávidas vítimas da Covid-19 no Paraná A Covid-19 foi a causa da morte de 67% das grávidas que perderam a vida no Paraná, desde janeiro até a segunda semana de junho de 2021, conforme a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Segundo os dados, das 79 grávidas que morreram, 53 delas foram vítimas da Covid-19. Em 2020, a doença causou a morte de 21% das gestantes do estado. Jovem morre vítima da Covid-19 depois de dar à luz ao segundo filho: 'Ela tinha prazer pela vida', diz pai Mãe que passou por cesárea enquanto estava intubada com Covid-19 morre em Curitiba: 'Esse vírus destrói famílias' Antes da pandemia, grande parte das mortes era causada por infecções e eclampsia, que são convulsões que ocorrem durante a gravidez ou logo depois do parto. De acordo com o Ministério da Saúde, até maio deste ano, o número de grávidas que morreram por causa da doença no Brasil já era 70% maior do que o registrado em 2020. 53 gestantes morreram vítimas da Covid em 2021, no Paraná Reprodução Dados nacionais mostram que a taxa de mortalidade entre as grávidas que se contaminam com a Covid chega a 7,2%, o que representa mais que o dobro da taxa do público geral, que é de 2,8%. Segundo especialistas, a doença pode ser mais grave entre a 32º e a 33ª semanas de gravidez. "As alterações fisiológicas no final da gravidez deixam as mulheres mais sensíveis durante a infecção, a ter uma evolução não muito favorável. Por isso, passamos por um momento do aumento da interrupção precoce da gestação, além de muitas dessas gestantes também acabarem dentro de Unidade de Terapia Intensiva Covid, intubadas em seu pós-parto imediato", explicou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas Na semana passada, a secretaria de saúde do Paraná divulgou uma nota técnica para voltar a incluir grávidas e mães até 45 dias depois do parto no Plano Estadual de Imunização. "Todas as gestantes com mais de 18 anos estão aptas para tomar a vacina contra o coronavírus aqui no Paraná, desde que seja da CoronaVac ou da Pfizer", disse o secretário. VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Segundo a Sesa, das 79 grávidas que morreram neste ano, 53 delas foram vítimas da Covid-19. Em 2020, a doença causou a morte de 21% das gestantes do estado. Aumenta número de grávidas vítimas da Covid-19 no Paraná A Covid-19 foi a causa da morte de 67% das grávidas que perderam a vida no Paraná, desde janeiro até a segunda semana de junho de 2021, conforme a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Segundo os dados, das 79 grávidas que morreram, 53 delas foram vítimas da Covid-19. Em 2020, a doença causou a morte de 21% das gestantes do estado. Jovem morre vítima da Covid-19 depois de da...

Leia mais



Motorista que fugiu após batida que feriu motoboy foi vista 'com sintomas claros de embriaguez' em bar de Curitiba, diz delegado

Caso aconteceu no sábado (12) e, até esta segunda-feira (14), mulher não se apresentou à polícia; caso foi registrado por câmeras, e motociclista teve várias fraturas. Motorista que atropelou motoboy no centro de Curitiba ainda não se apresentou à polícia A motorista investigada por fugir após uma batida que deixou um motoboy gravemente ferido em Curitiba foi vista por testemunhas ao sair de um bar com 'sintomas claros de embriaguez', segundo a Polícia Civil. Quatro testemunhas, entre elas, duas passageiras que estavam no carro com a motorista, foram ouvidas, de acordo com a polícia. Segundo o delegado Leonardo Carneiro, elas disseram que estavam dormindo no momento do acidente. “Relataram que estavam em estabelecimento comercial, onde ingeriram quatro garrafas de vinho, sendo que estavam em três pessoas. Além disso, pessoas que presenciaram o momento em que elas saíram desse bar, viram ela saindo antes de conduzir o veículo, com um copo de bebida alcoólica, e relataram que ela estava com sintomas claros de embriaguez”, disse. A batida aconteceu na madrugada de sábado (12), no bairro Rebouças. Até esta segunda-feira (14), segundo a polícia, a condutora que fugiu do local ainda não havia se apresentado. Câmeras registram acidente que deixou motoboy gravemente ferido; motorista fugiu do local O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Sete de Setembro com a Rua Nunes Machado. Câmeras de segurança registraram a colisão de vários ângulos e mostram que a motorista passou pela canaleta no trecho em que não é permitido o cruzamento. Assista ao vídeo abaixo. Motociclista fica gravemente ferido ao ser atingido por carro em Curitiba Após atingir o motociclista, que foi arremessado, o veículo saiu em alta velocidade. O motoboy Mozart Martins, de 32 anos, estava a caminho da última entrega da noite e ficou ferido em estado grave. Ele foi encaminhado ao Hospital Cajuru, onde passou por cirurgias. Ele comentou sobre o caso e relatou que sofreu fraturas em diversas partes do corpo, como no cotovelo, na clavícula, pé, fêmur e escápula. "Eu estava tentando levantar do chão e só falava no meu filho. É só isso que eu lembro. Eu pensei que eu tinha morrido. Eu acho que ela deveria ter prestado socorro, pelo menos, para a vítima. É o mínimo. Eu só quero justiça", disse o motoboy. A família informou que a estimativa é que ele deve ficar pelo menos mais 20 dias no hospital. Batida feriu gravemente um motoboy, no sábado (12), em Curitiba; até esta segunda-feira (14), motorista não se apresentou à polícia Reprodução/RPC Um vigilante que estava trabalhando na madrugada de sábado disse à polícia que viu um carro parado na rua, poucas quadras a frente do acidente. Nele, segundo o vigilante, estavam três mulheres. A testemunha informou ainda que, de acordo com imagens de câmeras, um carro que aparece parado na região era o mesmo que bateu contra o motoboy. “Tinha duas moças sentadas ao lado do carro, já fora do veículo, e uma sentada no banco do motorista, que era a moça que estava no volante. Ela estava desmaiada, inconsciente, não respondia. Elas falavam que não sabiam no que tinham batido, o que tinha acontecido”, disse. Motoboy ficou gravemente ferido e motorista fugiu do local. Reproducão/Câmera de Segurança Nesta segunda-feira, um grupo de motoboys fez um protesto contra a falta de segurança nas ruas. Os manifestantes saíram do Centro, percorreram alguns bairros e se dirigiram até a Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), que investiga o acidente. A polícia informou que a motorista foi intimada para depor nesta segunda, mas não apareceu na delegacia. O delegado responsável informou que analisa quais medidas tomar. 1xVelocidade de reprodução0.5xNormal1.2x1.5x2x Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR o Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Caso aconteceu no sábado (12) e, até esta segunda-feira (14), mulher não se apresentou à polícia; caso foi registrado por câmeras, e motociclista teve várias fraturas. Motorista que atropelou motoboy no centro de Curitiba ainda não se apresentou à polícia A motorista investigada por fugir após uma batida que deixou um motoboy gravemente ferido em Curitiba foi vista por testemunhas ao sair de um bar com 'sintomas claros de embriaguez', segundo a Polícia Civil. Quatro testemunhas, entre elas, duas passageiras que estavam no carro com a motorista, foram ouvidas, de acordo com a polí...

Leia mais



Prefeitura de Londrina libera agendamento para vacinação contra Covid-19 para quase 30 mil pessoas

Poderão agendar horário para receber as doses pessoas que tenham tido os cadastros validados pela Secretaria Municipal de Saúde. Vacinas serão aplicadas na população em geral com mais de 50 anos, professores e trabalhadores da educação Prefeitura de Londrina/Divulgação Com a chegada de novas doses contra a Covid-19, a Prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, liberou o agendamento da vacinação para 29.342 pessoas que se cadastraram e tiveram os dados validados pela Secretaria Municipal de Saúde. Conforme o planejamento municipal, serão vacinados 23 mil moradores com mais de 50 anos que não têm doenças crônicas, 1.500 professores ou trabalhadores da educação que atuam no ensino básico,fundamental, profissionalizante ou na Educação de Jovens e Adultos (EJA) com mais de 18 anos e 4.842 professores ou funcionários do Ensino Superior com mais de 40 anos. Para receber a dose, o londrinense deve acessar o site da prefeitura e agendar uma data e horário em um dos cinco locais de imunização. As vacinas para esses públicos serão aplicadas a partir de quarta-feira (16). Conforme o município, é preciso comparecer no horário agendado com documento de identificação pessoal com foto, o comprovante do cadastro contendo o QR Code, e um comprovante de residência recente. Veja mais notícias da região no G1Norte e Noroeste.

Poderão agendar horário para receber as doses pessoas que tenham tido os cadastros validados pela Secretaria Municipal de Saúde. Vacinas serão aplicadas na população em geral com mais de 50 anos, professores e trabalhadores da educação Prefeitura de Londrina/Divulgação Com a chegada de novas doses contra a Covid-19, a Prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, liberou o agendamento da vacinação para 29.342 pessoas que se cadastraram e tiveram os dados validados pela Secretaria Municipal de ...

Leia mais



Zoológico de Curitiba abre para visitas de carro agendadas

Trajeto tem 1,3 km e passa pelas vias mais largas do parque. Visitas podem ser agendadas pela internet, em quatro horários, de terça-feira a sábado. Visitas de carro começam nesta terça-feira (15) Isabella Mayer/Prefeitura de Curitiba Visitantes do Zoológico de Curitiba poderão, a partir de terça-feira (15), fazer o percurso do parque de carro. As visitas são agendadas pela internet, em quatro horários, às 10h, 11h, 14h e 15h, até 3 de julho. O parque não abre para o público nos domingos e segundas-feiras. Os horários de visitação para esta semana estão esgotados, e o sistema de agendamento deve reabrir na sexta-feira (18), às 20h, informou a Prefeitura de Curitiba. Podem circular no máximo 30 veículos por horário, e a entrada é feita pela área de serviços, que fica localizada na Rua João Miqueleto, 1370, no Alto Boqueirão. De acordo com a prefeitura, a experiência é uma das ações do mês em que se comemorou o Dia do Meio Ambiente, em 5 de junho. A forma de visitação foi adaptada por causa da pandemia do novo coronavírus. O percurso tem 1,3 km e passa pelas vias mais largas do zoológico. Segundo a prefeitura, o trajeto foi pensado para não perturbar o sossego dos animais. G1 PR: Vídeos mais assistidos Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Trajeto tem 1,3 km e passa pelas vias mais largas do parque. Visitas podem ser agendadas pela internet, em quatro horários, de terça-feira a sábado. Visitas de carro começam nesta terça-feira (15) Isabella Mayer/Prefeitura de Curitiba Visitantes do Zoológico de Curitiba poderão, a partir de terça-feira (15), fazer o percurso do parque de carro. As visitas são agendadas pela internet, em quatro horários, às 10h, 11h, 14h e 15h, até 3 de julho. O parque não abre para o público nos domingos e segundas-feiras. Os horários de visitação para esta semana estão esgotados, e o sistema ...

Leia mais



Covid: Guarapuava começa vacinação de pessoas acima de 50 anos e de profissionais do ensino superior, na terça (15)

Para trabalhadores, idade mínima é de 30 anos. Aplicação ocorre com horário estendido, até 19h, na Central de Vacinação. Guarapuava começa vacinação para pessoas acima de 50 anos e para profissionais do ensino superior, na terça (15) Prefeitura de Parnamirim/Divulgação Guarapuava, na região central do Paraná, ampliou a vacinação contra a Covid-19 a partir de terça-feira (15). Na data, começam a ser imunizadas pessoas a partir de 50 anos e também profissionais que atuam no ensino superior, a partir de 30 anos. No caso de professores e profissionais que atuam nas instituições de ensino, é necessário apresentar declaração de vínculo ativo de emprego. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas MAPA: Veja onde se vacinar em Curitiba, no app Você na RPC Além dos novos públicos, também serão imunizados nove grupos prioritários. Veja mais abaixo todos os grupos. A vacinação ocorre das 8h às 19h, na Central da Vacinação, localizada na Praça Cândido Xavier, em frente à prefeitura. A distribuição de senhas será feita até 18h. Quem pode ser vacinado, na terça Segundo a prefeitura, haverá aplicação de primeira dose, na terça, para os seguintes grupos: Pessoas com 50 a 59 anos sem comorbidades; Pessoas com comorbidades, acima de 18 anos; Pessoas cadastradas no BPC, acima de 18 anos; Pessoas com Síndrome de Down, acima de 18 anos; Pessoas com deficiência permanente, acima de 18 anos; Gestantes e mulheres que tiveram filho há 45 dias; Profissionais da saúde cadastrados que estão sendo chamados; Trabalhadores do ensino superior, de 30 anos e mais; Trabalhadores da educação do ensino básico e profissionalizante acima de 18 anos; Profissionais de segurança e salvamento, com agendamento prévio pela Secretaria de Estado de Segurança Pública; Profissionais de educação física acima de 18 anos. É necessário apresentar cédula profissional emitida pelo Conselho Regional de Educação Física. A vacinação de primeira dose para gestantes e mulheres que tiveram filhos há 45 dias, sem comorbidade, está suspensa por falta de imunizante. Segunda dose A vacinação no sábado estará aberta para segunda dose dos seguintes grupos, conforme a prefeitura: Pessoas que receberam primeira aplicação da AstraZeneca há três meses; Profissionais da saúde que receberam primeira aplicação da Coronavac há 25 dias; Gestantes que receberam primeira aplicação da Coronavac há 25 dias. Vídeos mais assistidos do G1 Paraná Veja mais notícias da região em G1 Campos Gerais e Sul.

Para trabalhadores, idade mínima é de 30 anos. Aplicação ocorre com horário estendido, até 19h, na Central de Vacinação. Guarapuava começa vacinação para pessoas acima de 50 anos e para profissionais do ensino superior, na terça (15) Prefeitura de Parnamirim/Divulgação Guarapuava, na região central do Paraná, ampliou a vacinação contra a Covid-19 a partir de terça-feira (15). Na data, começam a ser imunizadas pessoas a partir de 50 anos e também profissionais que atuam no ensino superior, a partir de 30 anos. No caso de professores e profissionais que atuam nas institui...

Leia mais



VÍDEOS: Boa Noite Paraná de segunda-feira, 14 de junho

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de todas as regiões. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de todas as regiões.

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de todas as regiões. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de todas as regiões. ...

Leia mais



Covid: Foz do Iguaçu altera decreto com medidas restritivas; confira

Segundo o novo decreto, toque de recolher passa a ser das 21h às 5h até 21 de junho. Restrições para o fim de semana devem ser definidas em reunião, na quarta-feira (16). Restrições foram alteradas por meio de decreto, em Foz do Iguaçu Prefeitura de Foz do Iguaçu/Divulgação A Prefeitura de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, publicou um decreto, nesta segunda-feira (14), que altera as medidas restritivas aplicadas na cidade em combate à Covid-19. Conforme o novo documento, o período proibido para a circulação de pessoas foi reduzido em uma hora, por isso, o toque de recolher na cidade passa a ser das 21h às 5h. Confira o decreto na íntegra De acordo com a prefeitura, as novas determinações divulgadas são válidas de segunda a sexta-feira, até 21 de junho. Sobre fim de semana, o comitê municipal realizará uma reunião na quarta-feira (16) para decidir sobre as medidas de sábado e domingo. Após análise, será publicado um novo decreto. O retorno das aulas presenciais da rede pública municipal e estadual, segundo o decreto, foi suspenso por mais sete dias. Medida vale para instituições de ensino médio, superior e de pós-graduação. As demais medidas restritivas, que já estavam em vigor no município, foram prorrogadas. Alterações Funcionamento de atividades comerciais Shoppings: das 10h às 21h Supermercados, mercados, mercearias, lojas de conveniência, cursos livres e profissionalizantes, clínicas, centros de estéticas e academias de ginásticas: das 6h às 21h Atividades esportivas coletivas recreativas, em quadras e campos privados e em associações esportivas e clubes esportivos, que tenham como atividade econômica a realização de jogos e espaços de recreação, e brinquedos coletivos infantis: das 6h às 21h Atividades gastronômicas: clientes podem entrar até as 21h, e atendimento deve encerrar até as 22h Serviço de tele-entrega e delivery: pode funcionar 24 horas, ficando proibida a retirada no balcão após as 21h. Venda de bebidas alcoólicas: Fica proibida após as 21h, mesmo em restaurantes. Atividades e serviços Atividades religiosas: Podem funcionar até as 21h, com até 35% da capacidade de público do local e seguindo os protocolos sanitários vigentes Transporte coletivo: Frota poderá operar até uma hora a mais, sendo de segunda-feira a sábado até as 23h, com limitação de 50% da capacidade do veículo. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até esta segunda, Foz do Iguaçu registrou 39.020 casos confirmados do novo coronavírus e 963 mortes pela Covid-19. A cidade conta com 562 casos ativos, e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid do Hospital Municipal permanece lotada. VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR nos últimos 7 dias Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Segundo o novo decreto, toque de recolher passa a ser das 21h às 5h até 21 de junho. Restrições para o fim de semana devem ser definidas em reunião, na quarta-feira (16). Restrições foram alteradas por meio de decreto, em Foz do Iguaçu Prefeitura de Foz do Iguaçu/Divulgação A Prefeitura de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, publicou um decreto, nesta segunda-feira (14), que altera as medidas restritivas aplicadas na cidade em combate à Covid-19. Conforme o novo documento, o período proibido para a circulação de pessoas foi reduzido em uma hora, por isso, o toque de recolher ...

Leia mais



Paraná vai vacinar contra a Covid-19 toda a população acima de 18 anos até o fim de setembro de 2021, diz Ratinho Junior

Nesta segunda-feira (14), governador disse que meta se baseia na manutenção do cronograma de recebimento de doses; ainda não há cronograma por idade para cumprir a estimativa. Covid-19: Paraná vai vacinar população acima de 18 anos até setembro, diz Ratinho Junior O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), disse que o estado vai vacinar contra a Covid-19 toda a população acima de 18 anos, com pelo menos a primeira dose dos imunizantes, até o fim do mês de setembro de 2021. A declaração foi dada em um vídeo, gravado nesta segunda-feira (14). Assista, acima. Ratinho Junior disse que a estimativa considera o ritmo do cronograma do Ministério da Saúde, no envio das doses ao estado. "Com a manutenção do cronograma do Ministério da Saúde, com esse volume de vacina que está chegando, nós vamos conseguir vacinar a população acima de 18 anos até meados, no máximo final, de setembro. Isso quer dizer que as pessoas acima de 18 anos, até o mês de setembro, nós vamos vacinar toda a população do Paraná com ao menos uma dose", disse. O Governo do Paraná não informou nenhum cronograma de idades para que a estimativa seja cumprida. O calendário completo com a expectativa de vacinação, segundo o estado, será divulgado ao longo da semana. Na sexta-feira (11), o governo anunciou o começo da vacinação para pessoas acima de 40 anos, da população geral. No entanto, a ampliação dos grupos atendidos em cada cidade depende de decisões das prefeituras, conforme o número de doses que possuem. Paraná pretende imunizar toda a população cima de 18 anos contra a Covid-19 até o fim de setembro Giuliano Gomes/PR PRESS De acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), até a tarde desta segunda-feira, 3.239.009 paranaenses foram vacinados, sendo que 1.280.839 deles receberam a segunda dose das vacinas. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas No total, foram aplicadas, de acordo com os dados da secretaria, 4.519.848 doses no estado. O Paraná recebeu do Plano Nacional de Imunização, até esta segunda-feira, 6.075.960 doses de vacinas. No dia 10 de maio, o governador havia dito que a previsão do estado era de imunizar toda a população acima de 18 anos até dezembro deste ano. Ratinho Junior disse que o Paraná vai vacinar contra a Covid-19 toda a população acima de 18 anos até o fim de setembro Reprodução Pandemia no estado O boletim desta segunda-feira, da Sesa, aponta que o estado atingiu 1.146.320 casos confirmados de coronavírus, com 28.049 mortes pela doença. O relatório indicou aumento de 73 óbitos e de 2.684 casos, na comparação com o dia anterior. Segundo a secretaria, 805.154 pessoas se recuperaram da Covid no Paraná, desde o início da pandemia. Isso representa 70% do dotal de confirmações da doença. A taxa de mortalidade é de 2%. Ocupação de leitos O relatório da Sesa apontou ainda que 97% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para adultos com coronavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS) estão ocupados. Veja abaixo: 97% dos 1.990 leitos de UTI adulta; 85% dos 2.862 leitos de enfermaria adulta; 45% dos 22 leitos de UTI pediátrica; 50% dos 34 leitos de enfermaria pediátrica. 97% dos leitos de UTI Covid-19 para adultos pela rede pública no Paraná estão ocupados, segundo a Sesa Reprodução/RPC Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Nesta segunda-feira (14), governador disse que meta se baseia na manutenção do cronograma de recebimento de doses; ainda não há cronograma por idade para cumprir a estimativa. Covid-19: Paraná vai vacinar população acima de 18 anos até setembro, diz Ratinho Junior O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), disse que o estado vai vacinar contra a Covid-19 toda a população acima de 18 anos, com pelo menos a primeira dose dos imunizantes, até o fim do mês de setembro de 2021. A declaração foi dada em um vídeo, gravado nesta segunda-feira (14). Assista, ...

Leia mais



Coronavírus no Paraná: Acompanhe as notícias do estado em relação à pandemia
Coronavírus no Paraná: Acompanhe as notícias do estado em relação à pandemia Veja a playlist com os vídeos exibidos nos telejornais da RPC. Confira a média móvel de mortes e casos de Covid-19 no estado do Paraná Coronavírus no Paraná: Acompanhe as notícias do estado em relação à pandemia Veja a playlist com os vídeos exibidos nos telejornais da RPC. Confira a média móvel de mortes e casos de Covid-19 no estado do Paraná ...
Leia mais



Covid: Vacinação para profissionais da educação básica de Curitiba de 36 anos ou mais começa na terça (15)

Imunização é para trabalhadores das redes pública e privada; profissionais devem procurar um dos 10 pontos de vacinação, de acordo com a região da escola onde trabalham. Vacinação para profissionais da educação básica de Curitiba de 36 anos ou mais começa na terça (15) Pedro Ribas/Prefeitura de Curitiba Curitiba começa a vacinar na terça-feira (15) contra a Covid-19 os profissionais da educação básica de 36 anos ou mais, segundo a prefeitura. A imunização é para os trabalhadores das redes pública e privada. Fazem parte do grupo os professores e trabalhadores de creches, CMEIs, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, ensino profissionalizante e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Já professores e demais trabalhadores das instituições de ensino superior começarão a ser vacinados na terça pela faixa de pessoas com 50 anos ou mais. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado MAPA: Veja onde se vacinar em Curitiba, no app Você na RPC VACINAÇÃO NO PARANÁ: Perguntas e respostas Os profissionais de educação básica devem procurar um dos 10 pontos de vacinação específico, de acordo com o distrito sanitário da escola em que trabalham. A imunização é feita das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. O que precisa levar? É necessário apresentar uma declaração fornecida pela instituição de educação e um documento que comprove vinculação ativa com a unidade de ensino. A declaração fornecida pela instituição de ensino precisa seguir estritamente o modelo disponibilizado pela SMS e precisa ser assinada e carimbada por um responsável que represente a escola perante o distrito sanitário da região. Pontos de vacinação para os profissionais da educação Das 8h às 17h: Matriz - US Ouvidor Pardinho: Rua 24 de Maio, 807, Praça Ouvidor Pardinho Bairro Novo - US Parigot de Souza: Rua João Eloy de Souza, 111, Sítio Cercado Boa Vista - Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira: Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233, Bacacheri Boqueirão - US Jardim Paranaense: Rua Pedro Nabosne, 57, Alto Boqueirão Cajuru - US Uberaba: Rua Cap. Leônidas Marques, 1.392, Uberaba CIC - Clube da Gente CIC: Rua Hilda Cadilhe de Oliveira Pinheirinho - US Aurora: Rua Theofhilo Mansur, 500, Novo Mundo Portão - Rua da Cidadania do Fazendinha: Rua Carlos Klemtz, 1.700 Santa Felicidade - US Pinheiros: Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370, Santa Felicidade Tatuquara - Rua da Cidadania do Tatuquara: Rua Olivardo Konoroski Bueno. Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR Veja mais notícias do estado em G1 Paraná.

Imunização é para trabalhadores das redes pública e privada; profissionais devem procurar um dos 10 pontos de vacinação, de acordo com a região da escola onde trabalham. Vacinação para profissionais da educação básica de Curitiba de 36 anos ou mais começa na terça (15) Pedro Ribas/Prefeitura de Curitiba Curitiba começa a vacinar na terça-feira (15) contra a Covid-19 os profissionais da educação básica de 36 anos ou mais, segundo a prefeitura. A imunização é para os trabalhadores das redes pública e privada. Fazem parte do grupo os professores e trabalhadores de creches, CMEI...

Leia mais



Suspeito troca tiros com a Guarda Municipal após ameaçar esposa, em Foz do Iguaçu

Segundo a GM, tiroteio começou após a esposa pedir ajuda dos guardas; suspeito foi baleado, socorrido e preso. Homem troca tiros com a Guarda Municipal após ameaçar a mulher Um homem foi preso como suspeito de ameaçar a esposa e após atirar contra a Guarda Municipal (GM), no Bairro Novo Mundo, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na noite de domingo (13), conforme o órgão de segurança. De acordo com a GM, a esposa do suspeito procurou pelo carro da guarda desesperada por ajuda, dizendo que o marido estava a ameaçando. Em seguida, o suspeito apareceu dirigindo um carro em alta velocidade e atirou contra o veículo da Guarda Municipal, conforme o órgão. Após o tiro, outra equipe da GM foi dar apoio à ocorrência. Até que encontraram o homem, que tinha acabado de bater o carro em um poste. Troca de tiros ocorreu entre o suspeito e a Guarda Municipal, em Foz do Iguaçu Guarda Municipal/Divulgação Segundo a GM, depois da primeira batida, o suspeito fugiu e continuou dirigindo, até que atingiu a traseira do veículo da guarda. Na sequência, os guardas perseguiram o suspeito, que bateu novamente em um monte de terra. Mesmo com as três batidas, o homem continuou ameaçando atirar contra os guardas. Por isso, a equipe atirou contra o veículo do suspeito, segundo a GM. O suspeito saiu do carro e tentou fugir a pé em direção a BR-277. Conforme a GM, os guardas municipais atiraram e o homem foi atingido por três tiros. De acordo com a Guarda Municipal, o suspeito foi socorrido e encaminhado ao Hospital Municipal. Ele recebeu alta nesta segunda-feira (14) e foi encaminhado à Delegacia de Foz do Iguaçu. O suspeito poderá responder, conforme a GM, por ameaçar a esposa, por disparo de arma de fogo, por resistência a prisão e por dano ao patrimônio público, pois colidiu contra um poste de monitoramento e uma viatura da prefeitura. A arma e o veículo que estavam com o suspeito também foram levados para a delegacia. VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR nos últimos 7 dias Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Segundo a GM, tiroteio começou após a esposa pedir ajuda dos guardas; suspeito foi baleado, socorrido e preso. Homem troca tiros com a Guarda Municipal após ameaçar a mulher Um homem foi preso como suspeito de ameaçar a esposa e após atirar contra a Guarda Municipal (GM), no Bairro Novo Mundo, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na noite de domingo (13), conforme o órgão de segurança. De acordo com a GM, a esposa do suspeito procurou pelo carro da guarda desesperada por ajuda, dizendo que o marido estava a ameaçando. Em seguida, o suspeito apareceu dirigindo um carro em alta v...

Leia mais



Sanepar divulga tabela do rodízio de água em Curitiba e Região Metropolitana até 30 de junho; veja cronograma

Nível dos reservatórios do Sistema de Abastecimento de Água Integrado está em 51,82%, nesta segunda-feira (14); região enfrenta rodizio de 60 horas com água e 36 horas sem água. Sanepar divulgou tabela do rodízio de água em Curitiba e Região Metropolitana até 30 de junho Giuliano Gomes/PR Press A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) divulgou a tabela do rodízio no abastecimento de água em Curitiba e Região Metropolitana entre sábado (19) e o dia 30 de junho. VEJA A TABELA DO RODÍZIO ATÉ 30 DE JUNHO A região enfrenta crise hídrica, e está em sistema de rodízio desde março de 2020. O abastecimento na região está em esquema de 60 horas de fornecimento de água e 36 horas sem água. A Sanepar informou que o rodízio só deve ser suspenso quando os níveis das barragens estiverem acima de 80%. Anteriormente, a companhia chegou a anunciar que para o fim do rodízio era necessário que os níveis dos quatro reservatórios do sistema estivessem, na média, acima de 60%. Medidas em Curitiba e região impedem colapso, mas esbarram em obra inacabada e falta de chuvas Nível dos reservatórios Ainda conforme a Sanepar, os reservatórios do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (SAIC) possuem nível médio de 51,82%. Confira o nível de cada barragem: Iraí: 40,11% Passaúna: 54,38% Piraquara I: 58,95% Piraquara II: 70,78% Curitiba e Região Metropolitana enfrenta sistema de rodízio no abastecimento de água Arquivo/RPC Dicas para economizar água Atividades como limpeza de calçadas, quintais, lavagem de carro e rega de jardins devem ser feitas não com água potável, para auxiliar na economia. Conforme orientação da Sanepar, o ideal é aproveitar a água usada na máquina de lavar roupa e a água recolhida no chuveiro antes de aquecer, por exemplo. QUIZ: Teste e descubra o quanto você gasta de água nas tarefas do dia a dia Conforme a companhia, também deve-se reduzir o tempo de banho, manter a torneira fechada enquanto se escova os dentes e faz a barba. Se possível, a população pode acumular roupa e louça para serem lavadas de uma única vez. Veja vídeos da série A Gota d'água Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Nível dos reservatórios do Sistema de Abastecimento de Água Integrado está em 51,82%, nesta segunda-feira (14); região enfrenta rodizio de 60 horas com água e 36 horas sem água. Sanepar divulgou tabela do rodízio de água em Curitiba e Região Metropolitana até 30 de junho Giuliano Gomes/PR Press A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) divulgou a tabela do rodízio no abastecimento de água em Curitiba e Região Metropolitana entre sábado (19) e o dia 30 de junho. VEJA A TABELA DO RODÍZIO ATÉ 30 DE JUNHO A região enfrenta crise hídrica, e está em sistema de rodízio desde ma...

Leia mais



Motorista acusado de atropelar três trabalhadores da capina e roçagem é condenado por homicídio culposo e lesão corporal
Acidente ocorreu em maio de 2016 em Londrina, no norte do Paraná, e resultou na morte de um dos operários. Justiça condena motorista por acidente em 2016, em Londrina O motorista que atropelou trabalhadores que realizavam serviços de capina e roçagem em maio de 2016 em Londrina, no norte do Paraná, foi condenado pela Justiça por homicídio culposo e lesão corporal dolosa. À época, três trabalhadores foram atingidos pelo veículo na Avenida Luigi Amorese, no Jardim Leonor e levados ao hospital. Dois sofreram ferimentos leves e receberam alta um dia depois do atropelamento. No entanto, Eduardo Salmento, que tinha 26 anos, não resistiu e morreu duas semanas depois do atropelamento. Salmento ficou internado no pronto-socorro do hospital por nove dias, pois todos os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da instituição estavam ocupados. A família chegou a recorrer à Justiça pedindo a transferência do trabalhador para um leito de UTI em hospitais da região, mas a liminar foi negada. O motorista, de 41 anos, acusado pelo acidente, foi preso no dia 27 de maio de 2016, pagou fiança de R$ 1.800 e foi solto um dia depois. O teste do bafômetro apontou que ele não tinha bebido antes do acidente, mas que dirigia sem Carteira de Habilitação. Cinco anos depois do atropelamento, o réu foi condenado a dois anos e oito meses de prisão em regime aberto e ele deverá cumprir serviços comunitários em uma entidade que ainda será definida pela Justiça. Veja mais notícias da região no G1Norte e Noroeste. Acidente ocorreu em maio de 2016 em Londrina, no norte do Paraná, e resultou na morte de um dos operários. Justiça condena motorista por acidente em 2016, em Londrina O motorista que atropelou trabalhadores que realizavam serviços de capina e roçagem em maio de 2016 em Londrina, no norte do Paraná, foi condenado pela Justiça por homicídio culposo e lesão corporal dolosa. À época, três trabalhadores foram atingidos pelo veículo na Avenida Luigi Amorese, no Jardim Leonor e levados ao hospital. Dois sofreram ferimentos leves e receberam alta um dia depois do atropelamento. No entanto, Eduardo Salmento, que tinha 26 anos, não resistiu e morreu duas semanas depois do atropelamento. Salmento ficou internado no pronto-socorro do hospital por nove dias, pois todos os leitos da U...
Leia mais



Adolescente é apreendido dirigindo caminhonete com 21 mil maços de cigarros no Paraná, diz PRF

Segundo a PRF, cigarros eram contrabandeados do Paraguai; adolescente 15 anos tentou fugir, mas foi encaminhado ao Conselho Tutelar, nesta segunda (14), em Vera Cruz do Oeste. PRF apreendeu adolescente que dirigia caminhonete, em Vera Cruz do Oeste PRF/Divulgação Um adolescente, de 15 anos, foi apreendido após ser flagrado dirigindo uma caminhonete, em Vera Cruz do Oeste, no oeste do Paraná, nesta segunda-feira (14), conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com a polícia, o adolescente transportava 21 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai no veículo. A abordagem ocorreu após a equipe desconfiar da caminhonete, que transitava de forma perigosa pela via. Ao receber a ordem de parada, o adolescente desobedeceu e fugiu em alta velocidade, sendo acompanhado pela viatura. Em seguida, conforme a PRF, ele acessou uma estrada rural, abandonou o veículo e tentou fugir a pé, mas foi alcançado e detido. Segundo a polícia, o veículo utilizado havia sido roubado há 15 dias em Joinville (SC). O motorista menor de idade foi encaminhado ao Conselho Tutelar, conforme a PRF. A ocorrência foi encaminhada à Policia Judiciária de Matelândia, também no oeste. VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR nos últimos 7 dias Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Segundo a PRF, cigarros eram contrabandeados do Paraguai; adolescente 15 anos tentou fugir, mas foi encaminhado ao Conselho Tutelar, nesta segunda (14), em Vera Cruz do Oeste. PRF apreendeu adolescente que dirigia caminhonete, em Vera Cruz do Oeste PRF/Divulgação Um adolescente, de 15 anos, foi apreendido após ser flagrado dirigindo uma caminhonete, em Vera Cruz do Oeste, no oeste do Paraná, nesta segunda-feira (14), conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com a polícia, o adolescente transportava 21 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai no veículo. A abordagem oc...

Leia mais



Paraná registra mais 73 mortes por Covid e ultrapassa 28 mil óbitos, diz secretaria

Boletim desta segunda (14) mostra aumento de 2.684 casos confirmados, chegando a 1.146.320 diagnósticos; desde o início da pandemia, 805.154 pessoas se recuperaram. 6.045 pessoas estão internadas nesta segunda no Paraná por causa da Covid Eduardo Kimmel e Guilherme Bressan De acordo com o boletim, nesta segunda 6.045 pessoas estão internadas por causa da Covid Eduardo Kimmel e Guilherme Bressan Com mais 73 mortes registradas, o Paraná chegou a 28.049 óbitos causados pela Covid-19 desde o início da pandemia, conforme boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) desta segunda-feira (14). O relatório mostra aumento de 2.684 casos confirmados da doença em relação ao dia anterior. Com isso, o estado tem 1.146.320 diagnósticos. Dos novos registros, 2.461 são deste mês. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas MAPA: veja onde se vacinar em Curitiba, no app Você na RPC Segundo a secretaria, 805.154 pessoas se recuperaram da Covid no Paraná. Isso representa 70% do dotal de confirmações da doença. A taxa de mortalidade se manteve em 2%. O monitoramento da Sesa registra outros 6.048 casos de residentes de fora do estado diagnosticados no Paraná. Dessas pessoas, 159 morreram. Em relação aos testes, os laboratórios públicos e privados credenciados pelo Governo do Paraná fizeram 3.067.105 exames RT-PCR. Há 2.793 testes aguardando resultado. Novas mortes Conforme a secretaria, as novas mortes registradas foram de 48 homens e 25 mulheres, que têm idades que variam de 29 a 89 anos. Os óbitos ocorreram entre 30 de janeiro e esta segunda, informou a Sesa. O maior aumento de mortes foi em Curitiba, com 15 novos registros. Novas mortes por Covid no Paraná Ocupação de leitos De acordo com o boletim, nesta segunda 6.045 pessoas estão internadas em leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) e privados, de enfermaria e Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Do total, 2.776 têm diagnóstico confirmado para Covid. Em UTIs públicas e privadas, há 2.512 pacientes internados nesta segunda. Outras 3.533 estão em enfermarias, ainda segundo o boletim. Conforme a Sesa, 97% dos leitos de UTI para adultos com coronavírus pelo SUS estão ocupados - mesmo com o aumento de leitos. Veja abaixo: 97% dos 1.990 leitos de UTI adulta 85% dos 2.862 leitos de enfermaria adulta 45% dos 22 leitos de UTI pediátrica 50% dos 34 leitos de enfermaria pediátrica Das quatro macrorregiões do estado, três estão com a taxa de ocupação de UTIs para adultos em 97%. Confira abaixo: Leste: 97% Oeste: 97% Noroeste: 97% Norte: 93% Situação em Curitiba Segundo a prefeitura da capital, a taxa de ocupação dos 548 leitos de UTI SUS exclusivos para Covid-19 está em 101%. Considerando as vagas para adultos, a lotação está em 102%. A taxa de ocupação dos 746 leitos de enfermarias está em 86%, com 102 leitos vagos. Perfil dos diagnosticados Segundo o boletim, a média de idade entre os pacientes da Covid-19 no Paraná é de 39,46 anos. Considerando as pessoas que morreram pela doença no estado, a média é de 65,79 anos. As mulheres representam a maior parte dos casos confirmados, com 53% (605.089 diagnósticos). Em relação às vítimas da Covid, a maioria é formada por homens. Segundo o relatório, foram 16.138 mortes de pacientes do sexo masculino, o que representa 58% do total de óbitos. Números por cidade Entre as 399 cidades do estado, somente Boa Esperança do Iguaçu não registrou nenhuma morte por coronavírus desde o início da pandemia. Em todos os municípios há casos confirmados da doença. Números da Covid por cidade no Paraná VÍDEOS: mais assistidos do G1 PR Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Boletim desta segunda (14) mostra aumento de 2.684 casos confirmados, chegando a 1.146.320 diagnósticos; desde o início da pandemia, 805.154 pessoas se recuperaram. 6.045 pessoas estão internadas nesta segunda no Paraná por causa da Covid Eduardo Kimmel e Guilherme Bressan De acordo com o boletim, nesta segunda 6.045 pessoas estão internadas por causa da Covid Eduardo Kimmel e Guilherme Bressan Com mais 73 mortes registradas, o Paraná chegou a 28.049 óbitos causados pela Covid-19 desde o início da pandemia, conforme boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) desta segunda-feira...

Leia mais



Filhos de coletor de lixo que devolveu celular perdido ganham festa de aniversário, no Paraná

Festa com bolos e presentes foi organizada por morador de Curitiba; Rudiney, que estava sem celular à época depois de vender aparelho para pagar tratamento da filha, ganhou novo aparelho. Filhos de coletor de lixo que devolveu celular perdido ganham festa de aniversário Uma ação de solidariedade do coletor de lixo Rudiney de Lima Fagundes terminou com a alegria devolvidas para os próprios filhos do trabalhador: as crianças ganharam uma festa de aniversário, no domingo (13), com direito a bolo e presentes. Em maio, durante um dia de trabalho, o coletor estava no caminhão quando dois homens desceram de um carro estacionado. Um deles derrubou o celular no chão e, sem perceber, foi deixando o local. Quando o caminhão arranca, Rudiney vê o celular no chão, desce do veículo e vai atrás do homem para devolver o aparelho. Uma câmera de segurança registrou toda a ação. Ao ver as imagens, Augusto, morador de Curitiba, ficou comovido com a atitude de Rudiney e foi atrás da família, quando ficou sabendo do aniversário das crianças. Foi ele quem preparou a surpresa. "Vi a matéria no jornal e como todos fiquei sensibilidade com a atitude dele. E não é por coincidência, é por providência divina, fiquei sabendo que os filhos fariam aniversário na semana seguinte", relembrou. A organização da celebração ocorreu com a ajuda do grupo Arautos do Evangelho, que preparou a festa na casa da família. Augusto participou do aniversário por chamada de vídeo, diretamente de casa. Crianças ganharam bolo de aniversário e presentes Reprodução/RPC Educação que vem de casa À época, Rudiney estava sem celular quando devolveu o aparelho ao dono. Ele havia vendido o próprio para pagar o tratamento da filha, que ficou doente. Além da festa para os filhos, o trabalhador também ganhou um novo celular. O coletor, contudo, afirmou que nunca pensou em tomar uma atitude diferente, uma vez que a educação que recebeu, dentro de casa, é de que "o que não é da gente a gente não pode pegar". Emocionado com o gesto, Rudiney também afirmou que boas ações não devem ser feitas esperando uma recompensa, mas sim para se sentir bem consigo mesmo. Segundo ele, o ensinamento é o que ele tenta transmitir aos filhos. "Eu espero que eles não esperem fazer as coisas boas pra receber nada em troca, que eles façam o bem para que a recompensa venha de Deus. Não pode pensar só na recompensa do homem. Eles fazendo o bem por eles, para eles se sentirem bem, é o que importa", ressaltou. Sem celular há meses, Rudiney procurou dono ao encontrar aparelho na rua Reprodução/RPC Veja mais notícias da região em G1 Campos Gerais e Sul.

Festa com bolos e presentes foi organizada por morador de Curitiba; Rudiney, que estava sem celular à época depois de vender aparelho para pagar tratamento da filha, ganhou novo aparelho. Filhos de coletor de lixo que devolveu celular perdido ganham festa de aniversário Uma ação de solidariedade do coletor de lixo Rudiney de Lima Fagundes terminou com a alegria devolvidas para os próprios filhos do trabalhador: as crianças ganharam uma festa de aniversário, no domingo (13), com direito a bolo e presentes. Em maio, durante um dia de trabalho, o coletor estava no caminhão quando dois home...

Leia mais



Único hospital de cidade do Paraná com 12 mil habitantes deixa de atender pacientes
Hospital São Camilo, de Jataizinho, no norte do Paraná, fechou as portas no sábado (12). Direção diz não ter condições de manter estrutura porque não recebe verbas suficientes do município. No entanto, prefeitura afirma que repasses são feitos conforme gastos são comprovados. Hospital para de atender pacientes, em Jataizinho Depois de meses de negociações e indefinições, o único hospital de Jataizinho, no norte do Paraná, deixou de funcionar. Portas foram fechadas no sábado (12) deixando muitas famílias sem saber onde procurar atendimento. O avô do Valdemir Aparecido de Lima costumava passar mal frequentemente e os netos recorriam ao único hospital da cidade. Mas, quando precisaram, encontraram a unidade fechada. O avô do caminhoneiro não resistiu e morreu. "Não conseguimos recursos neste hospital porque não tinha. Não conseguimos salvar a vida do meu avô. Quando meu irmão chegou com um veículo para levá-lo para um hospital, porque não tinha ambulância na cidade, já era tarde demais. Isso pode acontecer com muitos se não reabrirem as portas", lamentou o caminhoneiro. Hospital de Jataizinho anuncia fim de atendimento pelo SUS após prefeitura encerrar convênio O hospital São Camilo era responsável por atender a cidade de 12 mil habitantes. Com o fechamento da instituição, o município não possui mais nenhuma unidade do mesmo porte. Pacientes em estado grave serão encaminhados para hospitais de Londrina ou Ibiporã. "Só estava atendendo casos de urgência. Aí fecha de uma hora para outra sem a população saber é duro. Nós não sabemos o que pode acontecer com idosos ou crianças. De uma hora para outra vamos precisar de um hospital", disse o pintor, Leonardo Sabino Soares. "A situação vai ficar ainda pior. A saúde aqui em Jataizinho já não era boa, o atendimento do hospital não era bom. Agora, vai piorar ainda mais", criticou o pedreiro Adaildo Aparecido de Lima. Atendimentos pelo SUS O hospital São Camilo funciona há mais de 30 anos no município e com o fechamento deve demitir 20 funcionários. O prédio, onde eram atendidos casos de urgência e eram realizadas internações de baixa complexidade, ficará vazio. Os moradores que precisarem de atendimento deverão procurar as unidades básicas de saúde. Segundo a direção do hospital, 99% dos atendimentos da instituição eram realizados pelo Sistema Único de Saúde por meio de convênio com estado e município. Por mês, 1.200 pessoas procuravam pela unidade e o custo mensal para manter a estrutura era de R$150 mil. No entanto, ainda conforme o hospital, os repasses do município não chegavam a R$ 110 mil. "O hospital como entidade privada não tem condições de arcar com os custos e com os atendimentos sem que haja repasses de verbas públicas. Sem isso, estaremos propiciando ao município e ao estado um enriquecimento ilícito, transferindo para uma entidade privada a obrigação de atender a saúde pública", explicou o advogado do hospital São Camilo, Jadson Molina A prefeitura negou a acusação, disse que o dinheiro não chegava porque o hospital não prestava contas corretamente. "Pagamos conforme era comprovada a conta. Eles nunca conseguiam prestar contas acima de R$ 70 mil. Prestavam contas dos plantonistas, com nomes e endereços, e medicamentos, e nós pagávamos. Tudo o que foi comprovado, nós pagamos", explicou o prefeito Wilson Fernandes. Atendimentos garantidos por liminar A prefeitura afirma ainda que uma liminar judicial proíbe a paralisação dos atendimentos pelo hospital até que a o município e o estado estruturem a rede municipal de saúde para atendimento de pacientes do SUS. Com a atitude da direção do hospital, a Prefeitura de Jataizinho registrou um boletim de ocorrência afirmando que a liminar judicial tem prazo de 60 dias, além disso afirmou que o hospital negou atendimento a um paciente no último sábado. A partir de julho, o município pretende concentrar os atendimentos em uma única unidade de saúde. O local tem estrutura para internação e estabilização de pacientes, mas fecha e deixa de atender a pacientes após às 19h. A defesa do hospital afirma que o hospital cumpriu a decisão liminar de atender os moradores por 60 dias. Para a instituição, o prazo encerrou no dia 13 de junho. No entanto, a prefeitura entende que o prazo é outro, o prazo acabaria no dia 29 de junho. Enquanto o impasse não é resolvido, a unidade de saúde do centro terá médicos atendendo das 7h às 19h. Nos demais postos, o expediente será encerrado às 17h. O município afirma que realiza negociações para estender o horário de atendimento nos postos de saúde e que entregou um plano de contingência à Justiça para evitar que a cidade sofra com a falta de atendimento. O que diz o Ministério Público? O Ministério Público do Paraná informou que está acompanhando o caso, que trabalha em um pedido de majoração da multa diária que foi imposta pelo Juízo, uma vez que há, de fato, determinação judicial para que o hospital mantenha as portas abertas até o fim do contrato com o Estado do Paraná. Conforme a determinação judicial imposta em abril, a multa diária é de R$ 2 mil. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste. Hospital São Camilo, de Jataizinho, no norte do Paraná, fechou as portas no sábado (12). Direção diz não ter condições de manter estrutura porque não recebe verbas suficientes do município. No entanto, prefeitura afirma que repasses são feitos conforme gastos são comprovados. Hospital para de atender pacientes, em Jataizinho Depois de meses de negociações e indefinições, o único hospital de Jataizinho, no norte do Paraná, deixou de funcionar. Portas foram fechadas no sábado (12) deixando muitas famílias sem saber onde procurar atendimento. O avô do Valdemir Aparecido de Lima costumava passar mal frequentemente e os netos recorriam ao único hospital da cidade. Mas, quando precisaram, encontraram a unidade fechada. O avô do caminhoneiro não resistiu e morreu. "...
Leia mais



Covid: Ponta Grossa anuncia vacinação de trabalhadores do ensino superior, entre 40 e 52 anos, na quarta (16)

Segundo prefeitura, agendamento para o grupo estará disponível a partir de terça (15), às 8h. Ponta Grossa divulga cronograma de vacinação de trabalhadores do ensino superior Prefeitura de Jundiaí/Divulgação Ponta Grossa, Campos Gerais do Paraná, anunciou a vacinação contra Covid-19 para profissionais que atuam no ensino superior. A primeira data para o grupo é na quarta-feira (16), para os trabalhadores entre 40 e 52 anos. As aplicações serão feitas na Estação Arte e também no Centro de Eventos, entre 13h e 17h. Segundo a prefeitura, é necessário agendar o recebimento da primeira dose da vacina. O agendamento estará disponível a partir de terça (15), às 8h. Clique aqui para fazer o agendamento, disponível a partir de terça. Para receber o imunizante, é necessário apresentar uma declaração de vínculo ativo com a instituição, além de um documento de identificação com foto, CPF e carteira de vacinação. Vacinação de outros grupos Também na terça, serão vacinados outros dois grupos, das 9h às 16h, na Estação Arte e Centro de Eventos: Trabalhadores da educação (exceto nível superior) com idade entre 35 e 52 anos. Necessária apresentação de declaração de trabalhador da educação; Trabalhadores da assistência social (Cras, Creas, Abrigos e Casas de Acolhida) com idade entre 35 e 52 anos. Veja mais notícias da região em G1 Campos Gerais e Sul.

Segundo prefeitura, agendamento para o grupo estará disponível a partir de terça (15), às 8h. Ponta Grossa divulga cronograma de vacinação de trabalhadores do ensino superior Prefeitura de Jundiaí/Divulgação Ponta Grossa, Campos Gerais do Paraná, anunciou a vacinação contra Covid-19 para profissionais que atuam no ensino superior. A primeira data para o grupo é na quarta-feira (16), para os trabalhadores entre 40 e 52 anos. As aplicações serão feitas na Estação Arte e também no Centro de Eventos, entre 13h e 17h. Segundo a pre...

Leia mais



Curitiba anuncia vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 54 e 53 anos completos, na terça-feira (15) e quarta (16)

Município informou que para ampliar a faixa etária atendida foi necessário utilizar estoque de outros grupos; imunização ocorre em 17 pontos fixos, das 8h as 17h. Curitiba anuncia vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 54 e 53 anos completos Pedro Ribas/Divulgação/Prefeitura de Curitiba A Prefeitura de Curitiba anunciou, nesta segunda-feira (14), que a vacinação contra a Covid-19 será ampliada para imunizar pessoas de 54 e 53 anos completos, nesta semana. O início do atendimento a estes dois grupos da população geral ocorre de forma gradativa, nesta terça-feira (15) e na quarta-feira (16). Veja o cronograma abaixo. Terça-feira (15): pessoas 54 anos completos; Quarta-feira (16): pessoas com 53 anos completos. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde, a vacinação por faixa etária ocorre por procura direta, em um dos 17 pontos fixos espalhados pela cidade, das 8h as 17h. Confira os endereços mais abaixo. Segundo a prefeitura, para passar a atender as duas novas idades, será necessário utilizar todo o estoque de doses destinado ao grupo de comorbidades e ainda um pouco do estoque do grupo de profissionais de saúde. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Confira as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado MAPA DA VACINA: veja onde se vacinar em Curitiba, no app Você na RPC VACINAÇÃO NO PARANÁ: perguntas e respostas A prefeitura argumentou que recebeu 12.550 doses para primeira aplicação destinadas ao grupo de 40 a 59 anos, pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O grupo, segundo a secretaria municipal, é composto por cerca de 500 mil pessoas na cidade. Ainda conforme o município, a estimativa é de um total de 28.688 pessoas a serem vacinadas com idades de 54 e 53 anos. Também nesta segunda-feira, o município informou que vai começar a vacinar, na terça-feira, os profissionais de educação do ensino superior a partir de 50 anos completos. O que precisa levar? Para se vacinar, é necessário apresentar um documento de identificação com foto, CPF, um comprovante de endereço de Curitiba e uma caneta. O município pede que as pessoas que não são pacientes do SUS Curitibano preencham antecipadamente o cadastro na plataforma Saúde Já, pelo aplicativo de celular ou pelo site, para agilizar o processo e evitar filas. Pontos fixos de vacinação Das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira: Pavilhão da Cura: Parque Barigui (entrada somente pela BR-277) US Ouvidor Pardinho: Rua 24 de Maio, 807, na Praça Ouvidor Pardinho Centro de Referência, esportes e atividade física: Rua Augusto de Mari, 2.150, no bairro Guaíra US Salvador Allende: Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712, no Sítio Cercado US Parigot de Souza: Rua João Eloy de Souza, 111, no Sítio Cercado US Vila Diana: Rua René Descartes, 537, no Abranches Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira: Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233, no Bacacheri US Jardim Paranaense: Rua Pedro Nabosne, 57, no Alto Boqueirão US Visitação: Rua Dr. Bley Zornig, 3136, no Boqueirão US Camargo: Rua Pedro Violani, 364, no Cajuru US Uberaba: Rua Cap. Leônidas Marques, 1392, no Uberaba Clube da Gente CIC: Rua Hilda Cadilhe de Oliveira US Vila Feliz: Rua Pedro Gusso, 866, no Novo Mundo US Aurora: Rua Theofhilo Mansur, 500, no Novo Mundo US Pinheiros: Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370, em Santa Felicidade Rua da Cidadania do Tatuquara: Rua Olivardo Konoroski Bueno Rua da Cidadania do Fazendinha: Rua Carlos Klemtz, 1.700. Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR Veja mais notícias da região no G1 Paraná.

Município informou que para ampliar a faixa etária atendida foi necessário utilizar estoque de outros grupos; imunização ocorre em 17 pontos fixos, das 8h as 17h. Curitiba anuncia vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 54 e 53 anos completos Pedro Ribas/Divulgação/Prefeitura de Curitiba A Prefeitura de Curitiba anunciou, nesta segunda-feira (14), que a vacinação contra a Covid-19 será ampliada para imunizar pessoas de 54 e 53 anos completos, nesta semana. O início do atendimento a estes dois grupos da população geral ocorre de forma gradativa, nesta terça-feira (15) e ...

Leia mais



Por que o convênio farmácia é a melhor opção para sua empresa

Sem custos, o serviço colabora com a qualidade de vida dos funcionários e pode preservar a saúde também do seu negócio A pandemia explicitou a importância de priorizar a saúde em todo e qualquer ambiente. No mercado de trabalho, não seria diferente. Mas se a oferta de planos de saúde não é uma realidade tangível para todas as empresas — especialmente quando falamos sobre pequenos negócios — o convênio farmácia surge como um benefício acessível, que não gera custos para a empresa e causa grande impacto na qualidade de vida dos colaboradores. O que é o convênio farmácia? O convênio farmácia é um serviço no qual a empresa se cadastra gratuitamente em uma rede de farmácias e passa a oferecer aos colaboradores a possibilidade de ter o valor de suas compras descontado diretamente na folha de pagamento. O limite de valor a ser gasto na farmácia é estipulado pelo empregador. Ao final de um período de tempo estipulado, a empresa recebe de uma só vez os débitos gerados pelos colaboradores e realiza o pagamento. Por não gerar qualquer tipo de custo para a empresa, é uma opção que se enquadra na realidade de pequenos negócios, bem como de grandes corporações. Quais os benefícios? Os benefícios do convênio farmácia podem fazer toda a diferença na rotina dos colaboradores. É o que aponta Arla Miranda, que trabalha na administração de três lojas da rede 10 Pastéis, em Ponta Grossa. Há mais de cinco anos a empresa oferece aos colaboradores um convênio farmácia com a CallFarma. “O convênio facilitado é muito rápido. Eles são muito pontuais em relação à entrega de relatório e boletos. Além disso, os valores dos produtos são bem mais em conta”, afirma. Na CallFarma, é possível selecionar quais tipos de produto os funcionários terão acesso: medicamentos, perfumaria e/ou conveniência. Na rede 10 Pastéis, os funcionários têm acesso liberado para todas as categorias. "As colaboradoras ficam muito animadas com o convênio. Geralmente elas têm filhos, então podem comprar fraldas, medicamentos”, comenta Arla. Na empresa, a adesão dos colaboradores é de mais de 95% por mês — isto é, quase todos os colaboradores fazem uso do benefício mensalmente. >> Sua empresa ainda não tem convênio farmácia? Faça agora seu cadastro gratuito! A disponibilidade do convênio farmácia também pode ser determinante para a saúde do funcionário quando o fator financeiro é um limitador na hora de iniciar um tratamento de saúde. E isso impacta tanto a vida do colaborador quanto a empresa, que passa a oferecer um incentivo para que os funcionários cuidem da saúde — tema ainda mais sensível quando consideramos o contexto pandêmico. Por fim, o benefício também pode fazer a diferença na hora da contratação: especialmente em pequenas empresas, cujos benefícios são mais difíceis de serem ofertados. Assim, o convênio farmácia pode ser o seu diferencial. Com praticidade e sem burocracia Para Suely Carvalho, proprietária da Evolução Alarmes Monitorados, empresa de Ponta Grossa que também oferece o convênio farmácia aos seus colaboradores, um fator fez toda a diferença na hora de escolher uma rede de farmácias específica para firmar o convênio: a praticidade. Assim, a CallFarma foi escolhida como a rede que atende sua empresa desde 2009. “Para a gente, a praticidade sempre foi o que há de melhor”, conta. “Vemos a CallFarma como a melhor farmácia da cidade, sempre trabalhamos juntos e eles sempre prestaram um bom atendimento para a nossa empresa e para os nossos colaboradores”. Com foco na experiência do usuário, o sistema da CallFarma passou por uma atualização em abril deste ano, inspirado no sistema da gigante Uber, que revolucionou a relação entre usuários, empresas e plataformas online. “O diferencial do nosso convênio é que estamos proporcionando isso com facilidade para uma empresa pequena, de um único funcionário, até uma multinacional. Tudo com uma plataforma muito simples de mexer, muito fácil de se cadastrar, muito fácil de gerenciar”, explica Carlos Bueno Júnior, diretor comercial da CallFarma. Passo a passo A partir do QR Code, o colaborador pode fazer self-checkout com apenas um toque na tela. Sem cartões, sem demandar CPF e sem qualquer burocracia. Jéssica Lopes/Divulgação A praticidade vem em todos os momentos da jornada. O cadastro da empresa é feito pelo site e demanda dados muito simples, como CNPJ e pessoa responsável. No cadastro, você já escolhe a data de fechamento do relatório e o dia de pagamento à farmácia. Depois, a empresa decide em qual plano gostaria de cadastrar os colaboradores, delimitando os produtos aos quais eles têm acesso através do convênio, como medicamentos, vacinas, conveniência e perfumaria. A seguir, o responsável cadastra os usuários na plataforma de forma individual ou a partir da importação de uma planilha, junto ao limite do valor de compras de cada colaborador. Também existe a possibilidade de fazer a integração com o sistema da própria empresa, com o suporte da CallFarma. Na hora da compra, a praticidade continua sendo a palavra de ordem. Por meio de um aplicativo de celular chamado “Compre mais rápido”, o usuário poderá fazer compras na loja com self-checkout. “Ele chega, escaneia o QR code, passa os produtos no scanner e aperta apenas um botão. Não pede CPF, não pergunta como quer pagar. É tudo automatizado: com um click, a nota fiscal vai para o aplicativo do colaborador e já cai no relatório da empresa”, explica Carlos Júnior. Além das compras nas lojas, o convênio também está habilitado para as compras por televendas e site. >> Crie agora seu convênio farmácia com a CallFarma Na última ponta, o relatório gerado para a empresa é prático e instantâneo. Na primeira hora do dia escolhido para o fechamento, o gestor recebe um relatório com todas as informações de compra junto ao boleto. “É tudo automatizado, fácil e online”, afirma Carlos Júnior. Benefícios também para a família Com o convênio para empresas ou famílias, é possível comprar nas lojas físicas, por televendas ou pelo site da CallFarma. Jéssica Lopes/Divulgação Outro modelo de convênio também está disponível na CallFarma, voltado para atender famílias. O sistema usado nos convênios empresariais foi adaptado para atender um público diferente: as famílias. O usuário pode incluir, em um mesmo cadastro, diversos familiares que, por meio de um QR Code individual, podem realizar as compras. O valor será descontado de um mesmo cartão de crédito. “Temos muitos clientes que moram em outra cidade ou país, mas que precisam comprar medicamentos para um familiar. Então habilitamos essa função”, explica Carlos Júnior. >> Saiba mais sobre o convênio família da CallFarma

Sem custos, o serviço colabora com a qualidade de vida dos funcionários e pode preservar a saúde também do seu negócio A pandemia explicitou a importância de priorizar a saúde em todo e qualquer ambiente. No mercado de trabalho, não seria diferente. Mas se a oferta de planos de saúde não é uma realidade tangível para todas as empresas — especialmente quando falamos sobre pequenos negócios — o convênio farmácia surge como um benefício acessível, que não gera custos para a empresa e causa grande impacto na qualidade de vida dos colaboradores. O que é o convênio farmácia? ...

Leia mais



Homem morre soterrado após deslizamento de terra em chácara de Guarapuava

Segundo bombeiros, deslizamento aconteceu enquanto vítima estava em um buraco onde estava sendo escavado um poço, com cerca de três metros de profundidade. Ele era caseiro da chácara. Homem era caseiro da chácara Divulgação/Corpo de Bombeiros Um homem de 49 anos morreu soterrado após um deslizamento de terra em uma chácara de Guarapuava, na região central do Paraná, nesta segunda-feira (14). De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele era caseiro do local. O deslizamento aconteceu enquanto a vítima estava em um buraco onde estava sendo escavado um poço, com cerca de três metros de profundidade. Conforme os bombeiros, a terra que havia sido retirada do local acabou deslizando. Para retirar a vítima, o Corpo de Bombeiros precisou utilizar uma máquina retroescavadeira e o material de escavação. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ir ao local e fazer tentativas de manobras para reverter a parada cardiorrespiratória durante 30 minutos, mas o homem não resistiu e morreu no local. O proprietário da chácara, segundo os bombeiros, passou mal após a morte do caseiro e precisou ser encaminhado a um hospital. Veja mais notícias da região em G1 Campos Gerais e Sul.

Segundo bombeiros, deslizamento aconteceu enquanto vítima estava em um buraco onde estava sendo escavado um poço, com cerca de três metros de profundidade. Ele era caseiro da chácara. Homem era caseiro da chácara Divulgação/Corpo de Bombeiros Um homem de 49 anos morreu soterrado após um deslizamento de terra em uma chácara de Guarapuava, na região central do Paraná, nesta segunda-feira (14). De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele era caseiro do local. O deslizamento aconteceu enquanto a vítima estava em um buraco onde estava sendo escavado um poço, com ce...

Leia mais



Covid-19: Câmara de Curitiba aprova em 1º turno projeto para que bares e casas de eventos atendam como restaurantes

Atual bandeira laranja não permite o funcionamento dos estabelecimentos; aprovada em 1ª votação nesta segunda-feira (14), proposta deve ainda passar por mais discussões na Casa. Lei deve permitir a reabertura de bares e casas de eventos como restaurantes A Câmara Municipal de Curitiba aprovou, nesta segunda-feira (14), em primeira discussão, um projeto de lei que permite que bares e casas de evento da cidade atendam temporariamente como restaurantes. Os estabelecimentos do setor, atualmente, estão impedidos de atender, devido às restrições da bandeira laranja de medidas contra o avanço da pandemia da Covid-19. A proposta foi aprovada por unanimidade em primeiro turno e deve voltar à discussão na Casa, para a segunda votação, na terça-feira (15). CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado MAPA DA VACINA: veja onde se vacinar em Curitiba no app Você na RPC VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas O texto analisado pelos parlamentares trata-se de um substitutivo geral que uniu três projetos que visam fornecer alvará temporário ou desburocratizar as atividades destes estabelecimentos, que estão fechados, para que possam servir bebidas e comidas, dentro dos protocolos exigidos. Câmara de Curitiba aprova em 1º turno projeto para que bares e casas de eventos atendam como restaurantes Reprodução/RPC Caso seja aprovada em segundo turno e terceiro turno, com redação final, a proposta será encaminhada para possível sanção do executivo municipal. Veja todas as medidas previstas no decreto atual Conforme as medidas da bandeira laranja, em Curitiba, estão com atividades suspensas as seguintes atividades: Casas de shows, circos, teatros, cinemas, museus e atividades correlatas; Casas de festas, de eventos ou recepções, incluídas aquelas com serviços de buffet, bem como parques infantis e temáticos; Estabelecimentos destinados a mostras comerciais, feiras de varejo, eventos técnicos, congressos, convenções, eventos esportivos com público externo, entre outros eventos de interesse profissional, técnico e/ou científico; Bares, tabacarias, casas noturnas e atividades correlatas. Enquanto, para os restaurantes a bandeira permite o funcionamento das 10h as 23h, em todos os dias da semana, com a entrada dos clientes até as 22h e encerramento do atendimento ao público até as 23h. É permitido aos restaurantes o consumo no local, inclusive na modalidade de atendimento de buffets em selfservice, sendo autorizado até as 23h nas modalidades delivery, drive thru e take away. Aos domingos, segundo o decreto, os restaurantes podem atender com consumo no local condicionado ao agendamento prévio e nas modalidades delivery, drive thru e retirada em balcão até as 23h. Proposta deve ainda passar por mais discussões na Câmara Municipal de Curitiba Divulgação/Rodrigo Fonseca/CMC Assista aos vídeos mais acessados do G1 PR Q Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Atual bandeira laranja não permite o funcionamento dos estabelecimentos; aprovada em 1ª votação nesta segunda-feira (14), proposta deve ainda passar por mais discussões na Casa. Lei deve permitir a reabertura de bares e casas de eventos como restaurantes A Câmara Municipal de Curitiba aprovou, nesta segunda-feira (14), em primeira discussão, um projeto de lei que permite que bares e casas de evento da cidade atendam temporariamente como restaurantes. Os estabelecimentos do setor, atualmente, estão impedidos de atender, devido às restrições da bandeira laranja de medidas contra o av...

Leia mais



Covid-19: Curitiba começa a vacinar profissionais do ensino superior a partir de 50 anos, na terça (15)

Segundo prefeitura, serão disponibilizadas 15.346 doses para o grupo. Aplicação acontecerá em 16 pontos na cidade, das 8h às 17h. Curitiba começa a vacinar profissionais do ensino superior a partir de 50 anos, na terça (15) Giuliano Gomes/PR PRESS A Prefeitura de Curitiba anunciou o começo da vacinação contra a Covid-19 para profissionais do ensino superior a partir de 50 anos completos, na terça-feira (15). Segundo a prefeitura, serão disponibilizadas 15.346 doses para o grupo. A aplicação acontecerá em 16 pontos de vacinação na cidade, das 8h às 17h, e poderá ser feita por professores e demais trabalhadores de instituições, públicas ou privadas. Veja a lista abaixo. Para receber o imunizante, é preciso apresentar uma declaração fornecida pela instituição de ensino e um documento que comprove o vínculo ativo com a universidade. A declaração fornecida pela instituição deve seguir o modelo disponibilizado pela Secretaria Municipal de Saúde, além de precisar ser assinada e carimbada pelo responsável que representa a instituição e que será previamente credenciado no Centro de Epidemiologia da SMS. Também é preciso levar documento com foto, CPF e uma caneta para preenchimento do formulário de vacinação. O avanço na faixa etária do grupo, ainda conforme a administração municipal, depende do envio de avaliação do estoque e do recebimento de novos lotes de vacinas. Pontos fixos de vacinação Das 8h às 17h US Ouvidor Pardinho, na Rua 24 de Maio, 807 - Praça Ouvidor Pardinho; Centro de Referência, esportes e atividade física, na Rua Augusto de Mari, 2.150 - Guaíra; US Salvador Allende, na Rua Celeste Tortato Gabardo, 1.712 - Sítio Cercado; US Parigot de Souza, na Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado; US Vila Diana, na Rua René Descartes, 537 – Abranches; Centro de Esporte e Lazer Avelino Vieira, na Rua Guilherme Ihlenfeldt, 233 – Bacacheri; US Jardim Paranaense, na Rua Pedro Nabosne, 57 - Alto Boqueirão; US Visitação, na Rua Dr. Bley Zornig, 3136 - Boqueirão; US Camargo, na Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru; US Uberaba, na Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba; Clube da Gente CIC, Rua Hilda Cadilhe de Oliveira; US Vila Feliz, Rua Pedro Gusso, 866 - Novo Mundo; US Aurora, na Rua Theofhilo Mansur, 500 – Novo Mundo; US Pinheiros, na Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 - Santa Felicidade; Rua da Cidadania do Tatuquara, na Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n; Rua da Cidadania do Fazendinha, na Rua Carlos Klemtz, 1.700. Veja mais notícias do estado em G1 Paraná.

Segundo prefeitura, serão disponibilizadas 15.346 doses para o grupo. Aplicação acontecerá em 16 pontos na cidade, das 8h às 17h. Curitiba começa a vacinar profissionais do ensino superior a partir de 50 anos, na terça (15) Giuliano Gomes/PR PRESS A Prefeitura de Curitiba anunciou o começo da vacinação contra a Covid-19 para profissionais do ensino superior a partir de 50 anos completos, na terça-feira (15). Segundo a prefeitura, serão disponibilizadas 15.346 doses para o grupo. A aplicação acontecerá em 16 pontos de vacinação na cidade, das 8h às 17...

Leia mais



Mulher que empurrava carro sem combustível morre ao ser atropelada por caminhão em Toledo, diz PM

Segundo a Polícia Militar (PM), o motorista que causou o atropelamento fugiu do local. Caminhão foi apreendido pouco tempo depois, estacionado em posto de combustível. Mulher empurrava o carro quando foi atingida por caminhão. PM/Colaboração Uma mulher de 29 anos morreu enquanto empurrava o carro sem combustível na PR-182, em Toledo, no oeste do Paraná. O acidente aconteceu na noite de domingo (13) e, segundo a Polícia Militar (PM), o motorista que causou o atropelamento fugiu do local. A PM contou que a mulher e o marido estavam em um carro que acabou o combustível. No momento em que tentava empurrar o veículo, ela foi atingida por um caminhão, que a atropelou e colidiu contra o carro. O motorista do caminhão fugiu do local, segundo a PM, deixando a vítima sem socorro. O resgate chegou a ser chamado pelo marido dela, mas quando os socorristas chegaram já era tarde. Ela morreu na hora. Carro ficou destruído após ser atingido por caminhoneiro, em Toledo. PM/Colaboração Pouco tempo após o acidente, policiais militares encontraram o caminhão estacionado no pátio de um posto de combustíveis. O veículo foi guinchado e encaminhado à 20ª Subdivisão Policial de Toledo. Segundo a PM, o condutor não estava no local, mas foi identificado. A Polícia Civil deve continuar as investigações e procurar pelo suspeito. VÍDEOS: Mais assistidos do G1 Paraná Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

Segundo a Polícia Militar (PM), o motorista que causou o atropelamento fugiu do local. Caminhão foi apreendido pouco tempo depois, estacionado em posto de combustível. Mulher empurrava o carro quando foi atingida por caminhão. PM/Colaboração Uma mulher de 29 anos morreu enquanto empurrava o carro sem combustível na PR-182, em Toledo, no oeste do Paraná. O acidente aconteceu na noite de domingo (13) e, segundo a Polícia Militar (PM), o motorista que causou o atropelamento fugiu do local. A PM contou que a mulher e o marido estavam em um carro que ...

Leia mais



Morre paciente com Covid-19 que fugiu de policlínica em Santa Helena, diz hospital

Vítima, de 34 anos, morreu nesta segunda (14), por complicações da doença. Ele apresentou piora no domingo (13) e precisou ser intubado, voltando para o hospital. Paciente que fugiu de hospital de Santa Helena morre vítima de Covid-19 Morreu, nesta segunda-feira (14), o paciente de Covid-19 que fugiu da Policlínica Santa Helena, no oeste do Paraná, de acordo com o hospital. Ele faleceu em decorrência de complicações da doença. Desde o dia em que o homem, de 34 anos, fugiu do hospital, ele estava em casa, sendo monitorado pela Vigilância em Saúde. Contudo, no domingo (13), ele apresentou piora no quadro. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi chamado, e a vítima intubada. Ele foi encaminhado, novamente, para o hospital, mas não resistiu. Morre paciente com Covid-19 que fugiu de policlínica em Santa Helena Breno Esaki/Agência Saúde DF Fuga do hospital A fuga do hospital aconteceu no dia 6 de junho. A enfermeira informou à polícia que o paciente disse que iria sair do quarto de internamento e andaria até o saguão para conversar com a esposa. Conforme a PM, a enfermeira contou que o paciente foi orientado a permanecer no quarto, mas ele não respeitou. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas A equipe de enfermagem foi atrás dele para tentar colocá-lo novamente no quarto, mas ele começou a correr, saiu da policlínica e entrou em um carro. A PM fez buscas na região, mas não o encontrou. A Secretaria Municipal da Saúde de Santa Helena informou que localizou a família e manteve contato, para garantir o cumprimento do isolamento do homem em casa. Veja mais notícias da região em G1 Oeste e Sudoeste.

Vítima, de 34 anos, morreu nesta segunda (14), por complicações da doença. Ele apresentou piora no domingo (13) e precisou ser intubado, voltando para o hospital. Paciente que fugiu de hospital de Santa Helena morre vítima de Covid-19 Morreu, nesta segunda-feira (14), o paciente de Covid-19 que fugiu da Policlínica Santa Helena, no oeste do Paraná, de acordo com o hospital. Ele faleceu em decorrência de complicações da doença. Desde o dia em que o homem, de 34 anos, fugiu do hospital, ele estava em casa, sendo monitorado pela Vigilância em Saúde. Contudo, no domingo (1...

Leia mais



Ex-dono de loja de produtos infantis em Curitiba é morto ao chegar em casa, em Matinhos, diz Polícia Civil

Crime ocorreu na noite de domingo (13). Esposa do empresário estava com ele e não se feriu. Polícia Civil não informou detalhes da investigação. Delegada fala de assassinato de empresário em Matinhos O empresário Maruan Majid, de 52 anos, ex-dono da Xiquita, loja de artigos infantis de Curitiba, foi morto em Matinhos, litoral do Paraná. O crime aconteceu na noite de domingo (13), e ele estava com a esposa, que não se feriu. Segundo a Polícia Civil, o casal chegava em casa, no Balneário Perequê, quando um homem armado surgiu. A delegada Sâmia Coser disse que os disparos atingiram diretamente o empresário. “O casal ainda estava com o carro aberto, sacolas nas mãos, quando o atirador surgiu. Disparou contra o homem, que morreu na hora. A mulher sobreviveu e chamou a Polícia Militar”. A Polícia Civil começou a investigar o crime e, segundo a delegada, uma linha de investigação é vista como a principal. A polícia não disse qual. “Temos uma linha de investigação. Isso não exclui as demais, mas não podemos passar muitos detalhes para não atrapalhar as investigações”, explicou Sâmia Coser. Crime é investigado pelos policiais da Delegacia de Matinhos. Arquivo/Arnaldo Alves/AEN/Divulgação Conforme a delegada, algumas testemunhas foram ouvidas, e a polícia deve colher informações com mais pessoas. “Aguardamos outras testemunhas e também algumas provas periciais, que só podem ser feitas após autorização judicial”. O corpo de Maruã Majid foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Paranaguá. A Xiquita, loja que ele foi dono, é especializada em moda e produtos infantis e tem pelo menos quatro lojas em Curitiba. VÍDEOS: Mais assistidos no G1 Paraná o Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Crime ocorreu na noite de domingo (13). Esposa do empresário estava com ele e não se feriu. Polícia Civil não informou detalhes da investigação. Delegada fala de assassinato de empresário em Matinhos O empresário Maruan Majid, de 52 anos, ex-dono da Xiquita, loja de artigos infantis de Curitiba, foi morto em Matinhos, litoral do Paraná. O crime aconteceu na noite de domingo (13), e ele estava com a esposa, que não se feriu. Segundo a Polícia Civil, o casal chegava em casa, no Balneário Perequê, quando um homem armado surgiu. A delegada Sâmia Coser disse que os disparos ati...

Leia mais



Covid-19: Prefeitura de Londrina prorroga suspensão das aulas presenciais na rede municipal e proibição de churrascos com mais de dez pessoas

Segundo o município, com 1.267 casos ativos da doença, esse é o pior momento desde o início da pandemia. Todos os leitos de UTIs específicos para Covid-19 do SUS estão ocupados e Unidade de Pronto Atendimento tem 54 pacientes internados com diagnóstico positivo para a doença. Londrina vive o pior momento da pandemia, segundo a prefeitura Aria Dias/AEN Estando no pior momento da pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, prorrogou a suspensão das aulas presenciais nas escolas e creches municipais até 30 de junho e também a proibição de realizar qualquer tipo de evento com mais de dez pessoas pelas próximas duas semanas. Boletim da Secretaria Municipal de Saúde, publicado no domingo (13), indicou que há 1.267 pessoas com o vírus ativo na cidade, ou seja, elas podem transmitir o vírus para outro moradores. É o maior número já registrado desde março de 2020. A taxa de positividade de casos também aumentou, é de 45%. Até domingo, 62.601 londrinenses foram contaminados pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Deste total, 59.763 estão recuperados e 1.571 morreram por complicações da doença. Na última semana, 100 pessoas contaminadas transmitiram o vírus para outras 117. Para a Secretaria de Saúde esse número mostra uma aceleração na pandemia. Outro dado alarmante e preocupante é a quantidade de leitos ocupados com pessoas com diagnóstico ou suspeita da doença. Até domingo, todos os 146 leitos de UTI para Covid-19 do Sistema Único de Saúde (SUS) estavam ocupados. A prefeitura ainda informou que não havia leitos de UTIs para Covid-19 nos demais hospitais da cidade, tanto públicos quanto privados. Na Unidade de Pronto Atendimento do Jardim Sabará, referência em atendimentos de Covid-19 em Londrina, 54 pacientes estavam internados, sendo oito entubados, porque não havia leitos disponíveis nas instituições hospitalares. No Paraná, 1.057 pessoas estão aguardando para serem internadas em leitos de Covid-19 no Paraná nesta segunda-feira (14). Na região de Londrina são 113 pessoas esperando para serem internadas. Decretos O prefeito Marcelo Belinatti (PP) descartou o fechamento do comércio ou de estabelecimentos comerciais para frear o avanço de novos casos no município. "As pessoas precisam trabalhar para poder comprar comida, pagar as contas da casa. No comércio e nos supermercados as pessoas usam máscara, passam álcool nas mãos. Em churrascos, confraternizações ou eventos ninguém fica de máscara, é aí que a contaminação acontece", disse o prefeito. Aulas municipais E sem uma redução de casos na cidade, a Secretaria Municipal de Educação descartou a volta com todos os alunos de forma presencial em escolas e creches. Após um acordo com a Justiça, a secretaria aumentou o número de crianças que serão atendidas de foram presencial por sala. A partir desta segunda-feira (14), cada sala receberá seis alunos por dia, assim, por semana, todos os alunos da sala serão atendidos presencialmente uma vez por semana. "Temos turmas com 30 alunos, se dividirmos os atendimentos por cinco dias por semana, precisamos ter seis alunos por dia em sala. Dessa forma, todas as atividades serão vistas pelos professores uma vez por semana, além de tirar dúvidas das crianças para elas conseguirem fazer as atividades de forma remota", explicou a secretária de Educação, Maria Teresa Paschoal. Não há previsão de quando as aulas presenciais serão retomadas integralmente na cidade. Atualmente, a rede municipal de ensino tem mais de 45 mil alunos e mais de 5 mil professores. Veja mais notícias da região no G1Norte e Noroeste.

Segundo o município, com 1.267 casos ativos da doença, esse é o pior momento desde o início da pandemia. Todos os leitos de UTIs específicos para Covid-19 do SUS estão ocupados e Unidade de Pronto Atendimento tem 54 pacientes internados com diagnóstico positivo para a doença. Londrina vive o pior momento da pandemia, segundo a prefeitura Aria Dias/AEN Estando no pior momento da pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, prorrogou a suspensão das aulas presenciais nas escolas e creches municipais até 30 de junho e também a proibição de re...

Leia mais



Após acidente, cadela entra em ambulância e aguarda por dono na porta do hospital, em Foz do Iguaçu

'Nina', como foi apelidada, está desde sábado (12) esperando pela alta do dono, que foi atropelado. Equipes do hospital se comoveram com a lealdade do animal. 'Nina' acompanhou dono dentro da ambulância Wellington Parise da Rosa/Arquivo pessoal Uma cadela embarcou em uma ambulância para acompanhar o socorro do dono dela, que foi atropelado em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Após a chegada ao hospital, o animal continuou à espera do tutor na porta da unidade de saúde. O acidente aconteceu no sábado, na BR-277. Segundo os bombeiros, a "Nina", como foi apelidada, ficou o tempo todo ao lado do dono, durante o atendimento. Por causa da insistência, os socorristas deixaram que ela entrasse na ambulância. "A gente decidiu levar junto, por conta da sensação humana e segurança do animal, que poderia ficar perdido ou correr atrás da ambulância, o que poderia gerar outro acidente", explicou o Tenente Jessé Marcelo Winck. A Nina se comportou durante todo o trajeto até o hospital, segundo os bombeiros. Até a manhã desta segunda-feira (14), a cadela aguardava pela alta do dono, que continua internado. Comovidos com a lealdade do animal, profissionais de saúde do hospital resolveram preparar um espaço e alimentar a cadela, enquanto espera pelo dono. O técnico em enfermagem Raynner Pereira disse que resolveu chamar a cadela temporariamente de "Nina", já que ainda não sabem o verdadeiro nome dela. "Ela ficou chorando lá, latindo. Comoveu o carinho que ela teve, procurando um modo de estar perto do paciente. A bichinha é fiel, é carinhosa", contou. Equipes cuidam de 'Nina' enquanto dono se recupera Zito Terres/RPC VÍDEOS: Paraná Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.

'Nina', como foi apelidada, está desde sábado (12) esperando pela alta do dono, que foi atropelado. Equipes do hospital se comoveram com a lealdade do animal. 'Nina' acompanhou dono dentro da ambulância Wellington Parise da Rosa/Arquivo pessoal Uma cadela embarcou em uma ambulância para acompanhar o socorro do dono dela, que foi atropelado em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Após a chegada ao hospital, o animal continuou à espera do tutor na porta da unidade de saúde. O acidente aconteceu no sábado, na BR-277. Segundo os bombeiros, a "Nina", como foi apelidada, ficou o tempo todo ao lado do...

Leia mais



UPA Santa Paula aluga usina para produção própria de oxigênio, em Ponta Grossa

Segundo prefeitura, aquisição acarretará em economia de 67,17% com gastos nas compras de cilindros. UPA do Núcleo Santa Paula, em Ponta Grossa, aluga usina para produção de oxigênio A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santa Paula, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, alugou uma usina elétrica de oxigênio para iniciar a própria produção do insumo. A instalação da nova estrutura começou nesta segunda-feira (14), com previsão de começo do funcionamento integral até o fim desta semana. O contrato de aluguel da usina é de seis meses, com custo mensal de manutenção de R$ 65 mil. Segundo a prefeitura, o valor representa uma de 67,17% ao mês com gastos nas compras de cilindros. Segundo prefeitura, custo mensal com aquisição de oxigênio caíra 67% Divulgação/Prefeitura de Ponta Grossa Conforme balanço disponibilizado pela Fundação Municipal de Saúde, o consumo de oxigênio da UPA Santa Paula chegou a cerca de R$ 190 mil no mês durante a pandemia. A unidade atende exclusivamente casos graves e moderados da Covid-19. Pacientes com Covid-19 são transferidos de UPA de Ponta Grossa após problema em compressor de oxigênio Para a montagem da usina, a UPA passou por mudanças, entre elas o reforço na rede elétrica da unidade. O secretário de saúde do município, Rodrigo Manjabosco, o objetivo da prefeitura é ter uma usina própria para funcionar, também, na distribuição de oxigênio para as demais estruturas de saúde municipais. Instalação começou nesta segunda-feira (14), em Ponta Grossa Fábio Ângelo/RPC Atendimento restrito A Unidade de Pronto Atendimento do Santa Paula, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, restringiu o atendimento a pacientes na unidade após atingir superlotação de leitos. Além disso, conforme a direção da UPA, o tempo de espera de quem busca atendimento está acima do regulamentado. Por conta da situação, a direção da unidade colocou um comunicado na porta do local informando mudanças. Conforme plano de contingência, a unidade está priorizando o atendimento de pacientes que apresentam sintomas respiratórios moderados e graves. Em casos leves, as pessoas são encaminhadas para as Unidades Básicas de Saúde (UBS) exclusivas para Covid-19. São elas: UBS Rômulo Pazzinato, no Nova Rússia; UBS Luiz Conrado Mansani, no Uvaranas; UBS Cyro de Lima, no Oficinas; UBS Egon Roskamp, no Santa Paula. Veja mais notícias da região em G1 Campos Gerais e Sul.

Segundo prefeitura, aquisição acarretará em economia de 67,17% com gastos nas compras de cilindros. UPA do Núcleo Santa Paula, em Ponta Grossa, aluga usina para produção de oxigênio A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Santa Paula, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, alugou uma usina elétrica de oxigênio para iniciar a própria produção do insumo. A instalação da nova estrutura começou nesta segunda-feira (14), com previsão de começo do funcionamento integral até o fim desta semana. O contrato de aluguel da usina é de seis meses, com custo mensal de manutenção d...

Leia mais



Motorista de aplicativo é esfaqueado após assalto em Araucária, diz PM

Roubo ocorreu na noite de domingo (13), depois que os dois homens embarcaram no carro com destino a área rural de Araucária. Motorista conseguiu escapar correndo por matagal. Motorista foi esfaqueado em assalto em Araucária. Pixabay/Ilustrativa Um motorista de aplicativo foi assaltado e esfaqueado na noite de domingo (13) em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo a Polícia Militar (PM), o carro dele foi levado, mas os suspeitos abandonaram o veículo pouco tempo após o crime. O roubo ocorreu por volta das 22h, depois que dois homens embarcaram no carro com destino a área rural de Araucária. No caminho, renderam o motorista e anunciaram o assalto. Quando chegaram na Avenida Independência, o motorista entrou em luta corporal com os homens, segundo a PM. Os suspeitos o esfaquearam cinco vezes, mas ele conseguiu parar o carro e escapou correndo por um matagal. A dupla fugiu do local levando dinheiro e o carro do motorista. O veículo, conforme a PM, foi abandonado na PR-423. Ferido, o motorista pediu ajuda para familiares, que acionaram a PM e também o socorro. O homem foi atendido pelo Siate e encaminhado ao hospital. O estado de saúde dele não foi informado. O G1 procurou a Polícia Civil para saber detalhes das investigações. Até a publicação da reportagem, não houve retorno. VÍDEOS: Mais assistidos no G1 Paraná o Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Roubo ocorreu na noite de domingo (13), depois que os dois homens embarcaram no carro com destino a área rural de Araucária. Motorista conseguiu escapar correndo por matagal. Motorista foi esfaqueado em assalto em Araucária. Pixabay/Ilustrativa Um motorista de aplicativo foi assaltado e esfaqueado na noite de domingo (13) em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo a Polícia Militar (PM), o carro dele foi levado, mas os suspeitos abandonaram o veículo pouco tempo após o crime. O roubo ocorreu por volta das 22h, depois que dois homens embarcara...

Leia mais



Quer visitar a Adega Vila Santa em Portugal?

Recentemente, a vinícola João Portugal Ramos voltou a abrir as portas da Adega Vila Santa aos seus visitantes, presencialmente. Mas como nem todos retornaram “ao normal”, com uma agenda de viagens turísticas, os visitantes podem agora conhecer a adega através de uma ferramenta de realidade aumentada. Para nós, brasileiros, uma ótima oportunidade de ter uma experiência virtual completa por vinhedos e vinícola. Disponível 24 horas por dia e 365 dias por ano, esta ferramenta lúdica é uma oportunidade permanente de visita a todos os espaços, às curiosidades e aos encantos da Adega Vila Santa, em Estremoz, sudeste de Portugal. É possível passear pela adega, visualizar os vinhedos, as salas de provas, conhecer os lagares e também onde acontece a vinificação dos vinhos, além das caves onde estão as barricas de carvalho que promovem o amadurecimento das bebidas. Para os que podem conhecer pessoalmente toda a obra de João Portugal Ramos, e descobrir a razão da sua paixão pelo Alentejo, a vinícola oferece algumas possibilidades como prova de vinhos; almoços; e experiências personalizadas como participar de vindimas, pisar as uvas em lagares de mármore, ter aulas de culinária e ainda ser enólogo (ou seja, fazer seu próprio vinho!) por um dia. Para informações, acesse o site João Portugal Ramos. "BEBA COM MODERAÇÃO"

Recentemente, a vinícola João Portugal Ramos voltou a abrir as portas da Adega Vila Santa aos seus visitantes, presencialmente. Mas como nem todos retornaram “ao normal”, com uma agenda de viagens turísticas, os visitantes podem agora conhecer a adega através de uma ferramenta de realidade aumentada. Para nós, brasileiros, uma ótima oportunidade de ter uma experiência virtual completa por vinhedos e vinícola. Disponível 24 horas por dia e 365 dias por ano, esta ferramenta lúdica é uma oportunidade permanente de visita a todos os espaços, às curiosidades e aos encantos da Adega...

Leia mais



Operação que investiga suposto esquema de agiotagem comandado de dentro da cadeia prende duas pessoas, no Paraná

Chefe do grupo criminoso, que também era alvo de um mandado de prisão, está detido na Penitenciária Estadual de Londrina. Mãe e companheira do investigado também foram presas. Esquema era comandado da Penitenciária Estadual de Londrina I (PEL I), segundo o MP-PR Fábio Silveira/RPC Duas pessoas foram presas em uma operação do Ministério Público do Paraná (MP-PR) que investiga um suposto esquema de agiotagem que é comandado da Penitenciária Estadual de Londrina, no norte do estado. Mandados foram cumpridos na manhã desta segunda-feira (14). Segundo o MP-PR, três mandados de prisão e quatro de busca e apreensão foram cumpridos em Londrina e Cornélio Procópio, também no norte do estado. Um dos investigados com mandado de prisão já se encontrava detido. O órgão informou que prendeu a mãe e a companheira do chefe do grupo criminoso, que está preso em Londrina. As investigações apontam que o grupo fazia empréstimos ilícitos de dinheiro para moradores de Cornélio Procópio. Pessoas envolvidas com outros crimes se beneficiavam do esquema. A promotoria apurou que a mãe e a companheira do chefe do grupo eram responsáveis por avalizar as pessoas que receberiam o dinheiro do empréstimo. O MP-PR investiga ainda crimes de lavagem de dinheiro e organização criminosa. A Justiça também determinou o sequestro de um imóvel onde está sendo construída uma residência. Segundo o MP-PR, a obra é financiada com o dinheiro do esquema. Uma conta bancária, onde os valores eram depositados, também foi bloqueada. VÍDEOS: Paraná Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Chefe do grupo criminoso, que também era alvo de um mandado de prisão, está detido na Penitenciária Estadual de Londrina. Mãe e companheira do investigado também foram presas. Esquema era comandado da Penitenciária Estadual de Londrina I (PEL I), segundo o MP-PR Fábio Silveira/RPC Duas pessoas foram presas em uma operação do Ministério Público do Paraná (MP-PR) que investiga um suposto esquema de agiotagem que é comandado da Penitenciária Estadual de Londrina, no norte do estado. Mandados foram cumpridos na manhã desta segunda-feira (14). Segundo o MP-P...

Leia mais



Motorista fica gravemente ferida após colidir carro contra caminhão na PR-423, em Campo Largo

Mulher foi socorrida com apoio do médico do Samu. Motorista do caminhão, que transportava alimentos, não se feriu. Veículos ficaram destruídos. Motorista fica gravemente ferida em acidente na PR-423 Uma motorista ficou gravemente ferida após um acidente na PR-423, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na manhã desta segunda-feira (14). A colisão envolveu um carro e um caminhão. A Polícia Militar (PM) informou que os dois veículos bateram de frente. Com o impacto, o carro em que a mulher estava rodou na pista e parou alguns metros a frente. Segundo o Corpo de Bombeiros, a motorista precisou ser socorrida com o apoio do médico do Samu. Ela foi encaminhada ao Hospital Evangélico, em Curitiba. Motorista ficou gravemente ferida, segundo bombeiros. Colaboração O motorista do caminhão, que transportava alimentos, não se feriu. O veículo teve a frente parcialmente destruída. Por causa do acidente, a PR-423 teve interdições, mas o fluxo de veículos foi normalizado até por volta das 10h. Caminhoneiro não se machucou. Colaboração A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) esteve no local e registrou boletim de ocorrência da colisão. VÍDEOS: Mais assistidos no G1 Paraná Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Mulher foi socorrida com apoio do médico do Samu. Motorista do caminhão, que transportava alimentos, não se feriu. Veículos ficaram destruídos. Motorista fica gravemente ferida em acidente na PR-423 Uma motorista ficou gravemente ferida após um acidente na PR-423, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na manhã desta segunda-feira (14). A colisão envolveu um carro e um caminhão. A Polícia Militar (PM) informou que os dois veículos bateram de frente. Com o impacto, o carro em que a mulher estava rodou na pista e parou alguns metros a frente....

Leia mais



Covid-19: Guarapuava prorroga bandeira laranja e mantém funcionamento de comércio

Toque de recolher permanece entre 22h e 6h no município; veja as medidas restritivas. Guarapuava prorroga bandeira laranja e mantém funcionamento de comércio Divulgação/Prefeitura de Guarapuava A Prefeitura de Guarapuava, na região central do Paraná, prorrogou a bandeira laranja para determinar as medidas de restrição no combate à Covid-19. O anúncio aconteceu no domingo (13). Segundo a prefeitura, o município passa por um momento de estabilidade "com indicação de queda nos índices que compõe os parâmetros da matriz e avaliam a capacidade de atendimento de pacientes com Covid-19 pelo sistema de saúde". Com isso, a permissão para funcionamento dos serviços não essenciais não sofre alterações. Comércio de rua, por exemplo, pode abrir de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados das 8h às 18h, com capacidade máxima de ocupação de 25%. O toque de recolher permanece entre 22h e 6h. As medidas ficam em vigor até domingo (20), quando a prefeitura determina a bandeira que irá vigorar na cidade. Entenda como funciona o sistema de bandeiras em Guarapuava Bandeira Laranja em Guarapuava Com a bandeira laranja, o transporte coletivo funciona com limite de ocupação de 50%, diariamente, das 6h às 22h. Veja o que pode funcionar na cidade: Comércio em geral: ocupação máxima de 25%. Aberto de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h. Sábados das 8h às 18h, mas com limitações de capacidade dos locais. Domingos somente delivery, sem restrição de horário; Shoppings, galerias e centros comerciais: ocupação máxima de 50%, com funcionamento autorizado de segunda a sábado das 10h às 22h; Mercearias, minimercados, mercados, hipermercados e supermercados: ocupação máxima de 50%. Aberto de segunda à sábado, das 8h às 20h. Domingos somente delivery, sem restrição de horário. Panificadoras: ocupação máxima de 50%. Aberto de segunda à sábado, das 6h às 20h. Domingos somente delivery, sem restrição de horário; Restaurantes: ocupação máxima de 50%, com limite de 8 pessoas por mesa. Aberto de segunda à sábado, das 10h às 22h. Domingos somente delivery, sem restrição de horário. Igrejas: ocupação máxima de 25%, limitado a 50 participantes - sem contar pessoas necessárias para realização do culto ou missa. Funcionamento autorizados todos os dias, das 7h às 21h; Clínicas de estética, salões e barbearias podem abrir, mas apenas com agendamento. Academias: ocupação máxima de 25%, limitada a 30 alunos - tirando profissionais do local. Obrigatório agendamento prévio, apenas para atividades individuais, e funcionamento permitido de segunda a sábado das 6h às 22h; Quadras poliesportivas e equipamentos esportivos públicos em geral (parques, praças e afins) só podem ser usados para a prática individual. Atividades proibidas: Casas noturnas (baladas, salões de bailes e atividades correlatas); Espaços kids, casas de festas, de eventos ou recepções, bem como parques infantis e temáticos; Cinema; Salões de festas e churrasqueias de condomínios; Estabelecimentos destinados a mostras comerciais, feiras de varejo, eventos técnicos, congressos, convenções, assembleias, entre outros eventos de interesse profissional, técnico e/ou científico. O decreto também prevê a aplicação de multas para quem descumprir as medidas, indo de R$ 250 para quem não estiver usando máscara em local aberto, até R$ 30 mil reais para o proprietário, locatário ou cedente do espaço onde estiver sendo realizado eventos não autorizados. Em caso de reincidência, o valor é aplicado em dobro. Todos os valores oriundos do pagamento das multas são destinados exclusivamente ao combate à pandemia. Veja mais notícias da região em G1 Campos Gerais e Sul.

Toque de recolher permanece entre 22h e 6h no município; veja as medidas restritivas. Guarapuava prorroga bandeira laranja e mantém funcionamento de comércio Divulgação/Prefeitura de Guarapuava A Prefeitura de Guarapuava, na região central do Paraná, prorrogou a bandeira laranja para determinar as medidas de restrição no combate à Covid-19. O anúncio aconteceu no domingo (13). Segundo a prefeitura, o município passa por um momento de estabilidade "com indicação de queda nos índices que compõe os parâmetros da matriz e avaliam a capacidade de atendimento de ...

Leia mais



Rotina de prevenção diminui riscos de doenças oftalmológicas

Doenças comuns como a conjuntivite podem ser prevenidas com cuidados básicos. Consulta oftalmológica deve ser realizada anualmente O último levantamento sobre saúde oftalmológica no Brasil, realizado em 2020 pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), revela um dado preocupante: a queda no número de atendimentos desde o início da pandemia. Segundo a pesquisa, foram 2,5 milhões de consultas de janeiro a maio daquele ano contra 3,9 milhões em 2019, mostrando que é possível ampliar os cuidados com os olhos. O Dr. Ricardo Faraco Martinez Cebrian (CRM 24846|RQE 1911), médico oftalmologista da Médicos de Olhos S.A, conta que o ideal é fazer no mínimo uma consulta por ano: “Exceto aquelas pessoas que não usam óculos, que têm uma visão boa, o restante dos brasileiros frequenta pouco o consultório”, observa. Há várias doenças que afetam a visão dos pacientes e podem ser prevenidas com acompanhamento regular do oftalmologista. A mais comum é a conjuntivite, inflamação da membrana que reveste a parte branca dos olhos: “Ela pode ser do tipo infecciosa ou viral, a questão é que é uma doença muito fácil de prevenir, basta não colocar as mãos nos olhos”, diz o Dr. Ricardo. Só que muita gente chega ao consultório já contaminada, com os desconfortos típicos da doença, como dor, coceira, irritação e vermelhidão. “Especialmente no inverno, quando passamos mais tempo em ambientes fechados, a contaminação é maior. O ar-condicionado também é prejudicial: ele resseca a membrana ocular, as pessoas passam a esfregar mais os olhos”, completa o especialista. Falta de prevenção pode levar à cegueira Alguns grupos de pacientes precisam dedicar mais atenção à saúde dos olhos. É o caso dos diabéticos e o Dr. Ricardo explica o porquê: “A retinopatia diabética é a doença mais comum de fundo de olho. Ela afeta a retina, podendo levar à cegueira e a maioria das pessoas a desenvolve por não fazer o controle adequado da glicemia”, alerta. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), a retinopatia diabética é a principal causa de perda de visão em pessoas entre 20 e 74 anos. Outro dado, extraído de uma pesquisa do Ibope, também preocupa: 54% dos portadores de diabetes desconhecem como a doença pode afetar os olhos. Mais uma vez, a prevenção é o melhor caminho: “o problema da retinopatia é que chega a um determinado ponto em que a retina está tão afetada que não tem muito o que fazer. O fundamental é controlar a própria diabetes”, completa o oftalmologista da Médicos de Olhos S.A, Dr. Ricardo. Dr. Ricardo Faraco Martinez Cebrian, Oftalmologista do Médicos de Olhos S.A Médicos de Olhos S.A Cuidados com os olhos no dia a dia A mudança de hábitos na rotina ajuda a prevenir diversas doenças oculares, não somente as infecciosas. Com a pandemia da covid-19, a higienização adequada das mãos, que sempre foi necessária, deve ser reforçada: “É importante não levar as mãos aos olhos, há inúmeras bactérias e vírus transmitidos pelo contato. A consulta periódica é outro cuidado importante, nós medimos o grau da pessoa, a pressão do olho e realizamos uma série de análises pensando em outras patologias”, diz o Dr. Ricardo. Veja outros cuidados preventivos indicados pelo oftalmologista da Médicos de Olhos S.A: Utilizar proteção contra radiação ultravioleta, usando os óculos escuros não só em dias de sol. A radiação também está presente em dias nublados; Evitar uso de colírios não prescrito por médicos oftalmologistas. Alguns colírios utilizados para lavar os olhos podem irritar a superfície ocular; Não fazer uso de óculos de outras pessoas e não usar óculos prontos, comumente vendidos em farmácias. Dr. Ricardo Cebrian - Rotina de prevenção diminui riscos de doenças oftalmológicas Diretor Técnico: Dr. Hamilton Moreira - CRM 9388 / RQE 2872

Doenças comuns como a conjuntivite podem ser prevenidas com cuidados básicos. Consulta oftalmológica deve ser realizada anualmente O último levantamento sobre saúde oftalmológica no Brasil, realizado em 2020 pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), revela um dado preocupante: a queda no número de atendimentos desde o início da pandemia. Segundo a pesquisa, foram 2,5 milhões de consultas de janeiro a maio daquele ano contra 3,9 milhões em 2019, mostrando que é possível ampliar os cuidados com os olhos. O Dr. Ricardo Faraco Martinez C...

Leia mais



Câmeras registram acidente que deixou motoboy gravemente ferido em Curitiba; motorista fugiu do local

Colisão aconteceu na madrugada de sábado (12). Motorista fugiu do local e até esta segunda-feira (14) não se apresentou à polícia. Motociclista teve várias fraturas e não tem previsão de alta, conforme a esposa. Motociclista fica gravemente ferido ao ser atingido por carro em Curitiba Um motoboy ficou gravemente ferido em um acidente no Rebouças, em Curitiba. A colisão aconteceu na madrugada de sábado (12), e o motorista, que fugiu do local, ainda não se apresentou à polícia. O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Sete de Setembro com a Rua Nunes Machado. Câmeras de segurança registraram a colisão de vários ângulos e mostram que o motorista passou pela canaleta no trecho em que não é permitido o cruzamento. Veja o vídeo acima. Após atingir o motociclista, que é arremessado, o veículo saiu em alta velocidade. O motoboy Mozart Martins, de 32 anos, estava a caminho da última entrega da noite e ficou gravemente ferido. O homem foi encaminhado ao Hospital Cajuru, onde passou por cirurgias. Segundo a esposa do motoboy, Franciele Bilinoski, ele teve muitas fraturas. “Ele tem o pé esquerdo quebrado, tem três fraturas no fêmur, duas fraturas no cotovelo, as duas clavículas fraturadas, a escapula esquerda quebrada, o osso externo quebrado e duas lesões na coluna”, disse. Motoboy ficou gravemente ferido e motorista fugiu do local. Reproducão/Câmera de Segurança Conforme o hospital, ainda não há previsão de alta. Os médicos disseram à esposa do motoboy que pode ser aproximadamente 20 dias de internação. “A pessoa que sai à noite para cometer uma situação dessa, falta muita humanidade, é uma monstruosidade. Não tenho nem como classificar. Era a última entrega do dia, a poucos metros do endereço ele foi atingido”, desabafou Franciele. A Delegacia de Delitos de Trânsito investiga o acidente e procura pelo motorista envolvido. "Até agora ninguém se apresentou e a gente fica no aguardo. Também estamos atrás de tentar localizar o motorista", disse o delegado Leonardo Carneiro Bueno. A polícia disse que tem informações sobre quem poderia ser o motorista, mas não quis passar detalhes para não atrapalhar. Motociclista fica gravemente ferido depois de ser atingido por motorista de carro 1xVelocidade de reprodução0.5xNormal1.2x1.5x2x VÍDEOS: Mais assistidos no G1 Paraná o Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Colisão aconteceu na madrugada de sábado (12). Motorista fugiu do local e até esta segunda-feira (14) não se apresentou à polícia. Motociclista teve várias fraturas e não tem previsão de alta, conforme a esposa. Motociclista fica gravemente ferido ao ser atingido por carro em Curitiba Um motoboy ficou gravemente ferido em um acidente no Rebouças, em Curitiba. A colisão aconteceu na madrugada de sábado (12), e o motorista, que fugiu do local, ainda não se apresentou à polícia. O acidente aconteceu no cruzamento da Avenida Sete de Setembro com a Rua Nunes Mac...

Leia mais



VÍDEOS: Bom Dia Paraná de segunda-feira, 14 de junho

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná.

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. ...

Leia mais



Área rural de Araucária ganhará bicicletário em breve

A estrutura no Distrito de Guajuvira terá cerca de 30 bicicletas que poderão ser emprestadas gratuitamente por até 3h para passeio na região O Distrito de Guajuvira, área rural de Araucária, receberá muito em breve um bicicletário, seguindo a ideia do já instalado no Parque Cachoeira, localizado próximo ao centro do município. Mas, antes disso, para verificar a viabilidade e aceitação do público, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), realizou nos últimos dias um teste no local. “Montamos um local para apoio aos ciclistas que estavam passando pela localidade, distribuímos frutas e água. Funcionou como parte do nosso planejamento para inserção desse novo bicicletário”, explicaram os responsáveis da SMMA pelo projeto. A estrutura em Guajuvira oferecerá 30 bikes para empréstimo gratuito, após cadastro realizado na hora. O interessado pode passear pela região por até 3 horas e depois deve devolvê-la no bicicletário, o qual funcionará diariamente. PARQUE CACHOEIRA O bicicletário do Parque Cachoeira foi instalado em 2019 e desde então atrai grande público interessado em utilizar as bicicletas fornecidas pela Prefeitura. São 30 bicicletas disponíveis para adultos e 20 para crianças (até 12 anos). No momento, o bicicletário está fechado devido à pandemia, mas normalmente funciona todos os dias da semana. Para emprestar uma das bicicletas é preciso levar um documento de identificação com foto. O empréstimo para crianças é realizado somente com a presença de um adulto responsável. Pelas regras, o usuário tem o tempo de uma hora para passear pelo parque. Esse tempo pode ser ampliado apenas se não houver mais pessoas aguardando para utilizar a bicicleta. O bicicletário do Parque Cachoeira conta com bikes para adultos e crianças Carlos Poly

A estrutura no Distrito de Guajuvira terá cerca de 30 bicicletas que poderão ser emprestadas gratuitamente por até 3h para passeio na região O Distrito de Guajuvira, área rural de Araucária, receberá muito em breve um bicicletário, seguindo a ideia do já instalado no Parque Cachoeira, localizado próximo ao centro do município. Mas, antes disso, para verificar a viabilidade e aceitação do público, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), realizou nos últimos dias um teste no local. “Montamos um local para apoio aos ciclistas que estavam passando pela localida...

Leia mais



Prefeitura lança PetLar Solidário e incentiva adoção responsável

Política de Bem-Estar Animal de Maringá promove cuidados e valorização da vida de animais A Prefeitura de Maringá lançou o programa ‘PetLar Solidário’ da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal. O objetivo é que as pessoas ofereçam lar temporário, de forma voluntária, aos animais resgatados vítimas de maus-tratos ou abandonados até que sejam oficialmente adotados. Em contrapartida, a Prefeitura de Maringá vai oferecer suporte com vacina, ração, atendimento veterinário e vagas nas feiras de adoção. Para se inscrever basta clicar neste link, responder algumas perguntas e anexar os documentos solicitados. A diretoria irá selecionar um bichinho que mais combina com seu perfil. Este é mais um projeto da gestão para a defesa da causa animal. A ação integra a política de cuidados e valoriza a vida de animais resgatados, vítimas de maus-tratos ou que foram abandonados. Maus-tratos é crime Lei sancionada em 2017 em Maringá reconhece crime por tutores que praticam maus-tratos contra seus animais. A autuação inicial é de R$2 mil por animal e R$ 10 mil caso tenha óbito. Maria Marta, protetora independente, foi a primeira voluntária do programa PetLar. Ela vai garantir um lar temporário para a cachorrinha Lara, de 6 meses, que perdeu uma das patinhas quando foi atropelada. “As pessoas precisam entender a importância da guarda responsável. Eu batalho diariamente para encontrar lar para os bichinhos. O coração fica aquecido com um projeto desse”, afirmou. Ozório Matsuda e Elizabeth Gralik, protetores individuais, também serão voluntários e garantiram lares temporários para a gatinha Maya e o cachorrinho Eros.

Política de Bem-Estar Animal de Maringá promove cuidados e valorização da vida de animais A Prefeitura de Maringá lançou o programa ‘PetLar Solidário’ da Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal. O objetivo é que as pessoas ofereçam lar temporário, de forma voluntária, aos animais resgatados vítimas de maus-tratos ou abandonados até que sejam oficialmente adotados. Em contrapartida, a Prefeitura de Maringá vai oferecer suporte com vacina, ração, atendimento veterinário e vagas nas feiras de adoção. Para se inscrever basta clicar neste link, responder algumas per...

Leia mais



Quatro pessoas ficam feridas em batida entre carro e caminhão na PR-170, em Guarapuava

Acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (14). Bombeiros acreditam que motorista do carro bateu na traseira do caminhão por causa da falta de visibilidade, no trecho. Carro bateu na traseira de um caminhão, na PR-170, segundo os bombeiros Lucas Henning/RPC Guarapuava Quatro pessoas ficaram feridas em uma batida entre um carro e um caminhão na PR-170, em Guarapuava, na região central do Paraná. O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (14), segundo o Corpo de Bombeiros. A batida foi registrada por volta das 7h, próximo à ponte sobre o Rio Jordão. De acordo com os bombeiros, o carro bateu contra a traseira do caminhão, em um trecho de terceira pista e subida. Os bombeiros acreditam que o acidente tenha sido motivado pela falta de visibilidade. As quatro vítimas, dois homens e duas mulheres, estavam no carro. Conforme os bombeiros, todos estavam indo para o trabalho. Nenhum deles ficou gravemente ferido. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e auxiliou no socorro às vítimas. O motorista do caminhão não ficou ferido. VÍDEOS: Paraná Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.

Acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (14). Bombeiros acreditam que motorista do carro bateu na traseira do caminhão por causa da falta de visibilidade, no trecho. Carro bateu na traseira de um caminhão, na PR-170, segundo os bombeiros Lucas Henning/RPC Guarapuava Quatro pessoas ficaram feridas em uma batida entre um carro e um caminhão na PR-170, em Guarapuava, na região central do Paraná. O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (14), segundo o Corpo de Bombeiros. A batida foi registrada por volta das 7h, próximo à ponte sobre o Rio Jordã...

Leia mais