Boca Aberta (PROS) e vereador Amauri Cardoso (PSDB) brigaram em uma avenida da cidade, no sábado (23); deputado saiu do Hospital do Coração na noite deste domingo (24). Deputado federal e vereador brigaram em Londrina O deputado federal Emerson Petriv (PROS), o Boca Aberta, recebeu alta e deixou o hospital na noite deste domingo (24). Ele estava internado desde sábado (23), após se ferir em uma briga com o vereador Amauri Cardoso (PSDB), em Londrina, no norte do Paraná. Segundo boletim do Hospital do Coração, o deputado não passou por procedimento cirúrgico. Ele fará acompanhamento ambulatorial para tratamento da lesão e, conforme o hospital, pode ser submetido a cirurgia, dependendo do quadro de evolução. Boca Aberta saiu do hospital na noite deste domingo (24) Ademir dos Santos/RPC Londrina Confusão A confusão foi registrada quando os dois estavam do lado de fora de uma universidade particular, na Avenida Juscelino Kubitscheck, onde ocorria a 14ª Conferência Municipal de Saúde de Londrina. Assessores filmaram a briga. As imagens mostram o momento em que o vereador dá um soco no rosto do deputado. Assista ao vídeo acima. Em seguida, Boca Aberta e Amauri continuam discutindo. Quando o vereador tenta entrar no carro para ir embora, Boca Aberta o agarra, e a confusão começa de novo. O vereador disse que também foi agredido pelo deputado. Os dois informaram que registraram Boletim de Ocorrência (B.O.) relatando as agressões. Vereador Amauri Cardoso (PSDB) e deputado federal Boca Aberta (PROS) brigaram no Centro de Londrina Arquivo pessoal e divulgação Repercussão Neste domingo, ao sair do hospital, Boca Aberta disse que vai entrar com pedido de cassação contra Amauri Cardoso na Câmara de Londrina, por quebra do decoro parlamentar. Ele afirmou ainda que vai pedir para que a Justiça Federal em Londrina decrete a prisão do vereador, por causa das lesões corporais e afirmou que Amauri usou uma arma branca na agressão contra ele (um soco inglês, segundo o deputado). Boca Aberta ainda disse que o caso deve ser investigado pela Polícia Federal, alegando que, na data da confusão, estava cumprindo uma agenda oficial e ressaltando que foi agredido no exercício do mandato parlamentar. Ainda nos sábado, dia da confusão, Amauri convocou uma coletiva de imprensa na Câmara de Londrina. Ele afirmou que que se sentiu acuado e que reagiu. Segundo o vereador, durante o evento que antecedeu a briga, ele falou sobre a necessidade de respeito aos profissionais de saúde, e sugeriu que fosse lida uma moção de repúdio da Associação Médica, que cita a conduta de Boca Aberta. O vereador disse que foi cercado pelo deputado na saída do local, mas que tentou evitar a confusão. Cardoso também afirmou que Boca Aberta o atacou com agressões verbais antes da briga. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Após ferimentos por briga com vereador, deputado federal deixa o hospital em Londrina

Boca Aberta (PROS) e vereador Amauri Cardoso (PSDB) brigaram em uma avenida da cidade, no sábado (23); deputado saiu do Hospital do Coração na noite deste domingo (24). Deputado federal e vereador brigaram em Londrina O deputado federal Emerson Petriv (PROS), o Boca Aberta, recebeu alta e deixou o hospital na noite deste domingo (24). Ele estava internado desde sábado (23), após se ferir em uma briga com o vereador Amauri Cardoso (PSDB), em Londrina, no norte do Paraná. Segundo boletim do Hospital do Coração, o deputado não passou por procedimento cirúrgico. Ele fará acompanhamento ambulatorial para tratamento da lesão e, conforme o hospital, pode ser submetido a cirurgia, dependendo do quadro de evolução. Boca Aberta saiu do hospital na noite deste domingo (24) Ademir dos Santos/RPC Londrina Confusão A confusão foi registrada quando os dois estavam do lado de fora de uma universidade particular, na Avenida Juscelino Kubitscheck, onde ocorria a 14ª Conferência Municipal de Saúde de Londrina. Assessores filmaram a briga. As imagens mostram o momento em que o vereador dá um soco no rosto do deputado. Assista ao vídeo acima. Em seguida, Boca Aberta e Amauri continuam discutindo. Quando o vereador tenta entrar no carro para ir embora, Boca Aberta o agarra, e a confusão começa de novo. O vereador disse que também foi agredido pelo deputado. Os dois informaram que registraram Boletim de Ocorrência (B.O.) relatando as agressões. Vereador Amauri Cardoso (PSDB) e deputado federal Boca Aberta (PROS) brigaram no Centro de Londrina Arquivo pessoal e divulgação Repercussão Neste domingo, ao sair do hospital, Boca Aberta disse que vai entrar com pedido de cassação contra Amauri Cardoso na Câmara de Londrina, por quebra do decoro parlamentar. Ele afirmou ainda que vai pedir para que a Justiça Federal em Londrina decrete a prisão do vereador, por causa das lesões corporais e afirmou que Amauri usou uma arma branca na agressão contra ele (um soco inglês, segundo o deputado). Boca Aberta ainda disse que o caso deve ser investigado pela Polícia Federal, alegando que, na data da confusão, estava cumprindo uma agenda oficial e ressaltando que foi agredido no exercício do mandato parlamentar. Ainda nos sábado, dia da confusão, Amauri convocou uma coletiva de imprensa na Câmara de Londrina. Ele afirmou que que se sentiu acuado e que reagiu. Segundo o vereador, durante o evento que antecedeu a briga, ele falou sobre a necessidade de respeito aos profissionais de saúde, e sugeriu que fosse lida uma moção de repúdio da Associação Médica, que cita a conduta de Boca Aberta. O vereador disse que foi cercado pelo deputado na saída do local, mas que tentou evitar a confusão. Cardoso também afirmou que Boca Aberta o atacou com agressões verbais antes da briga. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




Animal caminhou por cerca de um quilômetro; ele não teve o dono identificado e foi levado pelo departamento de zoonoses da cidade, segundo a PM. Boi é flagrado em 'passeio' pelo Centro de Ponta Grossa A presença de um boi, flagrado em um "passeio" pelas ruas do Centro de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, chamou a atenção de moradores neste domingo (24). Segundo a Polícia Militar (PM), o animal andou por cerca de um quilômetro, passando pelo Parque ambiental, praça Barão do Rio Branco e ruas do bairro. A caminhada, conforme a polícia, causou transtornos no trânsito. Viaturas do batalhão de trânsito foram deslocadas ao bairro para evitar acidentes. A PM informou ainda que moradores que passavam pela rua e viram a cena, amarraram o boi a uma árvore, usando uma corda, e chamaram o Corpo de Bombeiros. Algumas pessoas tiraram fotos e acariciaram o animal. Boi é flagrado em 'passeio' pelo Centro de Ponta Grossa e chama atenção de moradores Marcelo Gonzalez/Arquivo pessoal Dono não localizado O dono do animal, segundo a polícia, não foi localizado. O boi foi recolhido pelo Departamento de Zoonoses de Ponta Grossa. De acordo com a polícia, o animal estava bem, sem sinais de maus tratos. A legislação municipal determina que é proibido abandonar animais em qualquer área pública ou privada. Segundo a Polícia Militar, o boi andou por cerca de um quilômetro, pelo Centro de Ponta Grossa Paulo Weisz/Arquivo pessoal O que deve ser feito? Segundo os procedimentos municipais, os animais recolhidos pelo departamento de zoonoses ficam dois dias à espera do dono, que deve pagar pela estadia do animal e pela retirada dele das ruas. Caso o dono não apareça dentro do prazo, o boi deve ser disponibilizado para adoção. Presença de um boi 'passeando' pelo Centro de Ponta Grossa chamou a atenção de moradores Marcelo Gonzalez/Arquivo pessoal Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Boi é flagrado em 'passeio' pelo Centro de Ponta Grossa e chama atenção de moradores

Animal caminhou por cerca de um quilômetro; ele não teve o dono identificado e foi levado pelo departamento de zoonoses da cidade, segundo a PM. Boi é flagrado em 'passeio' pelo Centro de Ponta Grossa A presença de um boi, flagrado em um "passeio" pelas ruas do Centro de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, chamou a atenção de moradores neste domingo (24). Segundo a Polícia Militar (PM), o animal andou por cerca de um quilômetro, passando pelo Parque ambiental, praça Barão do Rio Branco e ruas do bairro. A caminhada, conforme a polícia, causou transtornos no trânsito. Viaturas do batalhão de trânsito foram deslocadas ao bairro para evitar acidentes. A PM informou ainda que moradores que passavam pela rua e viram a cena, amarraram o boi a uma árvore, usando uma corda, e chamaram o Corpo de Bombeiros. Algumas pessoas tiraram fotos e acariciaram o animal. Boi é flagrado em 'passeio' pelo Centro de Ponta Grossa e chama atenção de moradores Marcelo Gonzalez/Arquivo pessoal Dono não localizado O dono do animal, segundo a polícia, não foi localizado. O boi foi recolhido pelo Departamento de Zoonoses de Ponta Grossa. De acordo com a polícia, o animal estava bem, sem sinais de maus tratos. A legislação municipal determina que é proibido abandonar animais em qualquer área pública ou privada. Segundo a Polícia Militar, o boi andou por cerca de um quilômetro, pelo Centro de Ponta Grossa Paulo Weisz/Arquivo pessoal O que deve ser feito? Segundo os procedimentos municipais, os animais recolhidos pelo departamento de zoonoses ficam dois dias à espera do dono, que deve pagar pela estadia do animal e pela retirada dele das ruas. Caso o dono não apareça dentro do prazo, o boi deve ser disponibilizado para adoção. Presença de um boi 'passeando' pelo Centro de Ponta Grossa chamou a atenção de moradores Marcelo Gonzalez/Arquivo pessoal Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.




De acordo delegado que investiga o caso, ele era procurado há quatro meses. Homem suspeito de homicídio em Rio Branco do Sul foi preso em Quedas do Iguaçu neste sábado (23) Divulgação/PCPR Um homem suspeito de ter participado de um assassinato em Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, foi preso neste sábado (23) em Quedas do Iguaçu, no sudoeste do Paraná. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito era procurado há quatro meses pela morte de Ezequiel Fagundes, de 37 anos. Segundo o delegado da Polícia Civil em Rio Branco do Sul, Rafael Bacelar, o homem ajudou o primo a matar Ezequiel com pauladas e facadas. Segundo a polícia, a vítima tinha desavenças com os suspeitos. Após homicídio, os dois homens, a mulher de um deles, que estava com um bebê de colo, fugiram do local do crime em um carro, segundo o delegado, mas sofreram um acidente. A criança morreu na batida. Um dos suspeitos foi preso no dia do acidente, mas o outro, de acordo com a polícia, fugiu. "Ele até se surpreendeu que a polícia saiu de Rio Branco do Sul e cruzou o estado para encontrá-lo", afirmou o delegado. De acordo com a polícia, suspeitos usaram paus e uma faca para matar a vítima Divulgação/PCPR Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Suspeito de participar de homicídio em Rio Branco do Sul é preso em Quedas do Iguaçu

De acordo delegado que investiga o caso, ele era procurado há quatro meses. Homem suspeito de homicídio em Rio Branco do Sul foi preso em Quedas do Iguaçu neste sábado (23) Divulgação/PCPR Um homem suspeito de ter participado de um assassinato em Rio Branco do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, foi preso neste sábado (23) em Quedas do Iguaçu, no sudoeste do Paraná. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito era procurado há quatro meses pela morte de Ezequiel Fagundes, de 37 anos. Segundo o delegado da Polícia Civil em Rio Branco do Sul, Rafael Bacelar, o homem ajudou o primo a matar Ezequiel com pauladas e facadas. Segundo a polícia, a vítima tinha desavenças com os suspeitos. Após homicídio, os dois homens, a mulher de um deles, que estava com um bebê de colo, fugiram do local do crime em um carro, segundo o delegado, mas sofreram um acidente. A criança morreu na batida. Um dos suspeitos foi preso no dia do acidente, mas o outro, de acordo com a polícia, fugiu. "Ele até se surpreendeu que a polícia saiu de Rio Branco do Sul e cruzou o estado para encontrá-lo", afirmou o delegado. De acordo com a polícia, suspeitos usaram paus e uma faca para matar a vítima Divulgação/PCPR Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.



Segundo a equipe de socorro, equipamento puxou o braço do jovem, que escorregou durante o trabalho; ele passou por cirurgia e foi internado na Santa Casa. Um jovem, de 18 anos, teve um dos braços amputados durante um acidente de trabalho com uma máquina empacotadora de farinha, em Cianorte, no noroeste do Paraná, de acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A equipe que socorreu o trabalhador, na tarde de sábado (23), informou que ele foi encaminhado, consciente, para a Santa Casa de Cianorte, onde passou por cirurgia e permanecia internado até este domingo (24). Ainda conforme o Samu, o jovem manuseava a máquina de empacotar farinha, quando colocou uma embalagem no equipamento e escorregou o braço, que foi puxado. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Trabalhador tem braço amputado por máquina empacotadora de farinha em Cianorte, diz Samu
Segundo a equipe de socorro, equipamento puxou o braço do jovem, que escorregou durante o trabalho; ele passou por cirurgia e foi internado na Santa Casa. Um jovem, de 18 anos, teve um dos braços amputados durante um acidente de trabalho com uma máquina empacotadora de farinha, em Cianorte, no noroeste do Paraná, de acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A equipe que socorreu o trabalhador, na tarde de sábado (23), informou que ele foi encaminhado, consciente, para a Santa Casa de Cianorte, onde passou por cirurgia e permanecia internado até este domingo (24). Ainda conforme o Samu, o jovem manuseava a máquina de empacotar farinha, quando colocou uma embalagem no equipamento e escorregou o braço, que foi puxado. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




Carga foi comprada no Paraguai sem o pagamento dos impostos necessários e tinha como destino final o estado de São Paulo. Mais de 300 celulares foram apreendidos em um ônibus de turismo neste domingo (24), em Santa Terezinha de Itaipu Divulgação/PRF A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 300 aparelhos celulares escondidos em um ônibus de turismo na tarde deste domingo (24), em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná. De acordo com a polícia rodoviária, a carga foi adquirida no Paraguai de forma ilegal, sem que os devidos impostos de importação fossem pagos. Segundo a PRF, o ônibus tinha 19 ocupantes e nenhuma mala no bagageiro. Quando os agentes realizaram uma vistoria nos bancos do ônibus, acharam todos os aparelhos sob os assentos. A carga, que tinha como destino o estado de São Paulo, e os passageiros foram encaminhados para a unidade da Receita Federal do Brasil (RFB) em Foz do Iguaçu, também no oeste do estado. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
PRF apreende mais de 300 celulares escondidos em ônibus, em Santa Terezinha de Itaipu

Carga foi comprada no Paraguai sem o pagamento dos impostos necessários e tinha como destino final o estado de São Paulo. Mais de 300 celulares foram apreendidos em um ônibus de turismo neste domingo (24), em Santa Terezinha de Itaipu Divulgação/PRF A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu mais de 300 aparelhos celulares escondidos em um ônibus de turismo na tarde deste domingo (24), em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná. De acordo com a polícia rodoviária, a carga foi adquirida no Paraguai de forma ilegal, sem que os devidos impostos de importação fossem pagos. Segundo a PRF, o ônibus tinha 19 ocupantes e nenhuma mala no bagageiro. Quando os agentes realizaram uma vistoria nos bancos do ônibus, acharam todos os aparelhos sob os assentos. A carga, que tinha como destino o estado de São Paulo, e os passageiros foram encaminhados para a unidade da Receita Federal do Brasil (RFB) em Foz do Iguaçu, também no oeste do estado. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.




Acidente aconteceu na Avenida Affonso Camargo, no Centro, neste domingo (24). Duas vítimas foram socorridas em estado grave, sendo que uma delas morreu no hospital. Pedestres foram prensados contra parece, em Curitiba Dario Rodrigues Vargas/Arquivo Pessoal Um carro invadiu a calçada e atropelou três pedestres na tarde deste domingo (24), no Centro de Curitiba, de acordo com a Polícia Militar (PM) do Paraná. Uma das vítimas morreu no hospital. O acidente aconteceu por volta das 13h na Avenida Affonso Camargo, em frente à Rodoferroviária de Curitiba. Segundo a PM, a motorista perdeu o controle do veículo e atingiu os três pedestres, uma mulher de 27 anos, um homem de 47 anos e outro de 60 anos. Eles estavam na calçada, em frente a um hotel, e foram prensados contra a parede do estabelecimento. Os dois homens foram socorridos em estado grave e levados ao hospital. Um deles morreu horas depois do acidente, no Hospital Cajuru, onde foi internado, segundo assessoria. O outro foi encaminhado ao Hospital Evangélico. A assessoria do hospital informou que ele teve as duas pernas amputadas. A mulher teve ferimentos leves na mão e foi atendida no local do acidente. Investigação De acordo com a Polícia Civil, a motorista foi encaminhada à delegacia. Ela foi ouvida e liberada em seguida. A Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) informou que instaurou inquérito para apurar o caso. A polícia disse que a mulher fez o teste do bafômetro, que apontou que ela não havia ingerido bebida alcoólica. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Carro sobe na calçada e atropela três pedestres em Curitiba; Uma pessoa morreu

Acidente aconteceu na Avenida Affonso Camargo, no Centro, neste domingo (24). Duas vítimas foram socorridas em estado grave, sendo que uma delas morreu no hospital. Pedestres foram prensados contra parece, em Curitiba Dario Rodrigues Vargas/Arquivo Pessoal Um carro invadiu a calçada e atropelou três pedestres na tarde deste domingo (24), no Centro de Curitiba, de acordo com a Polícia Militar (PM) do Paraná. Uma das vítimas morreu no hospital. O acidente aconteceu por volta das 13h na Avenida Affonso Camargo, em frente à Rodoferroviária de Curitiba. Segundo a PM, a motorista perdeu o controle do veículo e atingiu os três pedestres, uma mulher de 27 anos, um homem de 47 anos e outro de 60 anos. Eles estavam na calçada, em frente a um hotel, e foram prensados contra a parede do estabelecimento. Os dois homens foram socorridos em estado grave e levados ao hospital. Um deles morreu horas depois do acidente, no Hospital Cajuru, onde foi internado, segundo assessoria. O outro foi encaminhado ao Hospital Evangélico. A assessoria do hospital informou que ele teve as duas pernas amputadas. A mulher teve ferimentos leves na mão e foi atendida no local do acidente. Investigação De acordo com a Polícia Civil, a motorista foi encaminhada à delegacia. Ela foi ouvida e liberada em seguida. A Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran) informou que instaurou inquérito para apurar o caso. A polícia disse que a mulher fez o teste do bafômetro, que apontou que ela não havia ingerido bebida alcoólica. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Flagra ocorreu no sábado (23), em Medianeira. Além de multa, motorista vai ter a carteira suspensa, segundo a PRF. Carro é flagrado pela PRF a 200 km/h na BR-277, em Medianeira, no oeste do Paraná PRF/Divulgação Um carro foi flagrado pelo radar da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a 200 km/h na BR-277, em Medianeira, no oeste do Paraná, no sábado (23). A velocidade máxima permitida no trecho é de 110 km/h. O dono do veículo, um Volkswagen Santana, vai receber uma multa de trânsito de natureza gravíssima, no valor de R$ 880, de acordo com a PRF. Além disso, ele responderá a um processo administrativo de suspensão da carteira de habilitação. A polícia informou que a suspensão pode durar de dois a oito meses, ou até um ano e meio, caso o mesmo motorista seja reincidente nesse tipo de infração, em um intervalo de 12 meses. Segundo a PRF, o excesso de velocidade foi a terceira principal causa de mortes em rodovias federais ao longo de 2018 no Paraná. Pelo menos 15,5%, das 490 pessoas que morreram no período, foram vítimas de acidentes provocados pelo descumprimento do limite de velocidade. Fiscalização A PRF afirma que prioriza os trechos onde há maior incidência de acidentes graves para realizar suas operações de controle de velocidade. No sábado, durante os 90 minutos da fiscalização que flagrou o carro a 200 km/h, foram registrados outros 59 flagrantes de excesso de velocidade. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Carro é flagrado pela PRF a 200 km/h na BR-277, no oeste do Paraná

Flagra ocorreu no sábado (23), em Medianeira. Além de multa, motorista vai ter a carteira suspensa, segundo a PRF. Carro é flagrado pela PRF a 200 km/h na BR-277, em Medianeira, no oeste do Paraná PRF/Divulgação Um carro foi flagrado pelo radar da Polícia Rodoviária Federal (PRF) a 200 km/h na BR-277, em Medianeira, no oeste do Paraná, no sábado (23). A velocidade máxima permitida no trecho é de 110 km/h. O dono do veículo, um Volkswagen Santana, vai receber uma multa de trânsito de natureza gravíssima, no valor de R$ 880, de acordo com a PRF. Além disso, ele responderá a um processo administrativo de suspensão da carteira de habilitação. A polícia informou que a suspensão pode durar de dois a oito meses, ou até um ano e meio, caso o mesmo motorista seja reincidente nesse tipo de infração, em um intervalo de 12 meses. Segundo a PRF, o excesso de velocidade foi a terceira principal causa de mortes em rodovias federais ao longo de 2018 no Paraná. Pelo menos 15,5%, das 490 pessoas que morreram no período, foram vítimas de acidentes provocados pelo descumprimento do limite de velocidade. Fiscalização A PRF afirma que prioriza os trechos onde há maior incidência de acidentes graves para realizar suas operações de controle de velocidade. No sábado, durante os 90 minutos da fiscalização que flagrou o carro a 200 km/h, foram registrados outros 59 flagrantes de excesso de velocidade. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.




Prisão acontece em Araucária, na noite de sábado (23). Justiça determinou a prisão do suspeito por tentativa de feminicídio após o crime, que aconteceu em novembro de 2018, em Apucarana. Polícia Civil prende homem suspeito de esfaquear e jogar óleo quente na companheira Polícia Civil do Paraná/Divulgação A Polícia Civil de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, prendeu, na noite de sábado (23), um homem suspeito de esfaquear e jogar óleo quente na companheira. O crime aconteceu em novembro de 2018 em Apucarana, no norte do Paraná. Segundo as investigações, o homem tentou matar a esposa com golpes de faca na região da cabeça, além de jogar óleo quente contra a mulher, que perdeu todos os cabelos. Após o crime, a Justiça decretou a prisão preventiva do suspeito, mas ele acabou fugindo de Apucarana. Durante a apuração, a Polícia Civil de Apucarana descobriu que o homem estava escondido em um pensionato em Araucária e entrou em contato com o delegado Tiago Wladyka, titular da delegacia da cidade. A partir das informações, uma equipe da Polícia Civil de Araucária foi até o pensionado e prendeu o suspeito, que foi encaminhado para Delegacia de Araucária, onde ficará à disposição da Justiça. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Polícia Civil prende homem suspeito de esfaquear e jogar óleo quente na companheira

Prisão acontece em Araucária, na noite de sábado (23). Justiça determinou a prisão do suspeito por tentativa de feminicídio após o crime, que aconteceu em novembro de 2018, em Apucarana. Polícia Civil prende homem suspeito de esfaquear e jogar óleo quente na companheira Polícia Civil do Paraná/Divulgação A Polícia Civil de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, prendeu, na noite de sábado (23), um homem suspeito de esfaquear e jogar óleo quente na companheira. O crime aconteceu em novembro de 2018 em Apucarana, no norte do Paraná. Segundo as investigações, o homem tentou matar a esposa com golpes de faca na região da cabeça, além de jogar óleo quente contra a mulher, que perdeu todos os cabelos. Após o crime, a Justiça decretou a prisão preventiva do suspeito, mas ele acabou fugindo de Apucarana. Durante a apuração, a Polícia Civil de Apucarana descobriu que o homem estava escondido em um pensionato em Araucária e entrou em contato com o delegado Tiago Wladyka, titular da delegacia da cidade. A partir das informações, uma equipe da Polícia Civil de Araucária foi até o pensionado e prendeu o suspeito, que foi encaminhado para Delegacia de Araucária, onde ficará à disposição da Justiça. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Flagrante foi feito na tarde de sábado (23), na Avenida Sete de Setembro; um dos homens cai e corre atrás do veículo. Grupo é flagrado sobre teto de ônibus em movimento no Centro de Curitiba; Assista ao vídeo Um grupo de pessoas foram flagradas em cima do teto de um ônibus biarticulado em movimento, no Centro de Curitiba, no final da tarde de sábado (23). Assista ao vídeo acima. Segundo o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), as imagens foram feitas por um funcionário de uma empresa do transporte público da capital, na Avenida Sete de Setembro. Ainda conforme o Setransp, o grupo quebrou o alçapão do veículo para subir. O ônibus escalado pelos homens faz parte da linha Santa Cândida/Capão Raso. A Prefeitura de Curitiba informou que os homens pularam do ônibus no tubo da Praça Oswaldo Cruz. O sindicato ressaltou que a ação é perigosa e pode levar até a morte. No vídeo, um dos rapazes é atingido por fios da rede elétrica e cai do ônibus. Ninguém ficou ferido. Grupo é flagrado sobre teto de ônibus em movimento no Centro de Curitiba Divulgação/Setransp Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Grupo é flagrado sobre teto de ônibus em movimento no Centro de Curitiba; VÍDEO

Flagrante foi feito na tarde de sábado (23), na Avenida Sete de Setembro; um dos homens cai e corre atrás do veículo. Grupo é flagrado sobre teto de ônibus em movimento no Centro de Curitiba; Assista ao vídeo Um grupo de pessoas foram flagradas em cima do teto de um ônibus biarticulado em movimento, no Centro de Curitiba, no final da tarde de sábado (23). Assista ao vídeo acima. Segundo o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), as imagens foram feitas por um funcionário de uma empresa do transporte público da capital, na Avenida Sete de Setembro. Ainda conforme o Setransp, o grupo quebrou o alçapão do veículo para subir. O ônibus escalado pelos homens faz parte da linha Santa Cândida/Capão Raso. A Prefeitura de Curitiba informou que os homens pularam do ônibus no tubo da Praça Oswaldo Cruz. O sindicato ressaltou que a ação é perigosa e pode levar até a morte. No vídeo, um dos rapazes é atingido por fios da rede elétrica e cai do ônibus. Ninguém ficou ferido. Grupo é flagrado sobre teto de ônibus em movimento no Centro de Curitiba Divulgação/Setransp Veja mais notícias da região no G1 Paraná.



Rapaz foi apreendido na madrugada deste domingo (24); segundo a polícia os aparelhos estavam em uma mochila, que também era da loja. Um adolescente de 15 anos foi apreendido na madrugada deste domingo (24), em Curitiba. Segundo a Polícia Militar (PM), ele se escondeu dentro de uma loja de um shopping para tentar furtar 71 aparelhos celulares. Conforme a polícia, o adolescente foi encontrado escondido dentro da loja, por volta das 4h30, após denúncias. Com ele, os policiais encontraram uma mochila com os aparelhos, além de carregadores, pen drives, cartões de memória e fones de ouvido. A mochila, de acordo com a PM, também havia sido pega da loja. O adolescente deve responder por furto qualificado. Ele foi encaminhado à Delegacia do Adolescente, em Curitiba. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Adolescente se esconde em loja de shopping para tentar furtar 71 celulares durante a madrugada em Curitiba, diz PM
Rapaz foi apreendido na madrugada deste domingo (24); segundo a polícia os aparelhos estavam em uma mochila, que também era da loja. Um adolescente de 15 anos foi apreendido na madrugada deste domingo (24), em Curitiba. Segundo a Polícia Militar (PM), ele se escondeu dentro de uma loja de um shopping para tentar furtar 71 aparelhos celulares. Conforme a polícia, o adolescente foi encontrado escondido dentro da loja, por volta das 4h30, após denúncias. Com ele, os policiais encontraram uma mochila com os aparelhos, além de carregadores, pen drives, cartões de memória e fones de ouvido. A mochila, de acordo com a PM, também havia sido pega da loja. O adolescente deve responder por furto qualificado. Ele foi encaminhado à Delegacia do Adolescente, em Curitiba. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Segundo a PM, dois passageiros tiveram ferimentos leves com a batida. De acordo com a Copel, 466 unidades consumidoras ficaram sem energia na região. Motorista passa mal e ônibus bate em poste, em Curitiba Denilson Beltrame/RPC O motorista de um ônibus do transporte coletivo de Curitiba passou mal enquanto dirigia, perdeu o controle do veículo e bateu em um poste na manhã deste domingo (24), de acordo com a prefeitura. O acidente aconteceu na Rua Amauri Lange Silvério, no bairro Pilarzinho, com um ônibus da linha Interbairros II. Segundo a Polícia Militar, duas pessoas tiveram ferimentos leves com a batida. Um homem de 45 anos, que foi atendido por uma equipe de socorro no local, e uma mulher, também de 45 anos, que foi levada ao Hospital Evangélico. De acordo com a Copel, por causa da queda do poste, 466 unidades consumidoras ficaram sem energia na região ao longo da manhã. Duas pessoas ficaram feridas no acidente, que aconteceu no bairro Pilarzinho Denilson Beltrame/RPC Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Motorista passa mal e ônibus bate em poste no Pilarzinho, em Curitiba

Segundo a PM, dois passageiros tiveram ferimentos leves com a batida. De acordo com a Copel, 466 unidades consumidoras ficaram sem energia na região. Motorista passa mal e ônibus bate em poste, em Curitiba Denilson Beltrame/RPC O motorista de um ônibus do transporte coletivo de Curitiba passou mal enquanto dirigia, perdeu o controle do veículo e bateu em um poste na manhã deste domingo (24), de acordo com a prefeitura. O acidente aconteceu na Rua Amauri Lange Silvério, no bairro Pilarzinho, com um ônibus da linha Interbairros II. Segundo a Polícia Militar, duas pessoas tiveram ferimentos leves com a batida. Um homem de 45 anos, que foi atendido por uma equipe de socorro no local, e uma mulher, também de 45 anos, que foi levada ao Hospital Evangélico. De acordo com a Copel, por causa da queda do poste, 466 unidades consumidoras ficaram sem energia na região ao longo da manhã. Duas pessoas ficaram feridas no acidente, que aconteceu no bairro Pilarzinho Denilson Beltrame/RPC Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Motorista, de 25 anos, foi preso e disse que comprou o carro em Cascavel, no oeste do estado, e que não sabia das armas e da munição. PRE encontra pistolas e munição escondidas em teto de carro A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) encontrou 13 pistolas e 5,7 mil projéteis de munição de fuzil escondidos no teto de um carro, na manhã deste domingo (24), em Peabiru, no centro-oeste do Paraná. O veículo, que seguia no sentido Maringá, no norte do estado, foi parado durante uma abordagem de rotina, na PR-317. Desconfiados do nervosismo do motorista, os policiais fizeram uma vistoria no carro e encontraram os produtos. O condutor, de 25 anos, estava sozinho no carro e foi preso em flagrante. Ele informou à PRE que comprou o carro em Cascavel, no oeste do estado, e que não sabia das armas e da munição. O homem é morador de Extrema (MG). Segundo a PRE, o motorista pode responder por porte ilegal de armas ou tráfico de armas. Ele, as armas e a munição foram encaminhados à Delegacia da Polícia Civil de Peabiru. PRE apreendeu 13 pistolas e 5,7 mil projéteis de munição em Peabiru PRE/Divulgação Armas e munição foram encontradas escondidas em teto de carro, em Peabiru PRE/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
PRE encontra pistolas e mais de 5 mil projéteis de munição escondidos em teto de carro, no interior do Paraná

Motorista, de 25 anos, foi preso e disse que comprou o carro em Cascavel, no oeste do estado, e que não sabia das armas e da munição. PRE encontra pistolas e munição escondidas em teto de carro A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) encontrou 13 pistolas e 5,7 mil projéteis de munição de fuzil escondidos no teto de um carro, na manhã deste domingo (24), em Peabiru, no centro-oeste do Paraná. O veículo, que seguia no sentido Maringá, no norte do estado, foi parado durante uma abordagem de rotina, na PR-317. Desconfiados do nervosismo do motorista, os policiais fizeram uma vistoria no carro e encontraram os produtos. O condutor, de 25 anos, estava sozinho no carro e foi preso em flagrante. Ele informou à PRE que comprou o carro em Cascavel, no oeste do estado, e que não sabia das armas e da munição. O homem é morador de Extrema (MG). Segundo a PRE, o motorista pode responder por porte ilegal de armas ou tráfico de armas. Ele, as armas e a munição foram encaminhados à Delegacia da Polícia Civil de Peabiru. PRE apreendeu 13 pistolas e 5,7 mil projéteis de munição em Peabiru PRE/Divulgação Armas e munição foram encontradas escondidas em teto de carro, em Peabiru PRE/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.



Batida aconteceu no fim da tarde de sábado (23) na PR-170. Uma pessoa ficou ferida. Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em um acidente envolvendo um carro e um caminhão, no fim da tarde de sábado (23), na PR-170, no Contorno Norte de Apucarana, no norte do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), um caminhão que seguia em direção ao entroncamento com a BR-369 bateu de frente com o carro, que seguia na direção contrária. O local do acidente é de pista simples. A passageira do carro, Maria Inês de Araújo Souza, de 54 anos, morreu no local. O motorista, Francisco Rui Soares, de 72 anos, morreu neste domingo (24) no Hospital da Providência de Apucarana. Um terceiro ocupante do carro, Elder Marcos Ciesilski, de 36 anos, permanecia internado no mesmo hospital, na manhã deste domingo. Já o condutor do caminhão não se feriu. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Duas pessoas morrem em acidente entre carro e caminhão, em Apucarana
Batida aconteceu no fim da tarde de sábado (23) na PR-170. Uma pessoa ficou ferida. Duas pessoas morreram e uma ficou ferida em um acidente envolvendo um carro e um caminhão, no fim da tarde de sábado (23), na PR-170, no Contorno Norte de Apucarana, no norte do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), um caminhão que seguia em direção ao entroncamento com a BR-369 bateu de frente com o carro, que seguia na direção contrária. O local do acidente é de pista simples. A passageira do carro, Maria Inês de Araújo Souza, de 54 anos, morreu no local. O motorista, Francisco Rui Soares, de 72 anos, morreu neste domingo (24) no Hospital da Providência de Apucarana. Um terceiro ocupante do carro, Elder Marcos Ciesilski, de 36 anos, permanecia internado no mesmo hospital, na manhã deste domingo. Já o condutor do caminhão não se feriu. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




Polícia cumpriu quatro mandados de busca e apreensão em residências de suspeitos e apreendeu armas, drogas, celulares e dois pés de maconha. Foram apreendidas armas, drogas, celulares e objetos que a polícia acredita que sejam frutos de roubos, em Arapoti Divulgação/PCPR Uma operação conjunta das polícias Militar e Civil de Arapoti, nos Campos Gerais do Paraná, que apurou denúncias relacionadas ao tráfico de drogas na cidade prendeu oito pessoas neste sábado (23). De acordo com a Polícia Civil, foram cumpridos também quatro mandados de busca e apreensão em residências de suspeitos. Nos locais, foram apreendidos objetos que a polícia acredita que sejam frutos de roubos ou receptação. Em uma das casas, os policiais encontraram dois pés de maconha. Além disso, a operação também apreendeu armas, munições, drogas e dinheiro. Um dos presos tinha mandado de prisão aberto em Ponta Grossa, também nos Campos Gerais, e era considerado foragido. Além das oito pessoas detidas, um adolescente foi apreendido na operação, que contou com o apoio de investigadores da Polícia Civil de Jaguariaíva e Sengés. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Operação contra o tráfico de drogas prende oito pessoas, em Arapoti

Polícia cumpriu quatro mandados de busca e apreensão em residências de suspeitos e apreendeu armas, drogas, celulares e dois pés de maconha. Foram apreendidas armas, drogas, celulares e objetos que a polícia acredita que sejam frutos de roubos, em Arapoti Divulgação/PCPR Uma operação conjunta das polícias Militar e Civil de Arapoti, nos Campos Gerais do Paraná, que apurou denúncias relacionadas ao tráfico de drogas na cidade prendeu oito pessoas neste sábado (23). De acordo com a Polícia Civil, foram cumpridos também quatro mandados de busca e apreensão em residências de suspeitos. Nos locais, foram apreendidos objetos que a polícia acredita que sejam frutos de roubos ou receptação. Em uma das casas, os policiais encontraram dois pés de maconha. Além disso, a operação também apreendeu armas, munições, drogas e dinheiro. Um dos presos tinha mandado de prisão aberto em Ponta Grossa, também nos Campos Gerais, e era considerado foragido. Além das oito pessoas detidas, um adolescente foi apreendido na operação, que contou com o apoio de investigadores da Polícia Civil de Jaguariaíva e Sengés. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.



Acidente aconteceu no sábado (23), no Jardim Bela Vista, em Ponta Grossa. Um motociclista, de 38 anos, morreu depois de perder o controle da direção e atingir um carro que estava estacionado. Segundo a Polícia Militar, o acidente aconteceu no fim da tarde de sábado (23), na Rua das Bromélias, no Jardim Bela Vista 3, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. O piloto chegou a ser socorrido e levado para o Centro Municipal de Saúde, mas não resistiu aos ferimentos. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Motociclista morre ao perder controle da direção e bater em carro parado
Acidente aconteceu no sábado (23), no Jardim Bela Vista, em Ponta Grossa. Um motociclista, de 38 anos, morreu depois de perder o controle da direção e atingir um carro que estava estacionado. Segundo a Polícia Militar, o acidente aconteceu no fim da tarde de sábado (23), na Rua das Bromélias, no Jardim Bela Vista 3, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. O piloto chegou a ser socorrido e levado para o Centro Municipal de Saúde, mas não resistiu aos ferimentos. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.




Balão caiu e por pouco não atingiu um estabelecimento comercial; ninguém foi preso; ação foi registrada na manhã deste domingo (24). O balão estava sendo perseguido por várias pessoas, que tentavam recuperá-lo e por pouco não atingiu um estabelecimento comercial, na Rua Isaac Ferreira da Cruz Ricardo Simão/Guarda Municipal de Curitiba Guardas municipais apreenderam um balão que caiu na manhã deste domingo (24) no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. O balão estava sendo perseguido por várias pessoas, que tentavam recuperá-lo e por pouco não atingiu um estabelecimento comercial, na Rua Isaac Ferreira da Cruz. Quando percebeu a chegada da equipe, o grupo fugiu. Ninguém foi preso. De acordo com a legislação, soltar balão é crime ambiental por conta, entre outros, dos riscos de incêndio que a prática pode causar. Em caso de condenação, a pena varia de um a três anos de detenção e multa. O risco desta atividade está, principalmente, na possibilidade de causar incêndio. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Guarda Municipal apreende balão no bairro Sítio Cercado, em Curitiba

Balão caiu e por pouco não atingiu um estabelecimento comercial; ninguém foi preso; ação foi registrada na manhã deste domingo (24). O balão estava sendo perseguido por várias pessoas, que tentavam recuperá-lo e por pouco não atingiu um estabelecimento comercial, na Rua Isaac Ferreira da Cruz Ricardo Simão/Guarda Municipal de Curitiba Guardas municipais apreenderam um balão que caiu na manhã deste domingo (24) no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. O balão estava sendo perseguido por várias pessoas, que tentavam recuperá-lo e por pouco não atingiu um estabelecimento comercial, na Rua Isaac Ferreira da Cruz. Quando percebeu a chegada da equipe, o grupo fugiu. Ninguém foi preso. De acordo com a legislação, soltar balão é crime ambiental por conta, entre outros, dos riscos de incêndio que a prática pode causar. Em caso de condenação, a pena varia de um a três anos de detenção e multa. O risco desta atividade está, principalmente, na possibilidade de causar incêndio. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




A receita rende bastante, e as bolachas assam em apenas 15 minutos. Aprenda a fazer bolachinha de fubá com coco A família Fagundes vive da venda de bolachas caseiras, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Nesta semana, eles ajudam o Caminhos do Campo a ensinar a receita de uma tradicional bolachinha de fubá com coco. Ingredientes: 350 g de margarina 400 g de açúcar 300 g de amido de milho 150 g de fubá 4 ovos 180 ml de leite 20 g de sal amoníaco 50 g de coco 650 g de farinha de trigo Modo de preparo: Primeiro misture os ovos, a margarina e o açúcar e mexa bem até dissolver o açúcar. Misture o sal amoníaco no leite e acrescente na massa. Mexa. Inclua o amido de milho, o fubá e o coco. Mexa. Coloque, aos poucos, a farinha de trigo e amasse bem com as mão. Amasse até a massa desgrudar das mãos. Estique a massa e corte em pequenos pedaços. A bolachinha assa em apenas 15 minutos. A receita das bolachas é simples e fácil de fazer Reprodução/RPC Veja mais receitas na página do Caminhos do Campo.
Família ensina a fazer tradicional receita de bolacha de fubá com coco

A receita rende bastante, e as bolachas assam em apenas 15 minutos. Aprenda a fazer bolachinha de fubá com coco A família Fagundes vive da venda de bolachas caseiras, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Nesta semana, eles ajudam o Caminhos do Campo a ensinar a receita de uma tradicional bolachinha de fubá com coco. Ingredientes: 350 g de margarina 400 g de açúcar 300 g de amido de milho 150 g de fubá 4 ovos 180 ml de leite 20 g de sal amoníaco 50 g de coco 650 g de farinha de trigo Modo de preparo: Primeiro misture os ovos, a margarina e o açúcar e mexa bem até dissolver o açúcar. Misture o sal amoníaco no leite e acrescente na massa. Mexa. Inclua o amido de milho, o fubá e o coco. Mexa. Coloque, aos poucos, a farinha de trigo e amasse bem com as mão. Amasse até a massa desgrudar das mãos. Estique a massa e corte em pequenos pedaços. A bolachinha assa em apenas 15 minutos. A receita das bolachas é simples e fácil de fazer Reprodução/RPC Veja mais receitas na página do Caminhos do Campo.



Para que os resultados se confirmem, é preciso que os primeiros dias de abril sejam de sol. Produtores colheram 66% da safra de verão do milho A safra de verão de milho do Paraná deve ter alta de 7% em 2019 em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral). Para que a estimativa, realizada na fase final da colheita do grão, se confirme, é preciso que o restante da safra que ainda precisa ser colhida não seja prejudicada pelas chuvas. Por enquanto, 66% da safra já foi colhida. Veja a reportagem acima. Com dias de sol na última semana de março e nos primeiros dias de abril, a expectativa é que a safra de milho no estado seja de 3,1 milhões de toneladas. Em 2018, foram colhidos 2,89 milhões de toneladas de milho. Veja mais notícias na página do Caminhos do Campo.
Safra de verão de milho deve ter alta de 7% no Paraná, diz Deral
Para que os resultados se confirmem, é preciso que os primeiros dias de abril sejam de sol. Produtores colheram 66% da safra de verão do milho A safra de verão de milho do Paraná deve ter alta de 7% em 2019 em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral). Para que a estimativa, realizada na fase final da colheita do grão, se confirme, é preciso que o restante da safra que ainda precisa ser colhida não seja prejudicada pelas chuvas. Por enquanto, 66% da safra já foi colhida. Veja a reportagem acima. Com dias de sol na última semana de março e nos primeiros dias de abril, a expectativa é que a safra de milho no estado seja de 3,1 milhões de toneladas. Em 2018, foram colhidos 2,89 milhões de toneladas de milho. Veja mais notícias na página do Caminhos do Campo.




Revelação inusitada foi registrada pelo casal. Agricultor precisa ligar o trator para saber o sexo do bebe que a mulher espera Um casal de Farol, no centro-oeste do Paraná, encontrou uma maneira inusitada de revelar o sexo do bebê. Para fazer uma surpresa ao marido, a grávida colocou um balão cheio de tinta em pó no escapamento do trator que eles usam na propriedade rural, para quando o marido ligasse o motor, descobrisse se ela está esperando um menino ou uma menina. A ideia da grávida Sara Cristina Pessin da Silva surgiu porque a máquina agrícola é um xodó do agricultor André Luis da Silva. Veja como foi na reportagem acima. Grávida decide fazer surpresa ao marido na revelação do sexo do bebê Reprodução/RPC Veja mais notícias na página do Caminhos do Campo.
Grávida revela o sexo do bebê ao ligar trator do marido

Revelação inusitada foi registrada pelo casal. Agricultor precisa ligar o trator para saber o sexo do bebe que a mulher espera Um casal de Farol, no centro-oeste do Paraná, encontrou uma maneira inusitada de revelar o sexo do bebê. Para fazer uma surpresa ao marido, a grávida colocou um balão cheio de tinta em pó no escapamento do trator que eles usam na propriedade rural, para quando o marido ligasse o motor, descobrisse se ela está esperando um menino ou uma menina. A ideia da grávida Sara Cristina Pessin da Silva surgiu porque a máquina agrícola é um xodó do agricultor André Luis da Silva. Veja como foi na reportagem acima. Grávida decide fazer surpresa ao marido na revelação do sexo do bebê Reprodução/RPC Veja mais notícias na página do Caminhos do Campo.



70% da área de soja já foi colhida e quebra da safra de verão deve ser de 20%. Agricultor paranaense avança a colheita da soja e planta o milho safrinha em seguida Os agricultores do Paraná esperam compensar a quebra na produção de soja com a safrinha de milho, que começa a ser plantada neste final de março. No estado, 70% da área plantada de soja já foi colhida e a quebra da produção do grão deve ser de 20% ao final da colheita de verão. Veja o vídeo acima. Para compensar as perdas, os produtores rurais do estado estão apostando na segunda safra de milho, que começa a ser colhida no final de abril. Ao todo, os produtores devem usar 2,2 milhões de hectares para a cultura do milho safrinha. Veja mais notícias na página do Caminhos do Campo.
Agricultores esperam compensar quebra na produção de soja com safrinha de milho
70% da área de soja já foi colhida e quebra da safra de verão deve ser de 20%. Agricultor paranaense avança a colheita da soja e planta o milho safrinha em seguida Os agricultores do Paraná esperam compensar a quebra na produção de soja com a safrinha de milho, que começa a ser plantada neste final de março. No estado, 70% da área plantada de soja já foi colhida e a quebra da produção do grão deve ser de 20% ao final da colheita de verão. Veja o vídeo acima. Para compensar as perdas, os produtores rurais do estado estão apostando na segunda safra de milho, que começa a ser colhida no final de abril. Ao todo, os produtores devem usar 2,2 milhões de hectares para a cultura do milho safrinha. Veja mais notícias na página do Caminhos do Campo.




Conjunto de espetáculos reúne grandes nomes nacionais do humor, e promete abordar assuntos importantes em pauta. Grandes nomes nacionais do humor prometem abordar assuntos importantes em pauta, e fazer críticas sociais, no Risorama 2019 Divulgação O Risorama – programa que faz parte do Festival de Curitiba – chega à 16ª edição e apresenta um elenco de famosos comediantes da atualidade, como: Danilo Gentili, Mauricio Meirelles, Murilo Couto, Rafael Cortez, Fábio Rabin, entre outros. Sob o comando do curitibano Diogo Portugal, o evento promove a mistura de estilos de stand up comedy. “Este ano pensei em convidar diferentes perfis de humoristas. Temos nomes que são destaques na televisão e na internet, bem como uma mistura entre novos nomes e os mais experientes. Essa é a essência do Risorama, ser um encontro de comediantes, por meio de uma divertida troca de experiências”, explica Diogo. Ao todo, são mais de 30 convidados que, com bom humor, colocam no roteiro temas pertinentes, tratados de forma hilariante, sem perder a crítica por trás da piada. A comediante chinesa Jing Jing, aborda a realidade do imigrante que vive no país. O humorista Diogo Almeida fala sobre o lado tragicômico de ser professor no Brasil. Já Junior Chicó trata das questões da temática LGBTI. A programação tem seis comediantes e um mestre de cerimônias por noite. “Esse será o point da comédia stand up de novo. Ali vão se revelar novos talentos. Não é uma atração isolada, e sim uma experiência para curtir com amigos. O Risorama leva até grupos de Whatsapp para o teatro: desde o do futebol ao das mães do colégio”, brinca Diogo, que celebra o formato pioneiro que inspirou os principais festivais de comédia do Brasil e nunca perdeu a essência de balada de humor. Neste ano, os espetáculos terão intérprete de libras criando, assim, um ambiente mais inclusivo. Confira a programação: 28 de março – Quinta-Feira (20h) Mestre de Cerimônia – Sérgio Mallandro Diogo Portugal Mhel Marrer Igor Guimarães Patrick Maia Mauricio Meirelles Rodrigo Fernandes 29 de março – Sexta-Feira (20h) Mestre de Cerimônia – Victor Sarro Léo Lins Victor Ahmar Júnior Chicó Maloka Lucas Veloso 30 de março – Sábado Mestre de Cerimônias – Danilo Gentili Diguinho Coruja Diogo Portugal Jing Jing Luiz França Rogério Vilela Rogério Morgado 31 de março – Domingo (20h e 22:30h) Mestre de Cerimônias – Gustavo Mendes Diogo Portugal Rodrigo Marques Nando Viana Murilo Couto Fabiano Cambota 1º de abril – Segunda-Feira (19h) Mestre de Cerimonias – Diogo Portugal Thiago Ventura Fábio Rabin Matheus Ceará Renato Albani Rafael Portugal Rafael Cortez 02 de abril – Terça-Feira (20 e 22:30h) Mestre de Cerimônias – Emerson Ceará Paulinho Serra Eros Prado (Pagode da Ofensa) Afonso Padilha Tirullipa Diogo Almeida Serviço Risorama Data: 20 de março a 2 de abril; Hora: 20h; Local: Park Cultural; Ingresso: R$70,00 (inteira) + taxa administrativa. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
16ª edição do Risorama terá abordagens com críticas sociais

Conjunto de espetáculos reúne grandes nomes nacionais do humor, e promete abordar assuntos importantes em pauta. Grandes nomes nacionais do humor prometem abordar assuntos importantes em pauta, e fazer críticas sociais, no Risorama 2019 Divulgação O Risorama – programa que faz parte do Festival de Curitiba – chega à 16ª edição e apresenta um elenco de famosos comediantes da atualidade, como: Danilo Gentili, Mauricio Meirelles, Murilo Couto, Rafael Cortez, Fábio Rabin, entre outros. Sob o comando do curitibano Diogo Portugal, o evento promove a mistura de estilos de stand up comedy. “Este ano pensei em convidar diferentes perfis de humoristas. Temos nomes que são destaques na televisão e na internet, bem como uma mistura entre novos nomes e os mais experientes. Essa é a essência do Risorama, ser um encontro de comediantes, por meio de uma divertida troca de experiências”, explica Diogo. Ao todo, são mais de 30 convidados que, com bom humor, colocam no roteiro temas pertinentes, tratados de forma hilariante, sem perder a crítica por trás da piada. A comediante chinesa Jing Jing, aborda a realidade do imigrante que vive no país. O humorista Diogo Almeida fala sobre o lado tragicômico de ser professor no Brasil. Já Junior Chicó trata das questões da temática LGBTI. A programação tem seis comediantes e um mestre de cerimônias por noite. “Esse será o point da comédia stand up de novo. Ali vão se revelar novos talentos. Não é uma atração isolada, e sim uma experiência para curtir com amigos. O Risorama leva até grupos de Whatsapp para o teatro: desde o do futebol ao das mães do colégio”, brinca Diogo, que celebra o formato pioneiro que inspirou os principais festivais de comédia do Brasil e nunca perdeu a essência de balada de humor. Neste ano, os espetáculos terão intérprete de libras criando, assim, um ambiente mais inclusivo. Confira a programação: 28 de março – Quinta-Feira (20h) Mestre de Cerimônia – Sérgio Mallandro Diogo Portugal Mhel Marrer Igor Guimarães Patrick Maia Mauricio Meirelles Rodrigo Fernandes 29 de março – Sexta-Feira (20h) Mestre de Cerimônia – Victor Sarro Léo Lins Victor Ahmar Júnior Chicó Maloka Lucas Veloso 30 de março – Sábado Mestre de Cerimônias – Danilo Gentili Diguinho Coruja Diogo Portugal Jing Jing Luiz França Rogério Vilela Rogério Morgado 31 de março – Domingo (20h e 22:30h) Mestre de Cerimônias – Gustavo Mendes Diogo Portugal Rodrigo Marques Nando Viana Murilo Couto Fabiano Cambota 1º de abril – Segunda-Feira (19h) Mestre de Cerimonias – Diogo Portugal Thiago Ventura Fábio Rabin Matheus Ceará Renato Albani Rafael Portugal Rafael Cortez 02 de abril – Terça-Feira (20 e 22:30h) Mestre de Cerimônias – Emerson Ceará Paulinho Serra Eros Prado (Pagode da Ofensa) Afonso Padilha Tirullipa Diogo Almeida Serviço Risorama Data: 20 de março a 2 de abril; Hora: 20h; Local: Park Cultural; Ingresso: R$70,00 (inteira) + taxa administrativa. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Programação terá 13 atrações internacionais, simultaneamente ao Festival de Teatro de Curitiba. Ator e humorista Serjão Loroza será o mestre de cerimônias do Mish Mash em 2019 Divulgação O Mish Mash – evento simultâneo do Festival de Curitiba, com variedades para toda a família - será comandado pelo ator e humorista Serjão Loroza, o Figueirinha da série de televisão “A Diarista”. Com lotação esgotada nos anos anteriores, a produção do segmento decidiu abrir mais uma data e o Mish Mash será apresentado no Park Cultural nos dias 5, 6 e 7 de abril (sexta-feira, sábado e domingo). Na programação estão previstas 13 atrações internacionais e uma surpresa que irá receber o público. As atrações incluem música, comédia, poesia visual, mágica, acrobacias, dança, malabarismo e muitas surpresas para o público. Confira, abaixo: Seife Desta Buser e Abiy Saleamlak Negash – Etiópia Icarian Game Act: estilo acrobático de alta precisão técnica e risco em que uma pessoa fica deitada fazendo malabarismos com os pés com a outra fazendo acrobacias equilibradas nos membros inferiores do parceiro. Hugo e Ines (Peru) – Mímica e Teatro de Figuras Números “Body Rhapsody”: desfile pitoresco de personagens que ganham vida a partir de partes diferentes do corpo: o pé, o joelho, o ventre, o rosto, o cotovelo, etc. A dupla já se apresentou em dezenas de países ao redor do mundo. Ricardo Thomé – Malabarista/Músico/Cômico Em busca da jogada perfeita: Ricardo Thomé é considerado um dos melhores malabaristas do Brasil. Os números viajam entre as técnicas de malabarismo, mágica, instrumentos musicais inusitados e comédia fina. Neste ano, o artista apresenta ao MishMash sua mais nova criação, na qual utiliza o preciso estudo de ângulos para impactar o público com bolas que quicam de um lado para o outro. José Figueroa (Argentina) “Bambolê” gigante, mais conhecido como Roda Cyr: O artista argentino José Figueroa se apresenta no Mish Mash o número de “Roda Cyr”, que mistura dança, equilíbrio, força e precisão em um dos equipamentos mais intrigantes, técnicos e exigentes do universo circense. José Figueroa apresenta o número de “Roda Cyr” que mistura dança, equilíbrio, força e precisão Ernesto Terri/Divulgação Mauro Bruzza (Campinas) Homem Banda – Cia. UmPéDeDois: MauroLauroPaulo, um artista inventor que, aliado ao público, promete traduzir tamanha inquietude entre um espetáculo e uma parafernália cheia de sonoridades. São 25 instrumentos de uma vez só. Milene Dias - Palhaça Sombrinha Um morcego em forma de Palhaça: Milene Dias dá vida à doce e cáustica Palhaça Sombrinha, os números e intervenções são criados a partir do contato direto com o público e sua visão peculiar de mundo. George Antônio Souza (São Paulo) Bicicletas: Vindo de uma temporada de alguns meses na Arábia Saudita, George traz para o Mish Mash uma variedade de bicicletas incomuns, desde uma bicicleta que vai se desmontando enquanto ele se equilibra sobre as peças restantes, até uma bicicleta de 16 centímetros, recorde brasileiro de menor veículo já pedalado em nosso território. Lauro Fernando Monteiro Mr Lauro ou Palhaço Confuso, a "Fofura em forma de palhaço": o Mr. Lauro - Palhaço Confuso tem carisma e habilidades circenses diversas. CWB Company Aéreo Show e Tricking: A CWB Company mistura dança e acrobacias com o Aéreo show, acrobacias aéreas, e o Tricking, que consiste em realizar acrobacias conciliando chutes marciais com mortais. Rafael Barreiros Palhaço Alípio (Curador, diretor e núcleo de palhaçaria): é dele a responsabilidade de apresentar ao público uma mistura de linguagens: circo, teatro, dança, mágica, música, bonecos, etc. Banda Mish Mash Salada de frutas musical: pelo quinto ano consecutivo, a banda curitibana "Trombone de Frutas" estará com ouvidos e instrumentos atentos para tocar os mais variados ritmos e músicas e fazer do Mish Mash um espetáculo especial. Maurício Dollenz (Chile) Mágico, Ilusionista, Ventríloquo: discípulo do maior mágico chileno da atualidade, o Mago Fernando Larrain, com quem aprendeu truques, técnicas, segredos e mistérios que permeiam o mundo da mágica, Maurício Dollenz tem 15 anos de experiência que o tornaram especialista em manipulação de cartas e conduta humana. Maurício Dollenz é especialista em manipulação de cartas e conduta humana Divulgação A Ninja (Florianópolis) Dale Circo: a Cia Dalecirco, de Florianópolis, formada por Ana Paula Grigoli e Carlos Velazquez, nasceu em 2011, e atualmente, é uma referência da palhaçaria no Estado de Santa Catarina. Foram premiados em 2018 com o projeto Dalecirco, no Poente Catarinense, Edital Circulação de Espetáculos circenses/ FUNARTE 2018. Serviço Mish Mash; Data: 05 a 07 de abril; Local: Park Cultural; Ingressos: R$70,00 (inteira) + taxa administrativa. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Mish Mash elege Serjão Loroza como mestre de cerimônias; Confira atrações

Programação terá 13 atrações internacionais, simultaneamente ao Festival de Teatro de Curitiba. Ator e humorista Serjão Loroza será o mestre de cerimônias do Mish Mash em 2019 Divulgação O Mish Mash – evento simultâneo do Festival de Curitiba, com variedades para toda a família - será comandado pelo ator e humorista Serjão Loroza, o Figueirinha da série de televisão “A Diarista”. Com lotação esgotada nos anos anteriores, a produção do segmento decidiu abrir mais uma data e o Mish Mash será apresentado no Park Cultural nos dias 5, 6 e 7 de abril (sexta-feira, sábado e domingo). Na programação estão previstas 13 atrações internacionais e uma surpresa que irá receber o público. As atrações incluem música, comédia, poesia visual, mágica, acrobacias, dança, malabarismo e muitas surpresas para o público. Confira, abaixo: Seife Desta Buser e Abiy Saleamlak Negash – Etiópia Icarian Game Act: estilo acrobático de alta precisão técnica e risco em que uma pessoa fica deitada fazendo malabarismos com os pés com a outra fazendo acrobacias equilibradas nos membros inferiores do parceiro. Hugo e Ines (Peru) – Mímica e Teatro de Figuras Números “Body Rhapsody”: desfile pitoresco de personagens que ganham vida a partir de partes diferentes do corpo: o pé, o joelho, o ventre, o rosto, o cotovelo, etc. A dupla já se apresentou em dezenas de países ao redor do mundo. Ricardo Thomé – Malabarista/Músico/Cômico Em busca da jogada perfeita: Ricardo Thomé é considerado um dos melhores malabaristas do Brasil. Os números viajam entre as técnicas de malabarismo, mágica, instrumentos musicais inusitados e comédia fina. Neste ano, o artista apresenta ao MishMash sua mais nova criação, na qual utiliza o preciso estudo de ângulos para impactar o público com bolas que quicam de um lado para o outro. José Figueroa (Argentina) “Bambolê” gigante, mais conhecido como Roda Cyr: O artista argentino José Figueroa se apresenta no Mish Mash o número de “Roda Cyr”, que mistura dança, equilíbrio, força e precisão em um dos equipamentos mais intrigantes, técnicos e exigentes do universo circense. José Figueroa apresenta o número de “Roda Cyr” que mistura dança, equilíbrio, força e precisão Ernesto Terri/Divulgação Mauro Bruzza (Campinas) Homem Banda – Cia. UmPéDeDois: MauroLauroPaulo, um artista inventor que, aliado ao público, promete traduzir tamanha inquietude entre um espetáculo e uma parafernália cheia de sonoridades. São 25 instrumentos de uma vez só. Milene Dias - Palhaça Sombrinha Um morcego em forma de Palhaça: Milene Dias dá vida à doce e cáustica Palhaça Sombrinha, os números e intervenções são criados a partir do contato direto com o público e sua visão peculiar de mundo. George Antônio Souza (São Paulo) Bicicletas: Vindo de uma temporada de alguns meses na Arábia Saudita, George traz para o Mish Mash uma variedade de bicicletas incomuns, desde uma bicicleta que vai se desmontando enquanto ele se equilibra sobre as peças restantes, até uma bicicleta de 16 centímetros, recorde brasileiro de menor veículo já pedalado em nosso território. Lauro Fernando Monteiro Mr Lauro ou Palhaço Confuso, a "Fofura em forma de palhaço": o Mr. Lauro - Palhaço Confuso tem carisma e habilidades circenses diversas. CWB Company Aéreo Show e Tricking: A CWB Company mistura dança e acrobacias com o Aéreo show, acrobacias aéreas, e o Tricking, que consiste em realizar acrobacias conciliando chutes marciais com mortais. Rafael Barreiros Palhaço Alípio (Curador, diretor e núcleo de palhaçaria): é dele a responsabilidade de apresentar ao público uma mistura de linguagens: circo, teatro, dança, mágica, música, bonecos, etc. Banda Mish Mash Salada de frutas musical: pelo quinto ano consecutivo, a banda curitibana "Trombone de Frutas" estará com ouvidos e instrumentos atentos para tocar os mais variados ritmos e músicas e fazer do Mish Mash um espetáculo especial. Maurício Dollenz (Chile) Mágico, Ilusionista, Ventríloquo: discípulo do maior mágico chileno da atualidade, o Mago Fernando Larrain, com quem aprendeu truques, técnicas, segredos e mistérios que permeiam o mundo da mágica, Maurício Dollenz tem 15 anos de experiência que o tornaram especialista em manipulação de cartas e conduta humana. Maurício Dollenz é especialista em manipulação de cartas e conduta humana Divulgação A Ninja (Florianópolis) Dale Circo: a Cia Dalecirco, de Florianópolis, formada por Ana Paula Grigoli e Carlos Velazquez, nasceu em 2011, e atualmente, é uma referência da palhaçaria no Estado de Santa Catarina. Foram premiados em 2018 com o projeto Dalecirco, no Poente Catarinense, Edital Circulação de Espetáculos circenses/ FUNARTE 2018. Serviço Mish Mash; Data: 05 a 07 de abril; Local: Park Cultural; Ingressos: R$70,00 (inteira) + taxa administrativa. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, um dos carros causou o acidente ao tentar ultrapassar a carreta, em Toledo; a criança de seis anos estava sem cinto de segurança. Criança fica gravemente ferida em acidente na saída de Toledo para Assis Chateaubriand Uma batida entre dois carros e uma carreta deixou cinco pessoas feridas, entre elas uma criança de seis anos, na tarde deste sábado (23), na PR-317, em Toledo, no oeste do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a criança, que estava em um dos carros, teve ferimentos graves e foi levada para o Hospital Universitário de Cascavel, também no oeste do estado. Outros quatro adultos que estavam nos dois carros envolvidos no acidente tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Toledo. Batida Conforme a PRE, um dos carros causou o acidente ao tentar ultrapassar a carreta, no trecho entre Toledo e Assis Chateaubriand. Ao tentar a ultrapassagem, o motorista bateu de frente contra o outro carro, que vinhe no sentido contrário. Depois da batida entre os carros, de acordo com a polícia, a carreta também foi atingida e teve um dos pneus furado. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos. Batida entre carros e carreta deixa uma criança e outras quatro pessoas feridas, na PR-317 Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Batida entre carros e carreta deixa uma criança e outras quatro pessoas feridas, na PR-317

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, um dos carros causou o acidente ao tentar ultrapassar a carreta, em Toledo; a criança de seis anos estava sem cinto de segurança. Criança fica gravemente ferida em acidente na saída de Toledo para Assis Chateaubriand Uma batida entre dois carros e uma carreta deixou cinco pessoas feridas, entre elas uma criança de seis anos, na tarde deste sábado (23), na PR-317, em Toledo, no oeste do Paraná. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a criança, que estava em um dos carros, teve ferimentos graves e foi levada para o Hospital Universitário de Cascavel, também no oeste do estado. Outros quatro adultos que estavam nos dois carros envolvidos no acidente tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Toledo. Batida Conforme a PRE, um dos carros causou o acidente ao tentar ultrapassar a carreta, no trecho entre Toledo e Assis Chateaubriand. Ao tentar a ultrapassagem, o motorista bateu de frente contra o outro carro, que vinhe no sentido contrário. Depois da batida entre os carros, de acordo com a polícia, a carreta também foi atingida e teve um dos pneus furado. O motorista do caminhão não sofreu ferimentos. Batida entre carros e carreta deixa uma criança e outras quatro pessoas feridas, na PR-317 Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.




Veículos bateram de frente e o motociclista, de 22 anos, morreu no local, segundo a polícia; batida aconteceu neste sábado (23). Motociclista de Cascavel morre em acidente na BR-277, em Nova Laranjeiras Um jovem de 22 anos morreu em um acidente na BR-277, em Nova Laranjeiras, região central do Paraná, neste sábado (23), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A polícia informou que a vítima pilotava uma moto pela rodovia, quando perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e bateu de frente contra um carro, que vinha no sentido contrário. Ainda conforme a PRF, o motociclista era morador de Cascavel, no oeste do estado. A motorista do carro teve ferimentos leves e foi levada para um hospital, em Laranjeiras do Sul. Jovem morre após perder controle da direção da moto e bater contra carro em Nova Laranjeiras, diz PRF Divulgação/PRF Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Jovem morre após perder controle da direção da moto e bater contra carro em Nova Laranjeiras, diz PRF

Veículos bateram de frente e o motociclista, de 22 anos, morreu no local, segundo a polícia; batida aconteceu neste sábado (23). Motociclista de Cascavel morre em acidente na BR-277, em Nova Laranjeiras Um jovem de 22 anos morreu em um acidente na BR-277, em Nova Laranjeiras, região central do Paraná, neste sábado (23), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A polícia informou que a vítima pilotava uma moto pela rodovia, quando perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e bateu de frente contra um carro, que vinha no sentido contrário. Ainda conforme a PRF, o motociclista era morador de Cascavel, no oeste do estado. A motorista do carro teve ferimentos leves e foi levada para um hospital, em Laranjeiras do Sul. Jovem morre após perder controle da direção da moto e bater contra carro em Nova Laranjeiras, diz PRF Divulgação/PRF Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.



Competição ocorre das 7h às 12h, em trecho de seis quilômetros. A rodovia PR-508, que liga Matinhos, no litoral do Paraná, à BR-277, ficará parcialmente fechada a partir das 7h deste domingo (24) para a realização de uma prova de triatlo. O bloqueio acontece entre os quilômetros 30 e 24, até às 12h. Enquanto a prova é realizada, o tráfego de veículos seguirá em meia pista. De acordo com a Ecovia, concessionária que administra o trecho, vai haver sinalização ao longo do trecho indicando o bloqueio, além de uma equipe de prontidão para atender eventuais ocorrências no local. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
PR-508 tem bloqueio parcial para prova de triatlo neste domingo (24), em Matinhos
Competição ocorre das 7h às 12h, em trecho de seis quilômetros. A rodovia PR-508, que liga Matinhos, no litoral do Paraná, à BR-277, ficará parcialmente fechada a partir das 7h deste domingo (24) para a realização de uma prova de triatlo. O bloqueio acontece entre os quilômetros 30 e 24, até às 12h. Enquanto a prova é realizada, o tráfego de veículos seguirá em meia pista. De acordo com a Ecovia, concessionária que administra o trecho, vai haver sinalização ao longo do trecho indicando o bloqueio, além de uma equipe de prontidão para atender eventuais ocorrências no local. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Carro bateu contra um caminhão, em Cascavel, na tarde deste sábado (23); motorista do carro que tentou cruzar a rodovia ficou ferido. Idosa de 91 anos morre em acidente no trevo de acesso ao bairro Guarujá Uma idosa de 91 anos morreu em uma batida entre um carro e um caminhão, na BR-277, em Cascavel, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A batida aconteceu na tarde deste sábado (23). A polícia informou que o motorista do carro parou na faixa de aceleração, e tentou cruzar a rodovia. O veículo foi atingido pelo caminhão, que não conseguiu parar. O motorista do carro ficou ferido. Câmeras de monitoramento registraram o momento do acidente. Assista ao vídeo acima. Ainda conforme a PRF, o local do acidente tem velocidade regulamentada de 70 km/h, e não permite conversões, como a que foi feita pelo motorista. Câmeras de monitoramento registraram acidente na BR-277, em Cascavel, na tarde deste sábado (23) Câmeras de monitoramento Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Idosa de 91 anos morre em acidente após motorista fazer conversão irregular na BR-277

Carro bateu contra um caminhão, em Cascavel, na tarde deste sábado (23); motorista do carro que tentou cruzar a rodovia ficou ferido. Idosa de 91 anos morre em acidente no trevo de acesso ao bairro Guarujá Uma idosa de 91 anos morreu em uma batida entre um carro e um caminhão, na BR-277, em Cascavel, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A batida aconteceu na tarde deste sábado (23). A polícia informou que o motorista do carro parou na faixa de aceleração, e tentou cruzar a rodovia. O veículo foi atingido pelo caminhão, que não conseguiu parar. O motorista do carro ficou ferido. Câmeras de monitoramento registraram o momento do acidente. Assista ao vídeo acima. Ainda conforme a PRF, o local do acidente tem velocidade regulamentada de 70 km/h, e não permite conversões, como a que foi feita pelo motorista. Câmeras de monitoramento registraram acidente na BR-277, em Cascavel, na tarde deste sábado (23) Câmeras de monitoramento Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.




Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná.
VÍDEOS: Boa Noite Paraná de sábado, 23 de março

Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Paraná.




De acordo com o MP-PR, esquema causou um prejuízo de pelo menos R$ 20 milhões ao estado. Engenheiro responsável por auditoria em obras da Quadro Negro fala sobre aditivos O engenheiro que fez as auditorias nos contratos das obras em escolas que, segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), deixaram um prejuízo de pelo menos R$ 20 milhões ao estado afirmou em depoimento à Justiça que nunca viu aditivos tão mal feitos. "Como técnico, eu nunca vi aditivos tão mal feitos como os da Valor. Eu já vi muitos aditivos, durante esses 41 anos, vamos dizer, criados para faturar, mas eram feitos até com inteligência", afirmou o engenheiro Luiz Carlos Giublin Júnior, que depôs à Justiça como testemunha. O MP-PR aponta o ex-governador Beto Richa (PSDB) como "chefe da organização criminosa e principal beneficiado com o esquema de recebimento de propinas" pagas pelas empresas responsáveis pela execução das obras nas escolas estaduais. Richa foi preso na terça-feira (19) no âmbito da Operação Quadro Negro, que investiga estes desvios. De acordo com o MP, foram sete escolas que deveriam estar funcionando, mas acabaram abandonadas. Em 2014, o então governador Beto Richa assinou, em um mesmo dia, oito aditivos que aumentaram ainda mais o valor pago pelas obras. Com os aditivos assinados por Richa, o estado pagou à construtora Valor mais R$ 6 milhões pelas obras inacabadas. "Nunca vi também uma obra se faturar 95% e a obra ter 5%. Numa época como hoje, que você tem telefone celular, todo mundo tira foto em tudo quanto é lugar, manda pra todo mundo, como é que uma pessoa pode atestar 95% de uma obra quando ela tem 5%?", disse o engenheiro em depoimento. A autorização para os pagamentos, segundo o MP-PR, passou por várias secretarias até ser assinado pelo então governador. O engenheiro disse que ficou surpreso com tantas irregularidades. "Chegava a ser até meio ridículo a maneira como foi armado. Ou eles tinham confiança absoluta de que não iria haver punição de que eles estavam protegidos e não havieria punição nenhuma, ou então eles eram completamente irresponsáveis", afirmou à Justiça. O que dizem os citados A defesa de Beto Richa afirmou que repele as alegações, que elas não são verdadeiras e que isso vai ser comprovado nos autos. A Secretaria Estadual de Educação disse que foi a primeira a investigar os indícios de disparidades de obras em escolas, e que encaminhou os dados às autoridades competentes para que fossem tomadas as medidas cabíveis. Informou ainda que reforçou os departamentos de controle interno e auditoria após o episódio. A defesa da construtora Valor afirmou que continua à disposição para colaborar com a Justiça. Segundo o MP-PR, desvios causaram um prejuízo de pelo menos R$ 20 milhões ao estado. RPC/Reprodução Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
'Nunca vi aditivos tão mal feitos' diz engenheiro que fez auditoria de obras em escolas investigadas pela Quadro Negro

De acordo com o MP-PR, esquema causou um prejuízo de pelo menos R$ 20 milhões ao estado. Engenheiro responsável por auditoria em obras da Quadro Negro fala sobre aditivos O engenheiro que fez as auditorias nos contratos das obras em escolas que, segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), deixaram um prejuízo de pelo menos R$ 20 milhões ao estado afirmou em depoimento à Justiça que nunca viu aditivos tão mal feitos. "Como técnico, eu nunca vi aditivos tão mal feitos como os da Valor. Eu já vi muitos aditivos, durante esses 41 anos, vamos dizer, criados para faturar, mas eram feitos até com inteligência", afirmou o engenheiro Luiz Carlos Giublin Júnior, que depôs à Justiça como testemunha. O MP-PR aponta o ex-governador Beto Richa (PSDB) como "chefe da organização criminosa e principal beneficiado com o esquema de recebimento de propinas" pagas pelas empresas responsáveis pela execução das obras nas escolas estaduais. Richa foi preso na terça-feira (19) no âmbito da Operação Quadro Negro, que investiga estes desvios. De acordo com o MP, foram sete escolas que deveriam estar funcionando, mas acabaram abandonadas. Em 2014, o então governador Beto Richa assinou, em um mesmo dia, oito aditivos que aumentaram ainda mais o valor pago pelas obras. Com os aditivos assinados por Richa, o estado pagou à construtora Valor mais R$ 6 milhões pelas obras inacabadas. "Nunca vi também uma obra se faturar 95% e a obra ter 5%. Numa época como hoje, que você tem telefone celular, todo mundo tira foto em tudo quanto é lugar, manda pra todo mundo, como é que uma pessoa pode atestar 95% de uma obra quando ela tem 5%?", disse o engenheiro em depoimento. A autorização para os pagamentos, segundo o MP-PR, passou por várias secretarias até ser assinado pelo então governador. O engenheiro disse que ficou surpreso com tantas irregularidades. "Chegava a ser até meio ridículo a maneira como foi armado. Ou eles tinham confiança absoluta de que não iria haver punição de que eles estavam protegidos e não havieria punição nenhuma, ou então eles eram completamente irresponsáveis", afirmou à Justiça. O que dizem os citados A defesa de Beto Richa afirmou que repele as alegações, que elas não são verdadeiras e que isso vai ser comprovado nos autos. A Secretaria Estadual de Educação disse que foi a primeira a investigar os indícios de disparidades de obras em escolas, e que encaminhou os dados às autoridades competentes para que fossem tomadas as medidas cabíveis. Informou ainda que reforçou os departamentos de controle interno e auditoria após o episódio. A defesa da construtora Valor afirmou que continua à disposição para colaborar com a Justiça. Segundo o MP-PR, desvios causaram um prejuízo de pelo menos R$ 20 milhões ao estado. RPC/Reprodução Veja mais notícias da região no G1 Paraná.



Polícia Civil suspeita que as vítimas, que tinham entre 19 e 21 anos, foram mortas em Sabáudia, no norte do Paraná, e os corpos foram levados para o local. Três jovens com idades entre 19 e 21 anos foram encontrados mortos perto da PR-218, na zona rural de Arapongas, no norte do Paraná, no fim da manhã deste sábado (23). Eles tinham marcas de tiros. Segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que eles tenham sido assassinados na noite de sexta-feira (22), Sabáudia, na mesma região do estado, mas os corpos foram levados para o local onde foram encontrados. Os corpos foram encaminhados O Instituto Médico-Legal (IML) de Apucarana. A Polícia Civil de Arapongas está investigando o caso, mas ainda não tem informações sobre a autoria, nem a motivação do triplo homicídio. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Três jovens são encontrados mortos na zona rural de Arapongas
Polícia Civil suspeita que as vítimas, que tinham entre 19 e 21 anos, foram mortas em Sabáudia, no norte do Paraná, e os corpos foram levados para o local. Três jovens com idades entre 19 e 21 anos foram encontrados mortos perto da PR-218, na zona rural de Arapongas, no norte do Paraná, no fim da manhã deste sábado (23). Eles tinham marcas de tiros. Segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que eles tenham sido assassinados na noite de sexta-feira (22), Sabáudia, na mesma região do estado, mas os corpos foram levados para o local onde foram encontrados. Os corpos foram encaminhados O Instituto Médico-Legal (IML) de Apucarana. A Polícia Civil de Arapongas está investigando o caso, mas ainda não tem informações sobre a autoria, nem a motivação do triplo homicídio. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




Decisão é do ministro Sebastião Reis Júnior. Filha de Edison Brittes está presa preventivamente na Penitenciária Estadual de Piraquara. A filha de Edison e Cristiana, Allana Brittes, é ré no processo sobre a morte do jogador Daniel; ela esteve no Fórum de São José dos Pinhais nesta segunda-feira (18) Giuliano Gomes/PRPress O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou um pedido de habeas corpus para Allana Brittes, filha de Cristiana e Edison Brittes. Allana é responde por coação no curso do processo, fraude processual e corrupção de menor no caso da morte do jogador Daniel Correia Freitas. A decisão de sexta-feira (22) do ministro Sebastião Reis Júnior afirma que não há "constrangimento ilegal passível de ser afastado" pelo pedido de liberdade da defesa e, por isso, indefere a liminar. O pedido de liberdade da defesa de Allana afirmava que ela "sequer foi indiciada pelo homicídio do jogador". No entanto, o ministro do STJ citou a determinação de prisão preventiva de Allana. A decisão menciona as vezes que a jovem procurou testemunhas para impor "uma versão diversa dos fatos a ser apresentada caso fossem chamadas para prestar esclarecimentos". A decisão destaca ainda que "Allana era sempre quem fazia o primeiro contato com as testemunhas". Allana e a mãe estão presas na Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), na Região Metropolitana de Curitiba. O G1 aguarda o retorno da defesa de Allana Brittes. Caso Daniel Daniel foi morto no dia 27 de outubro após a festa de aniversário de Alana Brittes. Edison Brittes Júnior, pai de Alana, é réu confesso pelo homicídio do atleta. A defesa de Edison afirma que Daniel tentou estuprar Cristiana, esposa de Edison, e defende que o réu matou o jogador para defender a mulher. Segundo a investigação, Daniel tirou fotos ao lado de Cristiana, no quarto do casal, antes do crime. De acordo com a Polícia Civil e o Ministério Público, não houve tentativa de estupro. O jogador foi espancado na casa da família, e levado de carro até um matagal, onde foi mutilado e morto. O processo Sete pessoas são rés no processo: Edison Luiz Brittes Júnior, Cristiana Rodrigues Brittes, esposa de Edison, Allana Emilly Brittes, filha do casal, além de Eduardo Henrique Ribeiro da Silva, Ygor King, David Willian Vollero Silva e Evellyn Brisola Perusso. Dos sete réus, seis estão presos. Evellyn Perusso é a única que está em liberdade. Veja, abaixo, pelo que cada um virou réu: Edison Brittes Júnior – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e coação no curso do processo; Cristiana Brittes – homicídio qualificado por motivo torpe, coação do curso de processo, fraude processual e corrupção de menor; Allana Brittes – coação no curso do processo, fraude processual e corrupção de menor; Eduardo da Silva – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor; Ygor King – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor; David William da Silva – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e denunciação caluniosa; Evellyn Brisola Perusso – denunciação caluniosa e falso testemunho. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.
Caso Daniel: STJ rejeita pedido de liberdade da defesa de Allana Brittes

Decisão é do ministro Sebastião Reis Júnior. Filha de Edison Brittes está presa preventivamente na Penitenciária Estadual de Piraquara. A filha de Edison e Cristiana, Allana Brittes, é ré no processo sobre a morte do jogador Daniel; ela esteve no Fórum de São José dos Pinhais nesta segunda-feira (18) Giuliano Gomes/PRPress O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou um pedido de habeas corpus para Allana Brittes, filha de Cristiana e Edison Brittes. Allana é responde por coação no curso do processo, fraude processual e corrupção de menor no caso da morte do jogador Daniel Correia Freitas. A decisão de sexta-feira (22) do ministro Sebastião Reis Júnior afirma que não há "constrangimento ilegal passível de ser afastado" pelo pedido de liberdade da defesa e, por isso, indefere a liminar. O pedido de liberdade da defesa de Allana afirmava que ela "sequer foi indiciada pelo homicídio do jogador". No entanto, o ministro do STJ citou a determinação de prisão preventiva de Allana. A decisão menciona as vezes que a jovem procurou testemunhas para impor "uma versão diversa dos fatos a ser apresentada caso fossem chamadas para prestar esclarecimentos". A decisão destaca ainda que "Allana era sempre quem fazia o primeiro contato com as testemunhas". Allana e a mãe estão presas na Penitenciária Estadual de Piraquara (PEP), na Região Metropolitana de Curitiba. O G1 aguarda o retorno da defesa de Allana Brittes. Caso Daniel Daniel foi morto no dia 27 de outubro após a festa de aniversário de Alana Brittes. Edison Brittes Júnior, pai de Alana, é réu confesso pelo homicídio do atleta. A defesa de Edison afirma que Daniel tentou estuprar Cristiana, esposa de Edison, e defende que o réu matou o jogador para defender a mulher. Segundo a investigação, Daniel tirou fotos ao lado de Cristiana, no quarto do casal, antes do crime. De acordo com a Polícia Civil e o Ministério Público, não houve tentativa de estupro. O jogador foi espancado na casa da família, e levado de carro até um matagal, onde foi mutilado e morto. O processo Sete pessoas são rés no processo: Edison Luiz Brittes Júnior, Cristiana Rodrigues Brittes, esposa de Edison, Allana Emilly Brittes, filha do casal, além de Eduardo Henrique Ribeiro da Silva, Ygor King, David Willian Vollero Silva e Evellyn Brisola Perusso. Dos sete réus, seis estão presos. Evellyn Perusso é a única que está em liberdade. Veja, abaixo, pelo que cada um virou réu: Edison Brittes Júnior – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e coação no curso do processo; Cristiana Brittes – homicídio qualificado por motivo torpe, coação do curso de processo, fraude processual e corrupção de menor; Allana Brittes – coação no curso do processo, fraude processual e corrupção de menor; Eduardo da Silva – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor; Ygor King – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual e corrupção de menor; David William da Silva – homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver, fraude processual, corrupção de menor e denunciação caluniosa; Evellyn Brisola Perusso – denunciação caluniosa e falso testemunho. Veja mais notícias da região no G1 Paraná.




Segundo o relato de testemunhas à polícia, um rapaz de bicicleta parou em frente a casa e começou a atirar, na tarde deste sábado (23). Marcas de tiro ficaram no portão da casa; menino de 8 anos foi baleado na cabeça, em Sarandi Reprodução/RPC Um menino de 8 anos foi atingido por um tiro na cabeça, na tarde deste sábado (23), enquanto estava na varanda de uma casa de Sarandi, no norte do Paraná. Segundo o relato de testemunhas à polícia, um rapaz de bicicleta parou em frente à casa e fez vários disparos. A criança foi socorrida e encaminhada em estado grave ao Hospital Metropolitano da cidade. A bala ficou alojada na cabeça, e o menino deve passar por exames para que a equipe médica possa avaliar a retirada do projétil. No portão da casa, ficaram as marcas dos tiros. Pelo menos 10 cápsulas de pistola foram encontradas. A Polícia Militar (PM) esteve no local e fez buscas para tentar encontrar o atirador. Um vizinho, que preferiu não ser identificado, contou que, assim que começou a ouvir o barulho de tiros, pediu para a mulher deitar no chão. "Só ouvi a gritaria que tinha atingido alguém lá no fundo. Aí o avô da criança chamando pelo nome da criança", relatou. A suspeita dos investigadores é de que, no momento do ataque, houve troca de tiros. Isso porque, do lado oposto da rua, os policiais encontraram mais uma marca de tiro e um projétil. Para a polícia, é um indício de que foram feitos disparos de dentro para fora da residência, onde estava a criança. A polícia acredita que o alvo do atirador era o pai do menino, e que ele teria revidado. A polícia procurou o pai do menino, mas ele já não estava na casa. Agora, a Polícia Civil aguarda o pai para prestar depoimento, com a expectativa que ele possa ajudar a localizar quem cometeu o crime. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Menino de 8 anos é atingido por tiro na cabeça, em Sarandi

Segundo o relato de testemunhas à polícia, um rapaz de bicicleta parou em frente a casa e começou a atirar, na tarde deste sábado (23). Marcas de tiro ficaram no portão da casa; menino de 8 anos foi baleado na cabeça, em Sarandi Reprodução/RPC Um menino de 8 anos foi atingido por um tiro na cabeça, na tarde deste sábado (23), enquanto estava na varanda de uma casa de Sarandi, no norte do Paraná. Segundo o relato de testemunhas à polícia, um rapaz de bicicleta parou em frente à casa e fez vários disparos. A criança foi socorrida e encaminhada em estado grave ao Hospital Metropolitano da cidade. A bala ficou alojada na cabeça, e o menino deve passar por exames para que a equipe médica possa avaliar a retirada do projétil. No portão da casa, ficaram as marcas dos tiros. Pelo menos 10 cápsulas de pistola foram encontradas. A Polícia Militar (PM) esteve no local e fez buscas para tentar encontrar o atirador. Um vizinho, que preferiu não ser identificado, contou que, assim que começou a ouvir o barulho de tiros, pediu para a mulher deitar no chão. "Só ouvi a gritaria que tinha atingido alguém lá no fundo. Aí o avô da criança chamando pelo nome da criança", relatou. A suspeita dos investigadores é de que, no momento do ataque, houve troca de tiros. Isso porque, do lado oposto da rua, os policiais encontraram mais uma marca de tiro e um projétil. Para a polícia, é um indício de que foram feitos disparos de dentro para fora da residência, onde estava a criança. A polícia acredita que o alvo do atirador era o pai do menino, e que ele teria revidado. A polícia procurou o pai do menino, mas ele já não estava na casa. Agora, a Polícia Civil aguarda o pai para prestar depoimento, com a expectativa que ele possa ajudar a localizar quem cometeu o crime. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




Habeas corpus foi indeferido neste sábado (23), horas após pedido liminar feito pela defesa; ex-governador foi preso provisoriamente no âmbito da Operação Quadro Negro. Richa foi preso na terça-feira (19) no âmbito da Operação Quadro Negro, do Ministério Público do Paraná (MP-PR) RPC/Reprodução O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, na tarde deste sábado (23), o pedido liminar de liberdade feito pela defesa de Beto Richa, ex-governador do Paraná, durante a manhã. Richa está preso no Complexo Médico Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, desde terça-feira (19). A prisão do ex-governador ocorreu no âmbito da Operação Quadro Negro, do Ministério Público do Paraná (MP-PR), que investiga desvios de mais de R$ 20 milhões de obras de construção e reformas de escolas públicas. O conteúdo do documento que indeferiu liminarmente o habeas corpus deve ser publicado na segunda-feira (26), segundo o STJ. O G1 tenta contato com a defesa de Beto Richa. TJ-PR também negou liberdade Na quarta-feira (20), a defesa do ex-governador pediu ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) que a prisão preventiva fosse substituída por medidas "menos gravosas". Para isso, as advogados argumentaram que Richa não apresenta risco à sociedade, ressaltando que ele não teve participação nos fatos apresentados pela Justiça e que sempre colaborou quando intimado. O pedido foi negado pelo tribunal na quinta-feira (21). Entenda: Operação Quadro Negro investiga desvio de dinheiro de obras de escolas Prisões do ex-governador Richa foi preso pela terceira vez, no apartamento onde mora, em Curitiba. A suspeita contra ele é de corrupção, entre outros crimes. Ele já havia sido preso em outra investigação do Ministério Público do Paraná e em um desdobramento da Operação Lava Jato. Nas duas prisões anteriores, o ex-governador foi solto por ordem da Justiça. Nas duas primeiras prisões, Beto Richa foi solto por ordem da Justiça Tarcísio Silveira/RPC Sala de Estado Maior Na terça-feira, durante a audiência de custódia, a defesa de Richa pediu para que ele fosse transferido para uma sala de Estado Maior, em razão do cargo que ocupou. Entretanto, a Justiça entendeu que o pedido da defesa foi atendido, considerando que ele está preso em uma cela individual "em condições especiais e condignas". Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Beto Richa recorre ao STJ por liberdade, mas tribunal nega pedido

Habeas corpus foi indeferido neste sábado (23), horas após pedido liminar feito pela defesa; ex-governador foi preso provisoriamente no âmbito da Operação Quadro Negro. Richa foi preso na terça-feira (19) no âmbito da Operação Quadro Negro, do Ministério Público do Paraná (MP-PR) RPC/Reprodução O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, na tarde deste sábado (23), o pedido liminar de liberdade feito pela defesa de Beto Richa, ex-governador do Paraná, durante a manhã. Richa está preso no Complexo Médico Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, desde terça-feira (19). A prisão do ex-governador ocorreu no âmbito da Operação Quadro Negro, do Ministério Público do Paraná (MP-PR), que investiga desvios de mais de R$ 20 milhões de obras de construção e reformas de escolas públicas. O conteúdo do documento que indeferiu liminarmente o habeas corpus deve ser publicado na segunda-feira (26), segundo o STJ. O G1 tenta contato com a defesa de Beto Richa. TJ-PR também negou liberdade Na quarta-feira (20), a defesa do ex-governador pediu ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) que a prisão preventiva fosse substituída por medidas "menos gravosas". Para isso, as advogados argumentaram que Richa não apresenta risco à sociedade, ressaltando que ele não teve participação nos fatos apresentados pela Justiça e que sempre colaborou quando intimado. O pedido foi negado pelo tribunal na quinta-feira (21). Entenda: Operação Quadro Negro investiga desvio de dinheiro de obras de escolas Prisões do ex-governador Richa foi preso pela terceira vez, no apartamento onde mora, em Curitiba. A suspeita contra ele é de corrupção, entre outros crimes. Ele já havia sido preso em outra investigação do Ministério Público do Paraná e em um desdobramento da Operação Lava Jato. Nas duas prisões anteriores, o ex-governador foi solto por ordem da Justiça. Nas duas primeiras prisões, Beto Richa foi solto por ordem da Justiça Tarcísio Silveira/RPC Sala de Estado Maior Na terça-feira, durante a audiência de custódia, a defesa de Richa pediu para que ele fosse transferido para uma sala de Estado Maior, em razão do cargo que ocupou. Entretanto, a Justiça entendeu que o pedido da defesa foi atendido, considerando que ele está preso em uma cela individual "em condições especiais e condignas". Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.




Jhonatan Campos também vai responder por tentativa de feminicídio, por tentar matar a mãe de Lidiane Oliveira. Inquérito foi concluído na sexta-feira (22) e encaminhado ao MP-PR. Lidiane Oliveira, de 24 anos, era estudante de direito; segundo a polícia, ela foi morta a facadas pelo namorado Reprodução/RPC A Polícia Civil indiciou Jhonatan Campos, de 22 anos, por homicídio duplamente qualificado – por feminicídio e por dificultar a defesa da vítima. Ele é suspeito de matar a namorada Lidiane Oliveira, de 24 anos, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, em 10 de março. O jovem de 22 anos também foi indiciado por tentativa de homicídio, pelas mesmas qualificadoras, por esfaquear a mãe de Lidiane, Rosa Aparecida Oliveira, de 60 anos. A mulher foi levada para o hospital em estado grave e recebeu alta no dia 19 de março. A defesa do Jhonatan Campos disse que só irá se pronunciar na próxima semana. As investigações foram realizadas pelo delegado Jairo Duarte de Camargo, do Setor de Homicídios da 13ª Subdivisão Policial (SDP). Concluído na sexta-feira (22), o inquérito foi encaminhado no mesmo dia ao Ministério Público do Paraná (MP-PR). Como Jhonatan está preso, o MP-PR tem o prazo de cinco dias para avaliar o caso e decidir se apresenta uma denúncia contra ele. Relembre o caso Segundo polícia, antes do crime, na noite de 9 de março, o casal estava em uma festa e discutiu ao chegar em casa. Em seguida, Jhonatan foi embora, mas prometeu voltar. Pouco depois da 1h, já no dia 10 de março, Lidiane, que era estudante de direito, telefonou para a polícia para avisar sobre as ameaças que havia recebido. Policiais foram até o local e registram o boletim de ocorrência. No entanto, meia hora depois de ameaçar a namorada, Jhonatan voltou ao local com uma faca, quebrou os vidros da porta, entrou na casa e feriu Lidiane com vários golpes na região do pescoço. Antes de fugir, ele ainda feriu gravemente a mãe de Lidiane, também com facadas no pescoço. Ela foi socorrida e levada ao Hospital Universitário de Ponta Grossa, onde ficou internada por 9 dias. Jhonatan se entregou à polícia no último dia 14. Ele confessou que esfaqueou a namorada. Em entrevista à RPC, Jhonatan disse que estava fora de si, e que Lidiane havia destruído a mente dele. O suspeito contou que descobriu que Lidiane era garota de programa e que havia abandonado tudo para viver com ela. No entanto, o delegado Jairo Camargo disse que, durante o depoimento, Jhonatan afirmou que havia descoberto que Lidiane era garota de programa em fevereiro. E dois dias antes do crime, ele tinha feito uma declaração de amor para a namorada. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Polícia Civil indicia por feminicídio suspeito de matar namorada a facadas em Ponta Grossa

Jhonatan Campos também vai responder por tentativa de feminicídio, por tentar matar a mãe de Lidiane Oliveira. Inquérito foi concluído na sexta-feira (22) e encaminhado ao MP-PR. Lidiane Oliveira, de 24 anos, era estudante de direito; segundo a polícia, ela foi morta a facadas pelo namorado Reprodução/RPC A Polícia Civil indiciou Jhonatan Campos, de 22 anos, por homicídio duplamente qualificado – por feminicídio e por dificultar a defesa da vítima. Ele é suspeito de matar a namorada Lidiane Oliveira, de 24 anos, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, em 10 de março. O jovem de 22 anos também foi indiciado por tentativa de homicídio, pelas mesmas qualificadoras, por esfaquear a mãe de Lidiane, Rosa Aparecida Oliveira, de 60 anos. A mulher foi levada para o hospital em estado grave e recebeu alta no dia 19 de março. A defesa do Jhonatan Campos disse que só irá se pronunciar na próxima semana. As investigações foram realizadas pelo delegado Jairo Duarte de Camargo, do Setor de Homicídios da 13ª Subdivisão Policial (SDP). Concluído na sexta-feira (22), o inquérito foi encaminhado no mesmo dia ao Ministério Público do Paraná (MP-PR). Como Jhonatan está preso, o MP-PR tem o prazo de cinco dias para avaliar o caso e decidir se apresenta uma denúncia contra ele. Relembre o caso Segundo polícia, antes do crime, na noite de 9 de março, o casal estava em uma festa e discutiu ao chegar em casa. Em seguida, Jhonatan foi embora, mas prometeu voltar. Pouco depois da 1h, já no dia 10 de março, Lidiane, que era estudante de direito, telefonou para a polícia para avisar sobre as ameaças que havia recebido. Policiais foram até o local e registram o boletim de ocorrência. No entanto, meia hora depois de ameaçar a namorada, Jhonatan voltou ao local com uma faca, quebrou os vidros da porta, entrou na casa e feriu Lidiane com vários golpes na região do pescoço. Antes de fugir, ele ainda feriu gravemente a mãe de Lidiane, também com facadas no pescoço. Ela foi socorrida e levada ao Hospital Universitário de Ponta Grossa, onde ficou internada por 9 dias. Jhonatan se entregou à polícia no último dia 14. Ele confessou que esfaqueou a namorada. Em entrevista à RPC, Jhonatan disse que estava fora de si, e que Lidiane havia destruído a mente dele. O suspeito contou que descobriu que Lidiane era garota de programa e que havia abandonado tudo para viver com ela. No entanto, o delegado Jairo Camargo disse que, durante o depoimento, Jhonatan afirmou que havia descoberto que Lidiane era garota de programa em fevereiro. E dois dias antes do crime, ele tinha feito uma declaração de amor para a namorada. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.



Segundo o Ministério Público, servidor e outros dois policiais são responsáveis por agressões físicas e afogamento de presos; Polícia Civil informou que tomou providências. Delegado é afastado após ser denunciado por tortura na cadeia de Reserva Um delegado que atuava na Delegacia de Reserva, nos Campos Gerais do Paraná, foi afastado suspeito de torturar dois presos, na carceragem do local. Conforme o Ministério Público do Paraná (MP-PR), o delegado e outros dois policiais (um investigador e um agente de cadeia) são suspeitos por agressões físicas pesadas e afogamento, utilizando um balde de água, contra os dois encarcerados, sendo um deles uma mulher. O objetivo das agressões, segundo o Ministério Público, era tentar obter informações, depois que encontraram uma fotografia do delegado no celular do filho da presa. O caso foi denunciado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MP e acatado pela Justiça na segunda-feira (18). Na denúncia, o Ministério Público ressaltou que havia o risco de interferência no processo e também de que o delegado voltasse a praticar o ato criminoso. A Polícia Civil do Paraná informou que foi aberto um procedimento administrativo para apurar a conduta do delegado. Segundo a polícia, também foram tomadas todas as providências necessárias sobre o caso. Ainda conforme a polícia, atos irregulares cometidos por servidores são apurados e punidos de acordo com a legislação vigente. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Delegado é afastado suspeito de torturar presos, na Delegacia de Reserva
Segundo o Ministério Público, servidor e outros dois policiais são responsáveis por agressões físicas e afogamento de presos; Polícia Civil informou que tomou providências. Delegado é afastado após ser denunciado por tortura na cadeia de Reserva Um delegado que atuava na Delegacia de Reserva, nos Campos Gerais do Paraná, foi afastado suspeito de torturar dois presos, na carceragem do local. Conforme o Ministério Público do Paraná (MP-PR), o delegado e outros dois policiais (um investigador e um agente de cadeia) são suspeitos por agressões físicas pesadas e afogamento, utilizando um balde de água, contra os dois encarcerados, sendo um deles uma mulher. O objetivo das agressões, segundo o Ministério Público, era tentar obter informações, depois que encontraram uma fotografia do delegado no celular do filho da presa. O caso foi denunciado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MP e acatado pela Justiça na segunda-feira (18). Na denúncia, o Ministério Público ressaltou que havia o risco de interferência no processo e também de que o delegado voltasse a praticar o ato criminoso. A Polícia Civil do Paraná informou que foi aberto um procedimento administrativo para apurar a conduta do delegado. Segundo a polícia, também foram tomadas todas as providências necessárias sobre o caso. Ainda conforme a polícia, atos irregulares cometidos por servidores são apurados e punidos de acordo com a legislação vigente. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.




Crime aconteceu na madrugada deste sábado (23) quando vítima voltava para casa, depois de um baile. Jovem de 20 anos é morta a facadas em Francisco Beltrão Uma jovem de 20 anos foi morta a facadas em Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, na madrugada deste sábado (23). O ex-companheiro dela é o suspeito do crime, de acordo com o delegado Bruno Trento Hein. Stefany Fernandes de Oliveira foi morta, segundo a Polícia Civil, quando chegava em casa depois de um baile, por volta das 4h. Conforme o delegado, o casal ficou junto por quatro anos e tinha uma filha pequena. Eles se separaram no começo deste ano. O delegado Bruno Trento Hein relatou que testemunhas disseram que o suspeito estava no mesmo baile e, depois, foi visto discutindo com a vítima quando ela chegava em casa. A polícia não informou qual é o nome do suspeito, mas disse que está sendo procurado. No início de janeiro, de acordo com as polícias Civil e Militar, seis Boletins de Ocorrências (B.O.s) foram registrados pelo casal. O primeiro foi registrado pelo ex-companheiro relatando o sumiço da jovem. Stefany foi encontrada em São Paulo e disse que tinha fugido para lá com a filha por causa de ameaças que vinha sofrendo dele. Os outros B.O.s foram registrados por Stefany, por ameaças de morte. O delegado afirmou que havia medida protetiva em favor dela. O corpo da jovem foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) da cidade e já foi liberado para a família. O velório será realizado em Francisco Beltrão. Stefany Fernandes de Oliveira foi morta, segundo a Polícia Civil, a facadas pelo ex-companheiro. Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Jovem de 20 anos é morta a facadas em Francisco Beltrão; ex-companheiro é o suspeito do crime

Crime aconteceu na madrugada deste sábado (23) quando vítima voltava para casa, depois de um baile. Jovem de 20 anos é morta a facadas em Francisco Beltrão Uma jovem de 20 anos foi morta a facadas em Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, na madrugada deste sábado (23). O ex-companheiro dela é o suspeito do crime, de acordo com o delegado Bruno Trento Hein. Stefany Fernandes de Oliveira foi morta, segundo a Polícia Civil, quando chegava em casa depois de um baile, por volta das 4h. Conforme o delegado, o casal ficou junto por quatro anos e tinha uma filha pequena. Eles se separaram no começo deste ano. O delegado Bruno Trento Hein relatou que testemunhas disseram que o suspeito estava no mesmo baile e, depois, foi visto discutindo com a vítima quando ela chegava em casa. A polícia não informou qual é o nome do suspeito, mas disse que está sendo procurado. No início de janeiro, de acordo com as polícias Civil e Militar, seis Boletins de Ocorrências (B.O.s) foram registrados pelo casal. O primeiro foi registrado pelo ex-companheiro relatando o sumiço da jovem. Stefany foi encontrada em São Paulo e disse que tinha fugido para lá com a filha por causa de ameaças que vinha sofrendo dele. Os outros B.O.s foram registrados por Stefany, por ameaças de morte. O delegado afirmou que havia medida protetiva em favor dela. O corpo da jovem foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) da cidade e já foi liberado para a família. O velório será realizado em Francisco Beltrão. Stefany Fernandes de Oliveira foi morta, segundo a Polícia Civil, a facadas pelo ex-companheiro. Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.




De acordo com a Polícia Civil, a sacola com a apreensão seria jogada para dentro da penitenciária. Polícia apreende droga e carregadores que seriam lançados dentro de penitenciária Uma sacola com drogas, um aparelho celular, 19 pacotes de fumo e dois carregadores de celular foi apreendida em uma plantação de acerola, ao lado da Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste, no noroeste do Paraná, segundo a Polícia Civil. O material foi apreendido na noite de sexta-feira (22). Conforme a polícia, a sacola estava no local para que fosse jogada para dentro do presídio. Ninguém foi preso. A apreensão foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste. Policia encontra drogas e celular escondidos em plantação de acerola, ao lado da Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Policia apreende drogas e celular escondidos em plantação de acerola, ao lado da Penitenciária de Cruzeiro do Oeste

De acordo com a Polícia Civil, a sacola com a apreensão seria jogada para dentro da penitenciária. Polícia apreende droga e carregadores que seriam lançados dentro de penitenciária Uma sacola com drogas, um aparelho celular, 19 pacotes de fumo e dois carregadores de celular foi apreendida em uma plantação de acerola, ao lado da Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste, no noroeste do Paraná, segundo a Polícia Civil. O material foi apreendido na noite de sexta-feira (22). Conforme a polícia, a sacola estava no local para que fosse jogada para dentro do presídio. Ninguém foi preso. A apreensão foi levada para a Delegacia de Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste. Policia encontra drogas e celular escondidos em plantação de acerola, ao lado da Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste Reprodução/RPC Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




Segundo a PRE, motorista perdeu o controle em uma curva e bateu em um barranco. Dois jovens ficaram gravemente feridos após acidente na rodovia que liga Ivaté e Umuarama Divulgação/PRE Dois jovens ficaram gravemente feridos em um capotamento na madrugada deste sábado (23), na PR-182, em Ivaté, no noroeste do Paraná, de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O motorista, segundo a PRE, perdeu o controle sozinho em uma curva e bateu em um barranco. Com o impacto, o carro voltou para a pista e capotou. Os dois homens, um de 22 anos e outro de 25 anos, foram socorridos por uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde de Ivaté, também no noroeste do estado, e levados em estado grave para um hospital em Umuarama. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Dois jovens ficam gravemente feridos em capotamento na PR-182, em Umuarama

Segundo a PRE, motorista perdeu o controle em uma curva e bateu em um barranco. Dois jovens ficaram gravemente feridos após acidente na rodovia que liga Ivaté e Umuarama Divulgação/PRE Dois jovens ficaram gravemente feridos em um capotamento na madrugada deste sábado (23), na PR-182, em Ivaté, no noroeste do Paraná, de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). O motorista, segundo a PRE, perdeu o controle sozinho em uma curva e bateu em um barranco. Com o impacto, o carro voltou para a pista e capotou. Os dois homens, um de 22 anos e outro de 25 anos, foram socorridos por uma ambulância da Secretaria Municipal de Saúde de Ivaté, também no noroeste do estado, e levados em estado grave para um hospital em Umuarama. Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




De acordo com a PRF, o condutor foi encaminhado para o Pronto Socorro de Ponta Grossa com lesões leves. Homem fica ferido após carro bater em poste na BR-373, em Ponta Grossa. Divulgação/PRF Um homem ficou ferido após bater de frente em um poste na BR-373, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, na manhã deste sábado (23). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor, que seguia de Prudentópolis, na região central do estado, para Sorocaba, em São Paulo, quando perdeu o controle no km 175 da rodovia e bateu em um poste. Segundo a PRF, o motorista, de 37 anos, estava sozinho no veículo quando aconteceu o acidente. Ele foi encaminhado pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) para o Pronto Socorro de Ponta Grossa com lesões leves. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.
Motorista fica ferido após carro bater em poste na BR-373, em Ponta Grossa

De acordo com a PRF, o condutor foi encaminhado para o Pronto Socorro de Ponta Grossa com lesões leves. Homem fica ferido após carro bater em poste na BR-373, em Ponta Grossa. Divulgação/PRF Um homem ficou ferido após bater de frente em um poste na BR-373, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, na manhã deste sábado (23). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor, que seguia de Prudentópolis, na região central do estado, para Sorocaba, em São Paulo, quando perdeu o controle no km 175 da rodovia e bateu em um poste. Segundo a PRF, o motorista, de 37 anos, estava sozinho no veículo quando aconteceu o acidente. Ele foi encaminhado pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) para o Pronto Socorro de Ponta Grossa com lesões leves. Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.




Confusão entre Boca Aberta (PROS) e Amauri Cardoso (PSDB) aconteceu na manhã deste sábado (23), em rua do Centro. Deputado federal e vereador brigam no Centro de Londrina O deputado federal Emerson Petriv (PROS), o Boca Aberta e o vereador Amauri Cardoso (PSDB) brigaram, na manhã deste sábado (23), em uma rua no Centro de Londrina, no norte do Paraná. Assessores do deputado filmaram o momento em que Cardoso dá um soco em Boca Aberta, que é atingido no rosto. Assista ao vídeo acima. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi chamado para atender Boca Aberta, e ele foi levado para o hospital. Em vídeo divulgado pela assessoria de imprensa do deputado, ele disse que iria passar por exames e que quebrou o nariz. Em nota, o Hospital do Coração de Londrina informou que Boca Aberta foi atendido no pronto-socorro com trauma de face e que passava por exames no início da tarde deste sábado. Ainda conforme a nota, o deputado federal permanecia internado. Segundo Amauri Cardoso, ele também foi agredido pelo deputado federal. O vereador informou que já registrou Boletim de Ocorrência (B.O.) no 2º Distrito Policial (DP). O parlamentar enviou uma foto da boca machucada. Veja logo abaixo. Vídeo feito pela assessoria do deputado federal Boca Aberta mostra momento em que ele é atingido por soco dado por vereador Amauri Cardoso Reprodução Ainda de acordo com o vereador, ele participava da 14ª Conferência Municipal de Saúde de Londrina, realizada na sede de uma universidade na Avenida Juscelino Kubitscheck. Durante o evento, ele falou sobre a necessidade de respeito aos profissionais de saúde, e sugeriu que fosse lida a moção de repúdio da Associação Médica que cita a conduta de Boca Aberta. "A diretoria do Sindmed (Sindicato dos Médicos do Norte do Paraná) repudia veementemente a conduta ofensiva e persecutória do deputado federal Emerson Petriv, vulgo Boca Aberta, aos médicos do serviço público municipal de saúde de Londrina e região", diz um trecho da nota. Deputado federal e vereador brigam no meio da rua em Londrina Cardoso disse que, na saída do evento, foi cercado pelo deputado federal, e que tentou evitar confusão. Mesmo assim, disse que Boca Aberta o atacou com agressões verbais e palavras de baixo calão, antes das agressões físicas. Vereador Amauri Cardoso (PSDB) e deputado federal Boca Aberta (PROS) brigam no Centro de Londrina Arquivo pessoal e divulgação Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.
Deputado federal e vereador brigam em Londrina; VÍDEO

Confusão entre Boca Aberta (PROS) e Amauri Cardoso (PSDB) aconteceu na manhã deste sábado (23), em rua do Centro. Deputado federal e vereador brigam no Centro de Londrina O deputado federal Emerson Petriv (PROS), o Boca Aberta e o vereador Amauri Cardoso (PSDB) brigaram, na manhã deste sábado (23), em uma rua no Centro de Londrina, no norte do Paraná. Assessores do deputado filmaram o momento em que Cardoso dá um soco em Boca Aberta, que é atingido no rosto. Assista ao vídeo acima. O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi chamado para atender Boca Aberta, e ele foi levado para o hospital. Em vídeo divulgado pela assessoria de imprensa do deputado, ele disse que iria passar por exames e que quebrou o nariz. Em nota, o Hospital do Coração de Londrina informou que Boca Aberta foi atendido no pronto-socorro com trauma de face e que passava por exames no início da tarde deste sábado. Ainda conforme a nota, o deputado federal permanecia internado. Segundo Amauri Cardoso, ele também foi agredido pelo deputado federal. O vereador informou que já registrou Boletim de Ocorrência (B.O.) no 2º Distrito Policial (DP). O parlamentar enviou uma foto da boca machucada. Veja logo abaixo. Vídeo feito pela assessoria do deputado federal Boca Aberta mostra momento em que ele é atingido por soco dado por vereador Amauri Cardoso Reprodução Ainda de acordo com o vereador, ele participava da 14ª Conferência Municipal de Saúde de Londrina, realizada na sede de uma universidade na Avenida Juscelino Kubitscheck. Durante o evento, ele falou sobre a necessidade de respeito aos profissionais de saúde, e sugeriu que fosse lida a moção de repúdio da Associação Médica que cita a conduta de Boca Aberta. "A diretoria do Sindmed (Sindicato dos Médicos do Norte do Paraná) repudia veementemente a conduta ofensiva e persecutória do deputado federal Emerson Petriv, vulgo Boca Aberta, aos médicos do serviço público municipal de saúde de Londrina e região", diz um trecho da nota. Deputado federal e vereador brigam no meio da rua em Londrina Cardoso disse que, na saída do evento, foi cercado pelo deputado federal, e que tentou evitar confusão. Mesmo assim, disse que Boca Aberta o atacou com agressões verbais e palavras de baixo calão, antes das agressões físicas. Vereador Amauri Cardoso (PSDB) e deputado federal Boca Aberta (PROS) brigam no Centro de Londrina Arquivo pessoal e divulgação Veja mais notícias da região no G1 Norte e Noroeste.




O registro de furto indica que o veículo foi roubado em 2 de março em Medianeira; situação aconteceu na manhã deste sábado (23). Carro foi abandonado na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu PRF/Divulgação A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou na manhã deste sábado (23) um carro abandonado na BR-277 em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná, com alerta de furto. O registro de furto indica que o veículo foi roubado em 2 de março em Medianeira, outro município da região oeste do estado. De acordo com a PRF, por volta das 10h, a equipe de policiais rodoviários que trabalhava na rodovia foi informada pela concessionária responsável pelo trecho que havia um automóvel abandonado no km 678. Ao chegar ao local, a PRF verificou o registro de furto do carro: um Gol do modelo antigo. Dentro do veículo, os policiais encontram placas de outro automóvel. O carro foi encaminhado para a Polícia Civil de Medianeira, que tomará as medidas necessárias. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
PRF encontra carro abandonado na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu, com alerta de furto

O registro de furto indica que o veículo foi roubado em 2 de março em Medianeira; situação aconteceu na manhã deste sábado (23). Carro foi abandonado na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu PRF/Divulgação A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontrou na manhã deste sábado (23) um carro abandonado na BR-277 em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná, com alerta de furto. O registro de furto indica que o veículo foi roubado em 2 de março em Medianeira, outro município da região oeste do estado. De acordo com a PRF, por volta das 10h, a equipe de policiais rodoviários que trabalhava na rodovia foi informada pela concessionária responsável pelo trecho que havia um automóvel abandonado no km 678. Ao chegar ao local, a PRF verificou o registro de furto do carro: um Gol do modelo antigo. Dentro do veículo, os policiais encontram placas de outro automóvel. O carro foi encaminhado para a Polícia Civil de Medianeira, que tomará as medidas necessárias. Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.